Dicas

Saúde Financeira: como organizar suas finanças pessoais

Você já ouviu falar em saúde financeira? Pois ela é muito importante e depende da sua organização e planejamento financeiro. Clique e saiba mais.

por

Aline Saes

Publicado em

ANÚNCIOS

5 dicas úteis para melhorar sua saúde financeira

5 dicas úteis para melhorar sua saúde financeira

Você sabe o que é saúde financeira? Pois é essencial para a sua vida ter uma boa organização das suas finanças, seu orçamento doméstico, gastos, dívidas, etc. E tudo isso faz parte de um planejamento que é responsável pela sua saúde financeira estar boa.

Assim, da mesma forma que você cuida da saúde do seu corpo, você deve cuidar da sua saúde financeira. Pois para que o organismo funcione bem e não apareçam doenças e problemas de saúde, é preciso cuidados, exames, etc. E para a sua saúde financeira, é a mesma coisa. Então, de maneira bem geral, você precisará:

  • Organizar seu orçamento doméstico;
  • Ter uma boa noção de como está seu score de crédito;
  • Saber a sua situação em relação a dívidas, tanto quitadas quanto em aberto;
  • Anotar seus gastos recorrentes e os circunstanciais, de longo prazo e curto prazo;
  • Enfim, realizar uma boa organização e planejamento financeiro.

Dessa forma, será muito mais fácil e simples atingir uma boa saúde financeira em sua vida. Assim, você vai viver com menos estresse em relação ao seu dinheiro e suas depesas e gastos. E quem não quer viver com mais tranquilidade assim, não é?

Mas até agora só falamos bem por cima e em aspectos gerais algumas formas de manter a sua organização. Agora, para quem ficou curioso e sente que precisa melhorar esse aspecto na vida, continue lendo, esse artigo é para você!

Pois nós reunimos algumas ótimas dicas para melhorar efetivamente a sua saúde financeira, e vamos explicar cada uma. Então, continue com a gente e confira!

O que é saúde financeira?

O que é saúde financeira?

A saúde financeira, como dissemos, tem muito a ver com a saúde de um organismo. Pois quando as coisas não recebem cuidado, o funcionamento geral acaba em comprometimento.

Da mesma forma, se uma pessoa ou empresa está tendo problemas nos aspectos financeiros, é porque a organização das suas finanças está deixando a desejar. E assim quem sofre é a saúde financeira, que fica bem ruim. 

 Além disso, a falta de uma boa saúde financeira é um sintoma de uma falha organizacional que pode ir se desenrolando e virar uma grande bola de neve. Ou seja, uma coisa vai afetar a outra, até que toda a sua vida financeira vire uma grande bagunça.

E seja você uma pessoa física ou jurídica, manter uma boa saúde financeira é a melhor forma de manter uma vida em geral mais tranquila. Já que problemas relacionados ao dinheiro são responsáveis por grande parte do estresse em nossas vidas, não é?

E tudo isso pode ser evitado se você conseguir manter uma boa saúde financeira, através de um hábito de organização e planejamento. Mas vamos entender melhor o que é essa tal saúde financeira, para pessoas e para empresas, a seguir.

Finanças pessoais

Finanças pessoais

Neste caso, você está precisando melhorar sua organização financeira pessoal. Ou seja, são suas finanças domésticas e gastos pessoais e familiares que entram no seu planejamento financeiro.

Assim, o que se leva em conta para uma boa saúde financeira pessoal é a forma como você organiza seus gastos e suas dívidas, em relação à sua renda. Ou seja, basicamente não perde o controle, e não deixa sair mais dinheiro do que entra. 

E também seus possíveis investimentos em instituições financeiras. Pois quem quer saúde financeira pessoal, segue uma boa organização e não perde o controle do seu dinheiro, mesmo que esteja distribuído em várias áreas.

Finanças empresariais

Finanças empresariais

Já no caso da saúde financeira de uma empresa, isto é um item essencial para que tenha uma boa capacidade de investimento em sua expansão, no pagamento de seus credores e empregados, etc.

Ou seja, uma empresa sem saúde financeira não terá jamais um bom desempenho, pois não consegue planejar adiante e nem tomar atitudes e decisões certeiras para seu crescimento. Assim, uma empresa com sua saúde financeira ruim vai ter uma baixa produtividade em rendimentos, crescimento e atrativos de investimentos.

E outro aspecto muito relevante é a capacidade de conseguir crédito. Pois uma empresa com saúde financeira ruim terá muito mais dificuldade com as instituições financeiras para conseguir empréstimos, financiamentos, e serviços bancários no geral.

