Dicas

Score de Crédito: Descubra 15 Dicas para Conseguir uma Boa Pontuação

Quer aumentar seu score de crédito, mas não sabe nem por onde começar? Então, não perca estas dicas que te auxiliarão nesta caminhada rumo a boa pontuação.

Anúncios

Em primeiro lugar é importante que você entenda o que é Score de Crédito, para depois saber o que fazer para melhorar ele.

Podemos dizer que score de crédito é uma métrica criada pelo Serasa que diz qual é a probabilidade de você pagar ou não uma conta. Ele foi idealizado para agilizar a análise de crédito por parte dos bancos e outras instituições.

Junte dinheiro em seu orçamento diário

Esta métrica vai de 0 a 1000 e descreve através de uma pontuação, o quão bom pagador você de fato é. Este número será utilizado pelas instituições financeiras para decidir se é seguro lhe conceder crédito.

A pontuação é utilizada para que você tenha acesso aos produtos de crédito como: financiamento imobiliário, cartão de crédito ou parcelamentos em geral. Por isso, é importante que você tenha um bom score de crédito.

Anúncios

15 Dicas para Melhorar seu Score de Crédito e ter uma Boa Pontuação

Agora que você já descobriu o que é Score de Crédito, confira as 15 dicas que te ajudarão a ter uma boa pontuação. Não perca estas indicações que te ensinarão como construir um bom score, para através dele concretizar seus objetivos.

15. Idade do Histórico de Crédito

Muitas vezes não basta ter um bom histórico de crédito para conseguir um financiamento. Talvez o banco entenda ser necessário ver seus hábitos financeiros ao longo do tempo, para então te fornecer o crédito solicitado.

Quanto antes você começar a construir seu histórico, mais confiável ele fica e maior facilidade em obter crédito você terá.

Anúncios

14. Tenha Organização Financeira

Não subestime a capacidade analítica do sistema de crédito, se você for organizado financeiramente, isto transparecerá nas suas atitudes com relação ao seu dinheiro. Então, antes de pensar em um financiamento ou crédito para comprar algo, considere primeiro organizar suas obrigações atuais.

Por exemplo, se você tiver as suas contas organizadas dificilmente terá problemas, como:

  • Esquecer de pagar em dia, ou
  • Pensar que pode adquirir algo e acabar não tendo capacidade econômica para fazer frente aos custos.

Organizar suas finanças de forma metódica, vai impedir que você cometa erros com seu dinheiro.

13. Não utilize todo o limite do seu cartão de crédito

Normalmente, o banco te dá um limite que tenha a ver com seu salário mensal. Entretanto, se você gasta todo o seu limite, mais o limite emergencial, isto constará no seu histórico e poderá causar uma má impressão.

É claro que não é por que você utiliza todo o seu limite de crédito que está necessariamente endividado. Mas, se você assumir uma conta grande e ainda assim gastar 80% do seu salário no cartão, o risco de endividamento cresce, e pode pesar na análise de crédito.

12. Faça um orçamento

Talvez você ache chato fazer um orçamento no Excel, e é possível que você deteste contas em planilha, ou nem tanto. Entretanto, não esqueça que é importante que você orce suas contas para evitar o descontrole financeiro.

Um orçamento não precisa ser feito necessariamente no Excel, você pode fazer o seu em um caderno, onde você anote:

  • As entradas – Salários, aluguéis ou “bicos”.
  • Previsão de despensas – Gastos fixos e a estimativa de gastos variáveis.
  • Gastos efetivos – O que de fato se cumpriu no seu orçamento previsto.
  • Fundo de emergência – Não esqueça de destinar parte do valor que você ganhar em um fundo de emergência.

11. Não comprometa mais que 20% do seu orçamento com dívidas

É possível que esta regra soe difícil para você agora, entretanto, trabalhe para alcançá-la. Pois, com poucas dívidas no seu CPF você pode ter acesso a um financiamento maior.

Além disto, você também precisa atentar para a sua saúde financeira e liquidez, para isto busque ter maior controle e menos despesas fixas com dívidas.

