Dicas

O que é renda passiva?

renda passiva é um tipo de rendimento que pode ser o sonho de muita gente. Mas você sabe o que é isso e como conseguir? Confira!

Anúncios

por Aline Saes

02/03/2021 | Atualizado em 12/07/2022

Descubra o que significa esse tipo de renda

Descubra o que significa esse tipo de renda
Descubra o que significa esse tipo de renda

Quem nunca sonhou em não precisar fazer nada para ganhar dinheiro, não é? Pois ver aquele valor em sua conta e saber que não precisou trabalhar arduamente por ele traz um certo alívio e felicidade. Mas você sabia que esse tipo de renda tem nome? Pois sim, e se chama renda passiva.

E se ficou com curiosidade de entender mais sobre esse tipo de renda passiva, não se preocupe. Pois nós vamos lhe explicar tudo o que precisa saber, com todas as informações que reunimos para você neste artigo.

Então, continue lendo e saiba mais sobre como pode ser a sua renda e seus diferentes tipos. Confira a seguir!

Anúncios

O que é renda passiva?

O que é renda passiva?
O que é renda passiva?

A renda passiva basicamente é um valor que você tem todo mês mas que não precisou trabalhar ativamente por ele. Ou seja, é uma renda que não tem vínculo com o que você faz ou deixa de fazer profissionalmente, e com nenhum tipo de ação humana.

Por exemplo, se você deixa de trabalhar mas ainda assim recebe algum tipo de renda, esses valores serão a sua renda passiva. E, em geral, quando se pensa em renda passiva as pessoas já logo pensam em rendimentos de investimentos financeiros.

Mas apesar de serem os primeiros e mais populares tipos de renda passiva que as pessoas se lembram, eles não são os únicos. Assim, podemos colocar como exemplos de renda passiva as seguintes fontes de dinheiro:

  • Royalties;
  • Valores fruto de aluguel de imóveis e outras propriedades;
  • Recebimento por direitos autorais;
  • Lucro com diferentes tipos de operações, etc.

E todas essas diferentes fontes de renda passiva podem se agrupar em dois subgrupos de acordo com suas características individuais. Então, continue lendo e confira mais sobre esses subgrupos deste tipo de renda pessoal. Vamos lá?

Quais os tipos de renda passiva?

Quais os tipos de renda passiva?
Quais os tipos de renda passiva?

Como já dissemos anteriormente, a renda passiva não se resume a um único tipo. Além disso, as mais variadas fontes desse tipo de renda podem se subdividir em dois tipos de renda passiva. 

  1. Com capital;
  2. Sem capital.

E o que isso significa? Bem, nós sabemos que essa divisão dos tipos de renda pode soar complexa. Mas não se preocupe, pois vamos explicar cada uma delas separadamente, a seguir:

Anúncios

Com capital

Com capital
Com capital

Para esse tipo de renda passiva, é necessário que a pessoa entre com um montante de capital para começar a gerar valores para si. Ou seja, você precisa colocar dinheiro para render, e assim esse dinheiro vai te gerar mais valores. 

Assim, o montante inicial de capital que você investiu é que vai continuar gerando renda para você. E como você não precisa fazer nada ativamente para isso, caracteriza um tipo de renda passiva. 

O exemplo principal da renda passiva com capital são todos os tipos de investimentos em ativos que você pode fazer com as instituições financeiras. Assim, os rendimentos das suas aplicações financeiras irão lhe render passivamente, sem que você precise agir.

Sem capital

Sem capital
Sem capital

Já a renda passiva sem capital é aquela que não é preciso investir um montante de dinheiro inicial para que haja a geração de valores posteriormente. Ou seja, o dinheiro é proveniente de fontes diversas como sociedades em empresas, royalties, direitos de imagem, etc.

Assim, esse tipo de renda se origina de um produto de uma ação que ocorreu no passado. Mas que não precisa mais ocorrer para que você continue recebendo rendimentos por conta disso.