Agora conseguiu entender melhor o que é a saúde financeira? Esperamos que sim! Então, esse artigo vai lhe ajudar caso você esteja precisando se organizar melhor, seja para suas finanças pessoais, ou para as finanças de sua empresa.

Portanto, continue lendo, e confira ótimas dicas para melhorar a sua organização financeira de uma vez!

5 dicas para melhor sua saúde financeira

5 dicas para melhor sua saúde financeira

Como já dissemos anteriormente, a saúde financeira é um aspecto muito importante para a sua vida. Pois assim você garante mais tranquilidade e maior controle sobre o seu dinheiro, transações financeiras, gastos, dívidas, etc.

Então, reunimos 5 ótimas dicas para facilitar a sua organização e planejamento. Dessa forma, a sua saúde financeira irá melhorar muito, e os demais aspectos da sua vida irão agradecer com certeza. 

Mas não se preocupe, são atitudes simples, nada muito difícil ou complicado. Em geral, são coisas que você talvez já até pensou, mas não conseguiu colocar em prática ou não sabia que poderiam fazer tanta diferença em sua vida financeira.

E sim, elas fazem toda a diferença, tenha certeza! Pois não adianta querer atitudes drásticas de um dia para o outro. Já que são as mudanças de pontos de vista, atitudes e hábitos no nosso dia-a-dia as principais formas de alterar radicalmente nossos resultados, certo? 

Mas não espere mais pelo momento certo, ou pela ajuda de outras pessoas. Comece uma nova atitude pró-ativa para melhorar sua saúde financeira já!  E quando tiver uma ótima noção de como são suas atitudes em relação ao seu dinheiro, vai ficar muito grato de ter começado a melhorar sua organização financeira agora, tenha certeza!

Então, agora é hora de juntar papel, caneta, e anotar nossas 5 dicas para melhorar a sua saúde financeira. Vamos lá!

ANÚNCIOS

Faça um planejamento financeiro

Faça um planejamento financeiro

Este aspecto é fundamental para dar a base para todas as suas ações e decisões financeiras daqui em diante. Pois sem planejamento, não tem como saber qual a melhor estratégia para melhorar sua saúde financeira no curto e no longo prazo, certo?

Com isso, você vai poder saber quanto tem disponível para gastos novos, e quanto precisa para quitar todas as suas despesas, eventuais dívidas. E ainda pode saber quanto é possível guardar para emergências, investir, etc.

Assim, é muito importante criar um bom planejamento do seu orçamento doméstico, gastos mensais e anuais, dívidas, renda, etc. Além disso, sempre que estiver pensando em adquirir bens de alto valor, o planejamento pode evitar que você acabe tomando decisões ruins e gastando mais dinheiro do que deveria, ou mais do que pode pagar.

Então, reflita sobre tudo o que sai e tudo o que entra em sua conta bancária, e anote também todos os seus gastos eventuais. Assim:

  • Crie suas metas financeiras pessoas, como ter em mente um valor que pretende economizar todo mês, por exemplo;
  • Também, tenha o hábito de manter um controle sobre seus gastos essenciais (contas, pagamento de dívidas, parcelas de financiamentos, etc), e os não essenciais (restaurantes, entretenimento, compras por lazer, etc).

Ou seja, um planejamento financeiro evita que você acabe se endividando, ou mesmo que acabe desperdiçando muito dinheiro em taxas de juros e parcelamentos. Portanto, tenha sempre em mente todos esses aspectos para melhorar sua saúde financeira.

Não gaste mais do que ganha

Não gaste mais do que ganha

Pode parecer algo banal e óbvio para se dizer, mas muitas pessoas acabam perdendo totalmente a noção de quanto dinheiro entra e o quanto está saindo. Assim, acabam sempre gastando mais do que ganham.

E isso prejudica de maneira geral toda a sua saúde financeira, e impede que você crie metas essenciais para ter tranquilidade. Por exemplo, alguém que sempre termina o mês no vermelho pode acabar caindo em dívidas com taxas de juros muito altas, como o cheque especial.

Além disso, também pode acabar precisando parcelar o pagamento da fatura do cartão de crédito. E dessa forma arca com mais juros, e as dívidas vão se acumulando. Assim, nasce a bola de neve de dívidas, e o risco de se tornar uma pessoa inadimplente e negativa junto aos órgãos de fiscalização do crédito como o Serasa.

E como uma pessoa sempre endividada e que precisa arcar com taxas de juros vai ter saúde financeira, paz e tranquilidade para planejar fazer uma poupança, ou adquirir um bem de alto valor, por exemplo?