Se possível prefira poupar e comprar à vista, se buscar crédito, deixe para quando tiver realmente necessidade.

10. Esta com o nome sujo? Limpe o mais rápido possível.

Quanto mais tempo você demorar para tirar seu nome do SPC e Serasa, mais isto influenciará negativamente seu score de crédito, então busque regularizar sua situação o mais rápido possível.

Manter o seu nome limpo nos órgãos de proteção ao crédito é, na verdade, o primeiro passo para conquistar um bom score de crédito. Portanto, busque negociar suas dívidas e faça isto quanto antes.

Tenha em mente que após limpar o seu nome será necessário um processo de reconstrução de score.

9. Tenha uma conta bancária e faça movimentações

Ter uma conta bancária e movimenta-la pode ser muito importante para que as instituições de crédito conheçam seus hábitos bancários. É, portanto, interessante que você receba seu salário através de conta bancária e também realize pagamentos no internet banking.

Estas medidas permitirão às instituições bancárias entender seus hábitos financeiros e avaliar sua capacidade de pagamento.

A movimentação em bancos também é uma ótima opção para buscar um histórico confiável e prático para a instituição financeira avaliar se te dá ou não o crédito; principalmente se a movimentação for no banco que você pretende buscar o crédito.

10 opções de cartão de crédito com score baixo

8. Não pegue emprestado o que não precisa

Avalie se você realmente precisa comprar a crédito determinado objeto. Procure saber se você tem capacidade de economizar o valor e comprar à vista.

Quando quiser comprar alguma coisa que você deseja, preste atenção se é realmente uma necessidade, pondere se vale a pena comprometer seu orçamento por este determinado item.

Às vezes, pode acontecer de você acabar fazendo várias parcelas pequenas que parecem inofensívas. E, quando você se dá por conta, somando todas elas, ter uma dívida mensal pesada.

Daí a importância de manter as suas contas organizadas. Pois, assim você não terá problemas com endividamento e conseguirá dispor de crédito quando for preciso.

7. Tenha contas no seu nome

Comece colocando algumas contas seu nome, como: telefone, gás, água, luz ou internet. São contas comuns, que todos em algum momento precisam quitar, se elas estiverem no seu nome (com CPF e RG) constarão no seu histórico de crédito e poderão facilitar a sua tomada de financiamento.

Esta também é uma tática importante para criar um histórico de crédito funcional e útil para que você tenha um bom score de crédito. Já que se você possui contas em seu nome, e tem bons hábitos financeiros, é plenamente possível que você continue desta forma, pagando o crédito recebido.

6. Pague as contas em dia, evite atrasos.

Este é um dos itens avaliados no seu score de crédito, por isso preste muita atenção nele. Dê preferência nunca atrase um dia suas contas, mas caso aconteça, jamais deixe virar o mês. Assim que o mês virar você poderá ser considerado inadimplente e isto prejudicará se score de crédito.

Você poderá ter problemas se corriqueiramente atrasar suas contas. Pois, com certeza na hora de obter crédito, este pode ser o motivo de juros mais altos. A instituição financeira pode usar esta métrica e acabar avaliando como um cliente difícil de cobrar.

5. Consulte e monitore seu CPF

Este é um ponto muito importante, pois você deve ter os olhos bem abertos no seu CPF. É necessário que você fique atento às empresas onde você faz compras à vista, não solicita crédito, e que mesmo assim consultam seu CPF. Isto pode ser ruim para seu Score.

Pois, as instituições de proteção ao crédito podem entender que você está fazendo muitas solicitações em um curto período, e por isso está perto de se endividar. As consultas que você faz do seu CPF no Serasa não influenciam negativamente seu score, diferente das consultas feitas por empresas, se em excesso.

4. Não solicite crédito muitas vezes em um curto período

Se você solicitar crédito mais de 10 vezes em um único mês, isto ligará uma luz vermelha piscante nos órgãos de proteção ao crédito. Eles entenderão que você está se endividando muito, e está com as grandes chances de não pagar suas contas.

