Dicas

Como reduzir o orçamento doméstico

Quer aprender a organizar o seu orçamento doméstico para economizar dinheiro? Então, continue a leitura e confira o nosso texto.

Anúncios

por Tathiane Mantovani

Publicado em 02/03/2021

Economize mais dinheiro com as contas de casa

Economize mais dinheiro com as contas de casa. Fonte: Pexels.
Economize mais dinheiro com as contas de casa. Fonte: Pexels.

Equilibrar o orçamento doméstico não é apenas uma tarefa das mulheres. Diferente do que a maioria das pessoas acreditam, esse é um trabalho em conjunto no qual todos os membros da família precisam se empenhar.

Por isso, a economia doméstica devia ser uma disciplina na escola para que as crianças já criassem o hábito desde cedo de ajudar a organizar as finanças de casa, bem como economizar e investir quando necessário.

Portanto, dedicar um tempo para fazer o controle dos gastos da casa é essencial para que as pessoas tenham uma vida financeira saudável. Pensando nisso, nós do Senhor Finanças, resolvemos descrever neste texto as principais informações sobre este tema.

Então, qual aprender a reduzir o orçamento doméstico? Continue a leitura e confira!

Anúncios

O que é economia doméstica e qual sua importância?

O que é economia doméstica e qual sua importância. Fonte: Pexels.
O que é economia doméstica e qual sua importância. Fonte: Pexels.

Mas, afinal, o que é economia doméstica? É um conjunto de técnicas e ferramentas que ajudam a equilibrar a relação entre os gastos e a renda de uma família. Ou seja, ela ajuda a controlar e administrar as reservas financeiras de uma casa.

Assim como permite a redução dos gastos supérfluos e, consequentemente, você tem mais dinheiro para investir ou criar uma reserva de emergência. Portanto, a economia doméstica é essencial para as famílias que pretendem ter um equilíbrio financeiro.

Ademais, você precisa inserir na sua rotina essas técnicas. Dessa forma, é possível mensurar as despesas e as receitas mensais, bem como criar estratégias para cumprir os seus compromissos financeiros e, ainda, conseguir poupar ou investir uma parte do dinheiro.

Lembre-se de que a economia doméstica também pode ajudar você a evitar o endividamento ou, ainda, a inclusão do seu nome na lista de maus pagadores dos órgãos de proteção ao crédito, como SPC, Serasa e Boa Vista.

Além disso, esse hábito não impacta somente o financeiro da família, mas também a sua qualidade de vida. Já que se você não tiver pendências, poderá investir nos seus projetos pessoais e profissionais, bem como ajudar as pessoas que ama.

10 dicas para reduzir o orçamento doméstico

10 dicas para reduzir o orçamento doméstico. Fonte: Pexels.
10 dicas para reduzir o orçamento doméstico. Fonte: Pexels.

Adotar hábitos de economia doméstica e equilibrar o orçamento não são tarefas fáceis, não é verdade? Mas são necessárias para que você tenha uma vida mais feliz. Por isso, a família precisa ter disciplina e foco para conseguir administrar as suas finanças.

Diante disso, que tal conhecer 10 dicas para reduzir o orçamento doméstico? Então, continue a leitura e acompanhe!

Anúncios

1. Realize uma reunião com a família

Realize uma reunião com a família. Fonte: Pexels.
Realize uma reunião com a família. Fonte: Pexels.

O primeiro passo para começar a reduzir o orçamento doméstico é realizar uma reunião familiar. Isso mesmo! Você precisa reunir todos os membros da família para que eles entendam quais são as despesas, a renda e os objetivos, bem como compreendam o papel de cada um na administração das finanças da casa.

Dessa forma, todos se sentirão parte do processo e, consequentemente, demonstrarão mais engajamento nas ações de redução de gastos e na concretização dos objetivos individuais e coletivos. 

Para isso, você pode propor objetivos comuns, como uma viagem de férias. Assim, fica mais fácil garantir que cada um vai fazer a sua parte diante do orçamento familiar, pois todos desejam transformar esse objetivo em realidade.

 2. Estabeleça o orçamento doméstico

Estabeleça o orçamento doméstico. Fonte: Pexels.
Estabeleça o orçamento doméstico. Fonte: Pexels.