Por exemplo, o sócio de uma empresa realizou uma ação ao entrar na sociedade do negócio. Todavia, a ação ficou no passado, e a renda continua chegando mesmo assim. Ou seja, é uma renda passiva, em que não incide nenhum tipo de ação para que ela exista.

Portanto, a existência de uma renda passiva deixa implícito que existem outros tipos de renda que requerem uma ação para existirem, certo? É aí que entra o conceito de renda ativa. 

E você já conhecia esse outro tipo de renda? Mas então fique atento ao artigo, pois vamos explicar a seguir o que é. Confira!

Dicas para fazer renda extra em 2021

Está precisando aumentar sua renda? Pois saiba nesse artigo como conseguir

Qual a diferença entre renda passiva e ativa?

Qual a diferença entre renda passiva e ativa?
Qual a diferença entre renda passiva e ativa?

De maneira geral, basta prestar atenção no nome desses dois tipos de renda para entender qual é a diferença principal entre elas. 

Pois, como dissemos, a renda passiva é todo aquele dinheiro que alguém recebe sem necessariamente estar realizando nenhuma ação como moeda de troca. Ou seja, a pessoa não precisa trabalhar ativamente de nenhuma forma para receber aqueles valores.

E como você sabe agora, a renda passiva pode precisar de um montante de capital para continuar a existir – como nos investimentos em ativos financeiros. Ou pode continuar se perpetuando a partir de uma ação que já acabou – como royalties, direitos autorais, etc.

Já a renda ativa é todo aquele dinheiro que necessita de uma ação para que você possa recebê-lo. Ou seja, você vai precisar trabalhar ativamente para ter aquela renda todos os meses, podendo ser através de:

  • salário como recompensa por trabalho;
  • bônus salarial;
  • comissões de vendas ou outros tipos;
  • benefícios como aposentadoria, pensão, etc;
  • Tudo que requer um trabalho ou ação anterior ao recebimento dos valores.

Assim, a renda ativa requer uma dedicação de tempo e de ação para existir, se interrompendo no momento em que aquela ação também acaba. Portanto, é o completo oposto do conceito de renda passiva, no qual é possível receber valores sem precisar atuar de nenhuma forma para tanto.

E sabemos que esse conceito de renda pode parecer bastante atrativo para você que está lendo. Mas saiba que é possível sim viver de renda passiva. Porém, não há uma fórmula mágica para isso. É preciso entender bem as suas opções e o seu contexto financeiro para isso.

Então, continue com a gente. Pois agora vamos lhe explicar mais detalhadamente o que é esse estilo de vida que se baseia em renda passiva e como chegar nisso.

O que é viver de renda passiva?

O que é viver de renda passiva?
O que é viver de renda passiva?

Basicamente, quando você decide que quer viver de renda passiva, significa que não quer mais precisar realizar ações em troca de sua renda. Ou seja, você quer passar da dependência em relação ao seu trabalho ou a outras ações, para não precisar depender da sua atuação para ter rendimentos todos os meses.

Assim, viver de renda passiva seria como alcançar a total independência financeira em relação a um trabalho fixo. E quem nunca imaginou ganhar dinheiro sem precisar trabalhar, não é mesmo?

E como dissemos anteriormente, é possível escolher qualquer um dos tipos de renda passiva para viver. Ou seja, você pode viver de renda passiva com capital ou sem capital inicial. 

Portanto, irá depender do seu contexto financeiro e das suas metas para criar uma boa estratégia de como viver de renda passiva tranquilamente. E aí, ficou com curiosidade de saber mais sobre esse assunto?

Pois então, continue lendo e confira todas as informações que reunimos sobre como você pode fazer para viver de renda. Leia a seguir!

O que fazer para viver de renda?

O que fazer para viver de renda?
O que fazer para viver de renda?

É sim bastante possível conseguir viver de renda passiva. Mas não se iluda pensando que é um caminho fácil e rápido. Pois não é, já tenha isso em mente.

E para alcançar esse sonho de ter dinheiro sem precisar trabalhar todos os dias para isso, você vai precisar ter:

  • Tempo;
  • Planejamento;
  • E bastante paciência.

