Finanças

O que fazer com a nota de 200 reais

A nova nota de 200 reais foi lançada em 2020 com novo design do lobo-guará. E para usar bem as suas, saiba como economizar e ter renda extra.

Anúncios

A nova nota da “Família Real”

image

No dia 2 de setembro de 2020, o Banco Central anunciou que a nova nota de 200 reais entrou em circulação. As outras seis cédulas já existentes continuarão no mercado.

Segundo o Banco Central, a emissão desta nova nota teve como motivação a pandemia (covid-19). Ainda de acordo com o BC, o objetivo é diminuir as transações realizadas em dinheiro vivo, economizando com a impressão de cédulas de papel.

Por conta do auxílio emergencial e do saque emergencial do FGTS estimulou um maior volume de notas circulando. Assim, os caixas já estavam em falta e com dificuldade de liberar a quantia em tempo hábil de volta aos bancos.

Por esse motivo, o volume de impressão sofreu um aumento. E, mesmo assim, não foi suficiente para a demanda existente. E essa é a justificativa oferecida para a emissão da nota de 200 reais.

Essa iniciativa ainda está recebendo fortes críticas, principalmente por conta do receio de inflação.

Anúncios

A nota de 200 reais vai aumentar a inflação?

A inflação é uma consequência já conhecida pelos brasileiros quando novas notas são impressas. Afinal, com a maior circulação de notas, a moeda sofre desvalorização. Assim, os produtos e serviços passam a custar mais e o poder de compra dos consumidores diminui.

Entretanto, a diretora de Administração do Banco Central afirmou que isso não irá acontecer. Ou seja, não terá aumento na inflação por conta da nova nota. Ela garantiu que não está faltando dinheiro em circulação. E que a emissão da nota de 200 reais é apenas uma medida preventiva, antecipando uma demanda futura.

Assim, não terá aumento na inflação a curto prazo por conta do lobo-guará circulando por aí. Pode ficar tranquilo!

Características da nota de 200 reais

Características da nota de 200 reais
Características da nota de 200 reais

Primeiramente, precisamos destacar o lobo-guará impresso na nova nota. A decisão por esse animal foi realizada ainda em 2001. Isso porque foi realizada uma pesquisa com a população brasileira questionando que animal da fauna brasileira gostariam de ver nas cédulas em papel.

Em primeiro lugar, ficou a tartaruga marinha (que virou a cara da nota de R$2 reais). Em segundo lugar, veio o mico leão dourado (que passou a ser utilizado na nota de R$20 reais). E, em terceiro lugar, ganhou o lobo-guará. E esse foi o motivo da escolha.

Mesmo com os memes pedindo para o vira-lata caramelo ser o símbolo da nova nota. Aproveitando essa popularidade, o Banco Central apostou no vira-lata como garoto propaganda da nota.

Outra característica interessante é o tamanho da nota. Ela é menor do que a de cem reais. E isso ocorreu porque era necessário geral 105 bilhões de reais em 5 meses.

Por conta disso, o parque fabril da Casa da Moeda não conseguiria fazer uma nota maior com o prazo tão apertado. Afinal, não era possível parar de produzir a nota de cem reais para comportar a demanda da de duzentos.

Assim, a solução foi aproveitar o parque fabril da nota de vinte reais. Ademais, era importante garantir a segurança da mesma. A nota de R$20 reais tem um número no canto superior direito que muda de cor, permitindo reconhecer uma nota falsa. E essa peculiaridade foi aproveitada no lobo-guará de papel.

Anúncios

Como ganhar mais notas de 200 reais

A resposta é simples: aposte em renda extra. Primeiramente, você pode pensar na economia colaborativa. É uma alternativa mais prática para conseguir ganhar mais dinheiro.

Se você tem um sofá-cama na sua sala de estar, já pode tornar-se um anfitrião do AirBnb, por exemplo. As diárias começam em R$36,00 reais. Assim, se você conseguir manter seu espaço alocado por 15 dias, já são R$540,00 reais extrar no seu orçamento!

Outra maneira de ganhar dinheiro extra é trabalhando com o transporte de pessoas, documentos ou entregas, como delivery de comida. Ademais, se você não gosta de dirigir pode alugar seu carro para terceiros. A diária no app Fleety, por exemplo, gira em torno de R$27 reais. Assim, se você conseguir alugar 6 horas por final de semana, serão R$648,00 reais a mais na sua renda.

Além de criar brechós online, em plataformas como Enjoei ou até mesmo no OLX ou Mercado Livre, você pode optar por alugar itens. Existem pessoas que alugam trajes ou bolsas, e até mesmo XboX, pranchas de surf e bicicletas.

Outra ótima opção é ser um pet sitter ou dog walker. Uusários de plataformas como a DogHero podem chegar a ganhar até R$600,00 reais hospedando um pet por apenas 10 dias, por exemplo.