Também é essencial estabelecer o orçamento doméstico. Nesse caso, você precisa identificar quais são as principais despesas e receitas. Uma sugestão é fazer esse controle durante um mês, assim fica mais fácil detectar o que entrou e saiu de dinheiro.

Dessa forma, é possível entender como está a situação financeira da família. Nesse caso, temos duas opções: vocês estão com as contas equilibradas e, ainda, conseguem investir uma parte do dinheiro. Ou estão gastando mais do que ganham, por isso não conseguem cumprir os compromissos com os credores e correm o risco de ficar no vermelho.

A partir desse momento, você tem as informações necessárias para definir quais são as prioridades da família. Lembre-se de que nem todos os gastos são essenciais, por isso é determinante que você analise as despesas para identificar quais são necessárias e quais são supérfluas.

Nesse caso, os gastos essenciais são aqueles que podem impactar na sua sobrevivência, como água, luz, supermercado, entre outros. Já os supérfluos envolvem gastos que podem ser repensados ou eliminados do orçamento doméstico, como passeios, cinema, barzinho, entre outros.

Sabendo o que representa cada tipo de gasto você consegue fazer uma planilha com aquilo que é essencial para a sobrevivência da sua família, bem como provisionar o valor que será necessário economizar para conquistar os objetivos esperados.

Para isso, você pode determinar qual será o percentual destinado para cada elemento do orçamento doméstico. Por exemplo, 50% da receita será destinada às despesas essenciais, 30% para os investimentos e 20% para os gastos supérfluos.

3. Estabeleça metas para as contas de água, luz e telefone

Estabeleça metas para as contas de água, luz e telefone. Fonte: Pexels.
Estabeleça metas para as contas de água, luz e telefone. Fonte: Pexels.

Além de elaborar o orçamento familiar, é importante estabelecer metas de gastos. Dessa forma, fica mais fácil controlar se a família está gastando mais do que o necessário. Assim como é possível aplicar medidas para ajustar essas despesas.

Para tanto, coloque na planilha do orçamento quanto vocês podem gastar por mês de água, luz, telefone, entre outras despesas variáveis. Já que é possível controlar o seu uso, diferente do que acontece com os gastos fixos, como mensalidade da escola, plano de saúde, entre outros.

Vale destacar aqui também que não adianta criar metas de economia dos gastos, se você não pagar as contas em dia. Lembre-se de que os juros por atraso podem aumentar a sua despesa. Diante disso, pagar seus boletos antes do vencimento é imprescindível.

Como organizar as finanças pessoais em 2021

Como se organizar com pouco dinheiro

Está com pouco dinheiro? Ganha apenas um salário mínimo, mas tem sonhos enormes? Não se preocupe! Mesmo assim, é possível organizar suas finanças pessoais.

4. Corte gastos desnecessários no orçamento doméstico

Corte gastos desnecessários no orçamento doméstico. Fonte: Unsplash.
Corte gastos desnecessários no orçamento doméstico. Fonte: Unsplash.

Lembra que você levantou as despesas no momento de elaborar o orçamento financeiro. Agora é necessário cortar os gastos que atrapalham o equilíbrio financeiro da família. 

O primeiro passo é reduzir o desperdício, ou seja, compre apenas o que é essencial, desligue a televisão quando ninguém estiver assistindo, apague as luzes dos cômodos durante o dia, evite usar o ar-condicionado, utilize transporte coletivo, entre outros.

Também evite compras por impulso. Lembre-se de que gastos supérfluos podem acabar com a sua economia doméstica. Então, se você precisa comprar roupas insira no orçamento familiar para verificar se é possível comprá-las naquele momento. 

Caso contrário, faça um planejamento para guardar dinheiro durante alguns meses para conseguir fazer a compra à vista sem comprometer o orçamento. Outra dica interessante, é trocar os almoços ou jantares em restaurantes por refeições feitas em casa. Isso ajuda a economizar muito o seu dinheiro. Ademais, também colabora com a sua saúde, já que você vai ter uma alimentação mais saudável.

5. Elabore uma lista de compras antes de ir ao supermercado

Elabore uma lista de compras antes de ir ao supermercado
Elabore uma lista de compras antes de ir ao supermercado. Fonte: Pexels.