Assim, se você deseja de verdade trilhar um caminho rumo à independência financeira, esqueça caminhos fáceis e atalhos. Pois podem existir mil falsas promessas de dinheiro fácil. Mas apenas uma boa estratégia, consistência e metas financeiras podem te levar até o seu sonho de viver de renda.

Portanto, você vai precisar adaptar a sua visão para metas de longo prazo, e deixar de esperar resultados rápidos. E uma boa forma de começar a trilhar o caminho para viver de renda é através do mundo dos investimentos.

Pois como dissemos, os rendimentos das aplicações nos ativos de investimos são um tipo de renda passiva que demanda capital inicial. E é uma das formas mais acessíveis a todo perfil de pessoa. Já que é possível começar a investir com valores pequenos, como 30 reais no Tesouro Direto na modalidade renda fixa.

Mas será preciso alterar seus hábitos financeiros completamente! Portanto, fique atento a essas três atitudes que farão toda diferença rumo à renda passiva:

  1. Você precisa controlar seus gastos e começar a gastar menos;
  2. Além disso, é necessário também que você ganhe mais dinheiro;
  3. E por último, que saiba investir melhor o dinheiro que ganha.

Mas como começar a viver de renda passiva através dos investimentos? Pois fique com a gente, continue lendo pois vamos explicar uma boa estratégia para começar a trilhar seu caminho rumo à independência financeira.

Top cidades brasileiras para investir em imóveis

Conheça as melhores cidades brasileiras para começar a investir em imóveis

Como viver de renda passiva com investimentos?

Como viver de renda passiva com investimentos?
Como viver de renda passiva com investimentos?

O Brasil ainda é um país em que a maioria das pessoas não tem nem ideia do que é educação financeira. No máximo, os brasileiros conhecem a caderneta de poupança e algum fundo de investimentos do próprio banco em que tem conta corrente.

Mas infelizmente a educação financeira ainda não é uma realidade para a maioria das pessoas no país. Porém, ela fará toda a diferença na hora de alcançar o sonho da independência financeira através dos investimentos.

Pois é, se você quer viver de renda passiva e se tornar um investidor, vai precisar se dedicar a entender o mundo das finanças e o mercado econômico. Mas não se assuste, não é preciso ter uma graduação em economia para isso, basta foco, dedicação e persistência para chegar aonde você quer.

Então, vamos entender algumas estratégias gerais para quem pensa em viver de renda passiva com aplicações em investimentos. Vamos lá!

Abandone o medo de arriscar

Abandone o medo de arriscar
Abandone o medo de arriscar

Pois quem quer viver de renda passiva não pode ter medo de riscos. Ou seja, você precisa variar sua carteira de investimentos e tentar um perfil de investidor mais agressivo.

No Brasil, é totalmente inviável viver de renda apenas apostando na segurança da modalidade renda fixa. E isso ocorreu por conta da baixa da taxa Selic, que influencia diretamente a rentabilidade da renda fixa.

Portanto, é preciso abandonar o medo de arriscar na renda variável. Pois é lá que está o começo da sua trilha rumo à independência financeira. Então, lembre-se de uma das atitudes que você precisa ter para viver de renda: investir melhor!

Guarde mais dinheiro

Guarde mais dinheiro
Guarde mais dinheiro

Muitas pessoas ainda acham que a independência financeira está em conseguir ganhar muito dinheiro. Mas acredite, ter uma renda mensal altíssima não garante um bom gerenciamento de finanças rumo à viver de renda passiva.

É preciso ter um bom planejamento financeiro, criar metas e, acima de tudo, guardar bastante dinheiro. Pois é isso mesmo: a independência financeira depende muito mais de quanto você consegue guardar, do que de quanto você consegue ganhar todo mês.

Por exemplo, imagine uma pessoa solteira, que mora sozinha e ganha 3 mil reais e se organize financeiramente a ponto de economizar 500 reais todo mês. Agora, imagine outra pessoa de condições equivalentes, mas que ganhe 6 mil reais Todavia essa segunda pessoa está endividada e não consegue guardar nada, ficando no vermelho todos os meses.