Além disso, você também pode trabalhar como freelancer, fazendo trabalhar de ilustração, gestão de mídias sociais, consultorias, design gráfico, tradução, produção e edição de textos, dentre diversas outras demandas existentes em plataformas como a Upwork ou Workana.

Nessas plataformas você estipula o seu valor, e os projetos costumam ser cobrados por hora. Assim, se a sua hora for em torno de R$50 reais, por exemplo, se você conseguir trabalhar 8 horas por final de semana, conseguirá em torno de R$1600,00 reais. É uma quantidade razoável de lobos-guará, não é mesmo?

Dica bônus: Seja uma assistente virtual

Uma profissão em alta em 2020 é a de assistente virtual. Basicamente, essa pessoa é responsável por auxiliar empreendedores em atividades administrativas, na gestão de mídias sociais, suporte ao cliente e qualquer outra demanda que possa ser delegada à distância.

Para trabalhar como assistente virtual, mesmo que nas horas vagas, tudo que você precisa fazer é se cadastrar em plataformas para freelancer e atualizar seu currículo.

Em geral, a hora de uma assistente virtual costuma ser R$40 reais. Assim, se você conseguir trabalhar em torno de 10 horas por final de semana, por exemplo, são os mesmos R$1.600,00 reais que mencionamos no sub-tópico acima.

O que fazer com a nota de 200 reais

O que fazer com a nota de 200 reais
O que fazer com a nota de 200 reais

Primeiramente, gostaríamos de ressaltar mais alguns pontos em relação à segurança.

A nota também conta com uma marca-d’água que aparece quando você a coloca contra a luz. Ao fazer isso, aparece o número 200, o lobo-guará e um quebra-cabeça.

Ademais, existem alguns elementos da nota que estão em alto relevo. O primeiro são os três traços no canto inferior direito. As flores e frutos do cerrado, como a lobeira, no canto esquerdo, e o próprio corpo do animal estão em alto relevo.

As escritas “República Federativa do Brasil” e “Banco Central do Brasil” também estão em alto relevo. E, por fim, ao olhar a cédula de forma horizontal, você consegue ver o número 200 escondido (ele está no arbusto!).

Mas, o que fazer com as suas notas de duzentos reais? Ter dinheiro na mão é vendaval e esse ditado popular nunca foi tão certeiro. Por isso, elencamos algumas dicas a seguir. Acompanhe!

Economizar dinheiro

Economizar dinheiro é um dos hábitos saudáveis que mais falamos aqui no Senhor Finanças. Afinal, ao economizar, você consegue otimizar seus recursos financeiros e até mesmo, conseguir construir um patrimônio.

Para começar a economizar, você precisa de uma fotografia da sua vida financeira. Por isso, faça uma lista dos seus gastos mensais. Separe os gastos fixos dos gastos variáveis. Ademais, também faça uma categorização, como: moradia, alimentação, transporte, educação, serviços essenciais, etc.

Assim, você consegue entender o que é necessário para sua sobrevivência. Além de perceber quais gastos podem ser reduzidos ou eliminados do seu orçamento familiar.

Ademais, ao realizar essa análise, você também consegue descobrir os seus gargalos financeiros. Ou seja, gastos que estão consumindo boa parte de sua renda, mas não supérfluos. Assim, é importante destacar os gastos invisíveis.

Às vezes, comprar uma água todo dia pode parecer algo inofensivo, mas que ao final do mês pode ter um algo custo. Então, por que não trazer uma garrafinha de casa? Isso também é uma prática do consumo consciente, colaborando para o meio-ambiente.

Além de reduzir contas de água, luz e telefone, você deve focar nos gastos variáveis como transporte, alimentação fora de casa e lazer. Inicialmente, pode ser que você precise reduzir seus jantares fora de casa e idas ao cinema, por exemplo.

Isso porque você irá estipular metas financeiras de economia. Pode ser 1% do seu salário, apenas para adotar o hábito de economizar dinheiro. Contudo, o ideal é economizar, pelo menos, 15% do seu salário e destiná-lo para investimentos. Esses investimentos, por sua vez, serão destinados para sua aposentadoria, reserva financeira, construção de patrimônio, etc.

Ademais, você precisa investir na sua educação financeira. Opte por canais como nosso portal, com conteúdo gratuito para você.

Começar a investir

Primeiramente, precisamos destacar que você deve mudar sua mentalidade em relação ao dinheiro: ele deve trabalhar para você e não ao contrário. Assim, entenda o seu perfil, quais os seus objetivos de curto, médio e longo prazo, além do seu nível de aversão ao risco.

Analise os bancos digitais e as corretoras que são grandes no mercado e populares por seu atendimento humanizado e que oferece boa rentabilidade para seus cientes.

Ademais, saiba que por conta do valor da Taxa Selic hoje estar em torno de 2%, investimentos como Tesouro Direto e Renda fixa não trarão tanta rentabilidade quanto os ativos de renda variável.