Neste caso, seu score de crédito pode passar rapidamente de excelente à médio ou baixo.

Isto não é tão difícil de entender, imagine que você resolve fazer 5 novas dívidas, todas no valor de R$ 2000,00 reais. Certamente, também aumentará a probabilidade de que você termine endividado; é justamente isto que a instituição financeira concluirá.

3. Cuidado com o excesso de cartões de crédito

Ter muitos cartões de crédito pode ser um sinal que você está gastando mais do que ganha, e portanto, acabar baixando seu score de crédito. Veja só: imagine que você tem um salário X e você faz 4 novos cartões de crédito, todos eles com limite de 80% de X.

Neste caso, você terá a disposição um valor, em limite de cartões, 3,5 vezes além da sua renda; isto com certeza aumentará a possibilidade de não haver pagamento, ou de que você quite as contas fora da data prevista.

2. Atualize seus dados cadastrais no Serasa

Este é um ponto muito importante para aumentar o score de crédito. Já que ele tem um grande peso para o Serasa, você deve dar uma atenção especial para este item. Nesta atualização de dados vão constar informações como: endereço, rendimentos, telefone e e-mail.

É importante dizer que esta atualização não pode ser feita pela internet. É necessário imprimir um formulário com código de barras, anexar comprovantes e reconhecer firma. Veja a no site do Serasa como proceder.

1. Cuide do seu cadastro positivo

O seu cadastro positivo conterá todo o histórico de crédito e compras feitas anteriormente. As contas pagas em dia ou atrasadas também irão contar para construir seu cadastro positivo de forma eficaz, para facilitar a análise de crédito, e assim, poder garantir a liberação que você tanto espera.

O seu cadastro positivo funciona como um currículo onde constam várias informações financeiras, de como você se relaciona com o seu crédito. Atualmente ele é automático, e a partir de 9 de julho 2020, todas as transações envolvendo crédito já estão sendo monitoradas.

10 opções de cartão de crédito com score baixo para você

#Bônus – Como Saber meu Score de Crédito?

Saiba que é possível fazer a consulta score de crédito grátis pelo site do Serasa, e é inclusive muito fácil de realizar este processo. Veja só:

Conclusão

Enfim, hoje você viu o que é score de crédito e também 15 ótimas dicas para aumentar sua pontuação. Por fim, você viu a resposta para a sua pergunta: “como saber meu score de crédito?”. Além de aprender um processo para realizar a consulta score de crédito grátis.

Gostou das dicas e informações do artigo? Comente conosco sua opinião e compartilhe com seus amigos, para que eles também aprendam com aumentar o score de crédito.

Em Alta

content

Cartões de crédito Itaú: quais são os tipos?

Conheça aqui os melhores cartões de crédito Itaú e tenha para si um cartão internacional Visa ou Mastercard com suporte de um grande banco.

Continue lendo
content

Como economizar dinheiro usando o cashback?

É possível economizar dinheiro usando cashback e você pode usar o dinheiro de volta para gastar como quiser, saiba mais sobre isso aqui.

Continue lendo
content

Como transformar o cartão de crédito num aliado?

O seu cartão de crédito não precisa ser o vilão do orçamento doméstico. Para transformá-lo num aliado, veja as dicas que preparamos.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Curso Gratuito de Programação: Onde e Como Fazer

Quer se profissionalizar? Listamos aqui a lista de curso gratuito de programação e as formas de como e onde fazer. Clique e descubra.

Continue lendo
content

Como ganhar dinheiro com pouco investimento

Já imaginou se você encontrasse formas de ganhar dinheiro com pouco investimento? Isso é completamente possível. Confira nossas dicas aqui.

Continue lendo
content

Beneficiários ou ex-beneficiários do BCP tem direito ao Auxílio Inclusão

Se você é ou já foi beneficiário do BCP nos últimos 5 anos, pode ser que tenha direito ao Auxílio Inclusão do INSS. Confira!

Continue lendo