Então, pode parecer bobagem, mas tenha isso sempre em mente: não gaste mais do que ganha. E isso se aplica também para compras em parcelamento. Mas não se preocupe, vamos explicar mais sobre isso a seguir.

Evite parcelamentos longos

Evite parcelamentos longos

E quem entende de organização de finanças e preza por uma boa saúde financeira já sabe: compras a prazo são grandes vilãs.

Pois as compras em muitas parcelas sempre vão facilitar que você perca o controle de suas finanças, principalmente se você já não está se organizando e não tem ideia do quanto ganha e de quanto gasta.

Assim, imagine uma pessoa que sempre acaba no vermelho porque tem diversas parcelas de pagamentos diferentes todos os meses. E sem planejamento, não se lembra o quanto paga por mês apenas com as parcelas, nem o valor que acaba gastando apenas em juros nas compras à prazo.

Então, evite sempre que possível parcelamentos. Principalmente os parcelamentos muito longos e com taxas de juros embutidas. Pois pode parecer pouco, mas a longo prazo o que vai pagar de juros pode ser bem alto.

Mas imagine que maravilha se todo esse dinheiro gasto em parcelamentos e taxas, você pudesse aplicar de outra forma mais rentável? Pois é assim que você deve pensar para manter uma boa saúde financeira.

  • Procure comprar sempre à vista;
  • E use o máximo que puder a opção débito, para não perder a noção dos seus gastos e ultrapassar o valor que ganha mensalmente;
  • Mas caso precise parcelar, procure por opções a curto prazo e sem taxas de juros;
  • Porém, em caso de extrema necessidade de parcelamentos longos, mantenha um controle sobre esse gasto, que se tornará mensal. 
  • Portanto, adicione as parcelas em seu planejamento financeiro, e não esqueça de que vai ter esse gasto por um certo tempo. Assim, precisa equilibrar os gastos em outras áreas.

E aí, o que achou? Pois pode parecer bobo, mas essas pequenas atitudes ao realizar compras e gastos farão toda a diferença na sua saúde financeira.

Cuidado com o crédito rotativo

Cuidado com o crédito rotativo

O crédito rotativo pode parecer uma boa opção para aliviar as dificuldades financeiras na hora de pagar sua fatura do cartão de crédito. Mas não se engane, ele pode ser um vilão para a sua saúde financeira.

Basicamente, o rotativo é aquele tipo de crédito que você usa quando não consegue pagar totalmente o valor da sua fatura do cartão de crédito naquele mês. Assim, a instituição financeira lhe oferece a opção de pagar uma parte do valor da fatura, e parcelar o resto nas faturas seguintes.

E isso pode lhe dar a falsa impressão de alívio e pagamento da dívida, certo? Mas no final, a depender de quantas parcelas você precise dividir a sua fatura atual, você pode acabar se afundando em taxas de juros e criando mais dívidas no longo prazo.

Pois todo o valor restante da sua fatura terá uma taxa de juros sobre ele. Ou seja, quanto mais parcelas, maior fica o valor final que você irá pagar à instituição que te fornece o crédito.

Portanto, evite parcelar sua fatura do cartão de crédito! 

Já está no crédito rotativo?

Já está no crédito rotativo?

E para quem já está no rotativo, é interessante pensar em:

  • Ter sempre uma exata noção de quanto você está pagando de juros e qual será o valor final a ser pago pela fatura que parcelou;
  • Adicione esse valor ao seu planejamento financeiro, para que possa reequilibrar suas finanças de modo que consiga arcar com essas parcelas e juros;
  • E em caso de realmente não dar conta de quitar o rotativo, você deve negociar a sua dívida com a instituição financeira;
  • Também, em último caso existe a opção de analisar um empréstimo com taxas de juros menores do que a do rotativo do cartão, e realizar uma solicitação. Pois se o empréstimo contar com taxas menores, vale mais quitar a dívida do rotativo primeiro.

Então, esperamos que esteja claro que a melhor estratégia é sempre evitar a todo custo cair no crédito rotativo. E para isso, é essencial manter um bom planejamento financeiro, evitando o endividamento e consequentemente uma péssima saúde financeira.

Assim, você perde menos dinheiro e ainda ganha mais tranquilidade, não é mesmo?

Utilize apps para gerenciar as finanças pessoais

Utilize apps para gerenciar as finanças pessoais

Outra excelente forma de facilitar a sua organização financeira, e portanto melhorar sua saúde financeira também, é através de aplicativos. Principalmente para quem tem muita dificuldade em criar uma tabela ou planilha de gastos do zero.