Ir ao supermercado sem uma lista de compras é um erro gravíssimo diante da economia doméstica. Já que você abre espaço para a impulsividade e acaba comprando vários itens  desnecessários. Com a lista em mãos é possível entrar no supermercado sabendo o que precisa comprar.

Para tanto, veja tudo que está faltando na dispensa, bem como planeje as refeições para saber o que será necessário comprar para prepará-las. E, principalmente, evite fazer compras com fome, pois a tendência é comprar mais do que o esperado.

Além disso, faça pesquisa de preços para optar pelos produtos mais baratos. Assim como não fique apegado às marcas, pois existem mercadorias menos conhecidas que têm a mesma qualidade.

6. Construa uma reserva de emergência

Construa uma reserva de emergência
Construa uma reserva de emergência. Fonte: Unsplash.

Não basta apenas reduzir as despesas, é necessário fazer uma reserva financeira para conseguir passar pelos imprevistos sem comprometer o orçamento doméstico. Para isso, calcule quanto você precisa para cobrir 6 meses de gastos.

Depois disso, divida esse valor e guarde um pouco por mês em uma poupança ou em um investimento de curto prazo com baixo risco e fácil resgate. Assim, se você tiver um imprevisto, como desemprego, acidente ou doença grave, não vai ficar sem dinheiro.

Ademais, lembre-se de que a reserva de emergência não deve ser utilizada para qualquer coisa, por isso use-a com muito discernimento e planejamento. Já que esse é um valor para socorrer a família e não para gastar com lazer.

Conheça seus gastos para organizar as finanças pessoais em 2021.

Como economizar dinheiro ganhando pouco

Nunca é tarde demais para começar a organizar-se financeiramente. Pensando nisso, separamos algumas dicas de como economizar ganhando pouco. Acompanhe!

7. Realize pesquisas de preço

Realize pesquisas de preço
Realize pesquisas de preço. Fonte: Pexels.

Assim como comentamos anteriormente, pesquisar os preços dos produtos é imprescindível para conseguir manter seu orçamento doméstico sob controle. Hoje em dia, com o auxílio da Internet esse tipo de ação ficou mais fácil.

Além disso, deixe o preconceito de lado e invista em novas marcas ou, ainda, em produtos mais baratos. Já que o preço baixo nem sempre é sinônimo de má qualidade. Outra dica legal, é que as compras online costumam ser mais baratas em comparação com as lojas físicas.

Vale destacar também que é importante pechinchar, ou seja, pedir descontos durante a negociação do produto. Isso pode fazer muita diferença no momento de pagar por ele. Por isso, procure lojas que oferecem bons descontos. Ademais, fique de olho nos preços para não ser enganado na famosa Black Friday.

8. Renegocie ou quite suas dívidas

Renegocie ou quite suas dívidas
Renegocie ou quite suas dívidas. Fonte: Pexels.

O equilíbrio do seu orçamento doméstico não vai durar muito tempo se você ficar acumulando dívidas, não é verdade? Principalmente, se estamos falando de inadimplência com produtos ou serviços financeiros, como cartão de crédito, cheque especial, empréstimo e financiamento.

Para resolver isso, procure o credor e tente fazer uma renegociação que seja favorável para ambas as partes. Dessa forma, é possível parar o aumento dos juros da pendência, bem como você consegue limpar o seu nome.

Nesse caso, é possível pedir o adiantamento do 13º salário e de ⅓ de férias ou, ainda, fazer um empréstimo com taxa de juros mais baixa que a dívida, como é o caso do consignado. Mas lembre-se de que o ideal é não deixar de cumprir com os seus compromissos financeiros.

9. Faça renda extra

Faça renda extra
Faça renda extra. Fonte: Pexels.

Não podemos deixar de mencionar que você também pode criar uma fonte de renda extra para ajudar no orçamento doméstico, desde que ele não atrapalhe o seu desempenho no emprego formal.

Desapegar dos itens que você não usa mais é uma boa maneira de fazer isso. Para tanto, basta selecionar roupas, sapatos, acessórios, móveis, entre outros itens que estão em bom estado de conservação e colocar para venda em sites, como Enjoei, OLX e Mercado Livre.