Entretanto, especialistas em investimentos recomendam que investidores iniciantes. Além disso, nada de dar desculpas de que você não tem um montante suficiente para investir!

Isso porque com um valor bem baixo. Assim, com apenas R$36,44 você pode investir em 5 títulos diferentes do Tesouro Prefixado 2023. Além disso, você pode optar pelo Tesouro Selic 2025, com um investimento inicial de R$106,78. Lembre-se de analisar a rentabilidade e escolher o que melhor se adequa aos seus objetivos.

Vale a pena investir em Renda Fixa em 2021?

A renda fixa entra em 2021 como uma opção mais segura para aplicar seu dinheiro. Mas, será que ela ainda vale a pena? É o que vamos te mostrar, veja!

Construir uma reserva financeira

Para determinar o valor de sua reserva financeira é preciso saber exatamente o valor da sua renda mensal. Ou seja, quanto você precisa para manter suas contas equilibradas.

Assim, se você precisa de R$2.000 reais por mês, significa que sua reserva financeira deve ser de R$24.000,00 reais. Afinal, é preciso economizar o equivalente da sua renda em 12 meses.

Esse fundo de emergência você poderá usar em situações inesperadas ou de urgência. Se você perder o emprego, passar por um desastre natural, necessitar de um reparo na casa ou no carro ou ter um problema de saúde, a reserva financeira estará lá para te ajudar.

Isso é bem melhor do que precisar contrair dívidas, não é mesmo? Muitas pessoas que passam por esse tipo de situação acabam se vendo vítimas do crédito rotativo, do cheque especial e vários outros tipos de empréstimos. É bem melhor ter uma reserva para uma situação financeira difícil, não é mesmo?

Então, se você ainda não começou a construir a sua reserva de emergência, utilize suas notas de duzentos reais para começar! Lembre-se de que essa reserva precisa ter a possibilidade de resgate imediato. Por isso, aposte no Tesouro Selic ou em um CDB que tenha uma rentabilidade em torno de 100% do CDI, com liquidez imediata.

Ademais, é importante ressaltar que esse fundo de emergência não é um investimento que irá gerar grande rentabilidade. A sua função é outra: garantir sua sobrevivência em um momento difícil. Mas, é claro, que se você conseguir uma boa rentabilidade com liquidez imediata, ainda melhor!

Como criar hábitos financeiros saudáveis?

Primeiramente, você precisa saber que foco, disciplina e constância são fundamentais para economizar e investir dinheiro.

Nada se conquista do dia para noite. Mas, se você entender que poupar dinheiro é mais fácil do que ganhar dinheiro, não verá redução e corte de despesas como um sacrifício, mas um benefício para sua vida financeira.

Ao dar ressignificar a maneira como você lida com o dinheiro, você ficará mais perto da sua independência financeira.

Assim, depois que você construir sua reserva financeira, poderá pensar na mesma. A independência financeira é quando você não depende mais da sua renda mensal para pagar suas despesas.

Pode parecer uma realidade distante, mas com planejamento e parando de comprar por impulso, é possível ganhar mais do que você gasta e sair das dívidas de uma vez por todas.

Mais de 65 milhões de brasileiros tem o nome sujo. Entretanto, essa situação é desagradável e limita o seu crédito no mercado. Por isso, ter como um dos seus objetivos sair do vermelho é um ótimo passo para motivar-se a ter hábitos financeiros saudáveis.

Para aprender mais a fundo como construir uma reserva financeira clique no botão abaixo e confira um post sobre o assunto na íntegra.

Como construir uma reserva financeira?

Descubra agora como construir sua reserva financeira, e alcançar sua liberdade. Comenta no final o que achou?

Em Alta

content

O melhor cartão para você é o Santander SX

O cartão de crédito Santander SX é ideal para quem recebe até um salário mínimo e você consegue zerar a anuidade facilmente, saiba mais.

Continue lendo
content

Cartão de crédito Azul Itaucard Gold Mastercard: como funciona

Você sabia que a Azul e o Itaú lançaram um cartão para quem viaja? Então, conheça o cartão Azul Itaucard Gold Mastercard e suas vantagens.

Continue lendo
content

Os melhores sites para procurar emprego em 2021

Descubra quais são os melhores sites para procurar emprego em 2021 e comece seu ano com as contas equilibradas e uma renda estável.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Como solicitar cartão Itaucard Click Visa Platinum

O cartão Itaucard Click Visa Platinum é uma opção sem anuidade, com vantagens e benefícios exclusivos. Quer solicitar o seu? Então, veja como aqui.

Continue lendo
content

Conheça o cartão de crédito Hoje

Conheça aqui o cartão de crédito Hoje e os seus principais benefícios, como cartão virtual, bandeira Visa, cobertura internacional e mais.

Continue lendo