Assim, os aplicativos podem ser seus grandes aliados na busca por um bom planejamento das suas finanças em geral. Além disso, os apps podem lhe ajudar muito a conhecer mais sobre educação financeira e se organizar.

Mas tenha em mente que é preciso selecionar os melhores aplicativos para seu perfil e seus objetivos e metas financeiras. Portanto, procure por apps que:

  • Tenham uma boa interface. Ou seja, que sejam fáceis e práticos de utilizar, sem a necessidade de muito esforço para aprender como funciona;
  • Também procure pelos aplicativos com boas avaliações nas plataformas digitais, e com bons comentários dos usuários sobre o app;
  • Além disso, é interessante utilizar um aplicativo que lhe permita personalizar categorias, e assim adaptar o planejamento à sua realidade financeira e metas;
  • Finalmente, algo essencial é que o aplicativo lhe permita sincronizar todos os dados entre os seus dispositivos, como celular, notebook, tablet, etc. Assim, vai ter o seu planejamento sempre disponível para você gerenciar em qualquer aparelho.

Algumas dicas de aplicativos para melhorar sua saúde financeira

Algumas dicas de aplicativos para melhorar sua saúde financeira

Viu só quanta coisa prestar atenção antes de fazer o download de um aplicativo de organização financeira? Pois um aplicativo pode ser um ótimo auxiliar em diversos aspectos diferentes. 

Assim, é possível unir as funcionalidades de vários deles, fazendo o download de mais de um aplicativo para cobrir toda a sua organização financeira. E você pode escolher funcionalidades desde facilitadores de compras, gerenciadores de investimentos, de saldo bancário, até planilhas de orçamento doméstico.

Portanto, vai ficar mais fácil e totalmente interativa a sua experiência com o planejamento financeiro. E nunca foi tão legal e prático fazer o seu planejamento financeiro. Agora, basta pesquisar e escolher o aplicativo que mais se encaixa com seu perfil e com a sua vida financeira.

Mas calma, vamos lhe indicar 10 dos mais famosos aplicativos para facilitar a sua organização e a sua vida. Dessa forma, não tem desculpa para deixar a sua saúde financeira na pior, não é?

10 boas opções de apps para você!

10 boas opções de apps para você!

E são eles:

  1. Organizze: um aplicativo completo, que funciona online ou offline, e facilita a sua organização financeira como um todo;
  2. Mobills: esse app lhe permite controlar suas contas e cartões, separar gastos por categorias. Ótima ferramenta para melhorar sua saúde financeira;
  3. Minhas Economias: um app mais simples e que não permite a sincronização entre diversos dispositivos. Mas que lhe ajuda a traçar metas financeiras e organizar suas movimentações de valores, renda mensal, etc;
  4. IDEC: uma excelente planilha para que você adicione os seus dados financeiros, e assim facilita que você compreenda melhor como é o seu orçamento doméstico. Além disso, é personalizável e você pode deixar do jeito que preferir;
  5. Kinvo: um app para facilitar a organização das suas finanças e dos seus investimentos. Pois com ele é possível cadastrar investimentos diferentes em um só lugar.
  6. Minhas Economias: já esse app lhe ajuda a elaborar um planejamento financeiro com seus gastos em cartões de crédito, compras à prazo, etc. Assim, pode pode sincronizar o app com suas contas bancárias e ter controle de várias contas ao mesmo tempo;
  7. Finance: esse aplicativo vai lhe ajudar a organizar melhor seus gastos durante as compras. Pois ele monta lista de compras e te ajuda atualizando os preços do que você pretende adquirir. 

Então, você viu só como os aplicativos podem ter diferentes funções e te ajudarem a melhorar a sua saúde financeira? Pois no mundo interativo de hoje, não tem nada melhor do que ter a sua organização pronta para ser feita totalmente no meio digital.

Além disso, por mais simples que as nossas dicas possam parecer para você, nós sabemos que com elas você vai conseguir dar o primeiro passo para melhorar a sua saúde financeira de vez, certo? 

Agora, é hora de colocar tudo em prática!

Agora, é hora de colocar tudo em prática!

Portanto, não fique esperando o momento certo para começar. E muito menos fique esperando estar cheio de dívidas, com muito estresse e perdendo dinheiro. Agora é a hora para começar a ter uma melhor organização financeira.

Assim, todos os outros aspectos da sua vida irão melhorar. Pois você irá dormir mais tranquilo sabendo que está cumprindo um planejamento e caminhando rumo a atingir suas metas financeiras. 