A renda da segunda pessoa é o dobro, mas ela está com uma péssima saúde financeira e não consegue se organizar para guardar dinheiro. E pior, está devendo. Então, quem conseguirá alcançar a independência financeira mais facilmente? A primeira pessoa.

Já a segunda pessoa precisará passar por todo um processo de reorganização das finanças pessoais para primeiro quitar todas as suas dívidas. Apenas após se livrar das dívidas, ela poderá começar a juntar dinheiro para si mesma, e não para pagar os credores.

Renda maior não equivale a poder gastar mais

Renda maior não equivale a poder gastar mais
Renda maior não equivale a poder gastar mais

Isso é algo que deve entrar na sua mente de vez. Quando você consegue uma renda mensal maior, é muito importante que você não aumente os seus gastos na mesma proporção. 

E isso demonstra que apenas a renda não gera riqueza. Você precisa saber administrar bem sua renda, para conseguir colocar o seu dinheiro para trabalhar para você. Ou seja, se a sua renda aumentar, não aumente os gastos supérfluos, mas diversifique ainda mais a sua carteira de investimentos.

Ou seja, é preciso tomar uma série de atitudes e corrigir erros que afastem você de sua independência financeira. Pois conseguir viver de renda passiva não é um processo rápido e prático. Assim, somente vão conseguir chegar lá as pessoas que se dedicarem de verdade em mudar suas atitudes e estratégias financeiras.

Portanto, lembre-se sempre das três principais atitudes para conseguir viver de renda passiva com investimentos: ganhar mais, gastar menos e investir melhor a diferença.

Então, são as pequenas atitudes em nosso cotidiano e em nossa forma de agir e pensar com o dinheiro que nos levarão à independência financeira e à viver de renda passiva. Assim, esperamos que nosso artigo tenha tornado mais fácil o processo de decisão e de criação de metas financeiras para o gerenciamento de suas finanças pessoais.

Agora, é hora de sentar e começar a estudar educação financeira, refletir, planejar, reformular atitudes, cortar gastos, iniciar seus investimentos, etc. Basicamente, é o momento de colocar em prática tudo o que aprendeu aqui.

 Finalmente, desejamos boa sorte em sua busca por viver de renda passiva através dos investimentos e que alcance seus objetivos!

Como empreender com pouco dinheiro

Você quer começar a empreender com pouco dinheiro? Clique e entenda como

Sobre o autor

Aline Saes

Mestre em História Social pela USP, com ênfase em História das Mulheres. É escritora autônoma para variados nichos desde história e finanças, até beleza e saúde. Sempre apaixonada pela escrita, tem como missão levar informação para as pessoas de forma simples e atrativa. Vê a importância em saber mais sobre a sociedade e tudo que nos cerca.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Conheça a plataforma Wise

Saiba tudo sobre a Wise, antiga Transferwise, com destaque para suas funcionalidades e vantagens. Confira e descubra as novidades!

Continue lendo
content

Cartão Saraiva ou cartão Nubank: qual escolher?

Quem vence a batalha o cartão Saraiva ou cartão Nubank? Para saber essa resposta você precisa conferir o nosso post. Vamos lá!

Continue lendo
content

6 tipos de aposentadoria no Brasil

Os princiais tipos de aposentadoria no Brasil são por idade, tempo de contribuição e invalidez. Mas existem outros! Conheça mais sobre aqui!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Conheça tudo sobre a Conta Salário Itaú

Veja aqui todas as informações que você precisa para abrir sua conta salário Itaú e também como fazer a portabilidade para o banco.

Continue lendo
content

Conheça o Empréstimo Simplic

Conheça o empréstimo Simplic, qual a sua modalidade e quando é ideal solicitá-lo bem como todas as suas características e vantagens.

Continue lendo
content

Descubra as vantagens do cartão Riachuelo

Descubra agora mesmo vantagens do cartão Riachuelo, como prorrogar o pagamento da fatura e descontos. Saiba mais vantagens do cartão aqui!

Continue lendo