Outra forma de obter renda extra, é atuando como freelancer. Dessa forma, você pode trabalhar nas horas vagas, como garçom, assistente virtual, redator, designer gráfico, mecânico, motorista de aplicativo, encanador, entre outras atividades profissionais.

Para isso, existem muitas plataformas na Internet que ajudam você a encontrar possíveis clientes. Ademais, você também pode criar infoprodutos, ou seja, produtos digitais para vender nas suas redes sociais, como cursos online, e-books, entre outros.

Como ganhar dinheiro no Mercado Livre

Você conhece o Mercado Livre? Saiba que você pode ganhar dinheiro extra por meio dele? Então, continue a leitura deste texto e aprenda como fazer isso.

10. Procure cursos sobre educação financeira

Procure cursos sobre educação financeira
Procure cursos sobre educação financeira. Fonte: Pexels.

Para finalizar a nossa lista de dicas para reduzir o orçamento doméstico, não poderíamos deixar de fora os cursos e os livros de educação financeira. Isso mesmo! Todos os membros da família precisam compreender a importância deste tema.

Por isso, é essencial que vocês invistam um pouco do tempo para fazer cursos online ou presenciais com especialistas em economia doméstica, bem como assistir vídeos ou acompanhar sites, como o Senhor Finanças, que sempre tem dicas para te ajudar a organizar as suas finanças pessoais.

Ademais, existem muitas palestras e lives gratuitas disponíveis nos canais digitais. Assim como livros muito bem escritos com conceitos importantes para que você e a sua família tenham uma base para reduzir o orçamento e começar a investir.

Não se esqueça das crianças, é essencial que elas também tenham contato com a educação financeira desde cedo. Para que se tornem adultos conscientes dos seus compromissos com a sociedade.

Podemos concluir que o orçamento doméstico é a chave para que você e a sua família tenham uma vida mais confortável. Por isso, é imprescindível que você siga as nossas dicas e comece agora mesmo a investir na economia doméstica.

Agora, que tal aprofundar mais seu conhecimento sobre educação financeira? Então, não deixe de ler o artigo indicado pela nossa editora sobre como evitar o superendividamento. Boa leitura!

Como evitar o superendividamento

O superendividamento é um problema entre muitas pessoas. Mas é possível sair disso! Confira nosso artigo e entenda como.

Sobre o autor

Tathiane Mantovani

Jornalista (Mtb 0012333/PR), Estrategista de Conteúdo, Redatora SEO, Conteudista EAD e Escritora com mais de 9 livros publicados nas áreas de Recursos Humanos e Segurança do Trabalho. Estudante de Jornalismo e Publicidade. Bacharel em Administração. Especialista em Marketing de Conteúdo, Design Instrucional, Gestão de Pessoas e Psicopedagogia Institucional. Apaixonada pela arte da escrita e amante dos livros técnicos.

Em Alta

content

Qual é o limite do cartão Ourocard BB Empreendedor?

Você sabe qual é o limite do Ourocard BB Empreendedor? Te contamos tudo sobre o assunto aqui. Clique no post para conferir.

Continue lendo
content

C6 Bank ou Nubank: Qual conta tem mais vantagens?

Ambos são bem aceitos no mercado e são muito procurados pelos brasileiros. Mas, qual é o melhor para você: C6 Bank ou Nubank? Descubra a seguir.

Continue lendo
content

Seguro de vida vale a pena: descubra agora

Você já pensou em fazer um seguro de vida e não sabe se vale a pena? Então veja aqui como ele funciona e qual a nossa resposta!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Como solicitar o cartão Submarino

Descubra o passo a passo para solicitar o cartão Submarino online, via telefone ou direto pelo aplicativo. Conheça seus benefícios e vantagens exclusivas.

Continue lendo
content

Auxílio Acidente: tudo o que você precisa saber sobre esse benefício

Veja como funciona o Auxílio Acidente do INSS, concedido pela Previdência Social, e quem pode solicitar o benefício. Confira mais aqui!

Continue lendo
content

Empréstimo Finmatch : o que é e como funciona?

Conheça mais sobre a Finmatch, empresa que tem como objetivo ajudar os micro-empreendedores a investir em seu próprio negócio

Continue lendo