E já imaginou poder planejar gastos maiores, como a compra de um automóvel ou uma viagem para o exterior, sem se preocupar com endividamento. Ou então nunca mais perder muito dinheiro com enormes taxas de juros sobre compras à prazo e parcelamentos diversos?

Pois comece a se organizar financeiramente e verá como fica mais fácil ter grandes gastos, poupar ou mesmo investir, quando você conhece bem sua vida financeira. Além disso, para qualquer situação emergencial, você poderá ter uma reserva financeira e não vai passar por apuros.

Então, a organização só tem benefícios para a sua saúde financeira e para a sua saúde física e mental! Não deixe para depois, comece agora a colocar essas dicas simples em prática. Pois vai ver toda a diferença no longo prazo!

E assim chegamos ao fim de nosso artigo especial sobre saúde financeira. E aí, ficou mais fácil entender as atitudes que podem fazer toda a diferença em sua organização pessoal e nas suas finanças? Agora saiba como se organizar com pouco dinheiro.

Aline Saes

Mestre em História Social pela USP, com ênfase em História das Mulheres. É escritora autônoma para variados nichos desde história e finanças, até beleza e saúde. Sempre apaixonada pela escrita, tem como missão levar informação para as pessoas de forma simples e atrativa. Vê a importância em saber mais sobre a sociedade e tudo que nos cerca.

Cartões

Como solicitar cartão BTG + Opção Avançada

O cartão BTG + Opção Avançada oferece exclusivo programa de pontos para quem gosta de viajar. Se esse é o seu perfil, veja como pedir o seu!

por

Tathiane Mantovani

Publicado em

| Atualizado em

Cartão BTG + Opção Avançada

Mas, afinal, como funciona o cartão? Fonte: BTG+.

Primeiramente, o cartão BTG + Opção Avançada é internacional com bandeira Mastercard. Por isso, você pode utilizá-lo para fazer compras à vista e parceladas em milhares de estabelecimentos físicos e online credenciados à bandeira dentro e fora do Brasil.

Mas vale destacar que este produto financeiro oferece muitas vantagens, como isenção de rolha, Programa Mastercard Surpreenda, Mastercard Travel Rewards, MasterSeguro de Automóveis, Concierge Mastercard, Mastercard Airport Concierge, Invest+ (opcional), MasterAssist, entre outros benefícios.

Aliás, ficou interessado? Ademais, quer saber como solicitá-lo? Então, continue a leitura e confira!

Solicitar online

Afinal, como solicitar online? Fonte: Pexels.

Para solicitar é necessário ser correntista do Banco BTG+, assim como ter uma renda mínima de R$ 7.000,00. Então, se você se encaixa neste perfil, basta acessar o app da instituição financeira e, em seguida, fazer o processo de solicitação.

Solicitar via telefone

Ademais, não há processo de solicitação via telefone, mas você pode entrar em contato para sanar dúvidas sobre o cartão e o processo pelos números:

  • 3003 9500 (Capitais e regiões metropolitanas);
  • 0800 777 9500 (Demais localidades).

Solicitar pelo aplicativo

Pois o processo de solicitação deve ser feito no app do banco. Ademais, basta acessá-lo, localizar o cartão e preencher o pedido. Em seguida, é necessário aguardar a análise de crédito. Então, se você for aprovado, o cartão BTG + Opção Avançada é enviado para o seu endereço.

Cartão BTG + Opção Básica ou BTG + Opção Avançada: qual escolher?

qual é o melhor cartão? Fonte: Falando de viagens.

Então, se você chegou até aqui, mas percebeu que o cartão BTG + Opção Avançada não atende às suas necessidades. Mas, fique tranquilo! Pois existem diversos produtos financeiros no mercado que podem te atender. Ademais, dentre eles podemos citar o cartão BTG + Opção Básica que oferece benefícios Mastercard Gold. Então, veja as características dos dois cartões e, em seguida, compare-os:

BTG + Opção BásicaCartão BTG + Opção Avançada
AnuidadeIsenta (sem Invest+)
R$ 30,00 (com Invest+)
R$ 15,00 (sem Invest+)
R$ 45,00 (com Invest+)
Renda MínimaSalário mínimoR$ 7.000,00
BandeiraMastercardMastercard
CoberturaInternacionalInternacional
BenefíciosPrograma Mastercard SurpreendaPrograma Mastercard Travel Rewards
Mas, afinal, qual é o melhor cartão?
Continuar Lendo

Em Alta