Educação financeira

Quitar Dívidas: Guia definitivo 2021 para ficar no azul

Quitar dívidas nem sempre é fácil, porém, não é impossível. Para saber como pagar seus débitos e negociar com o credor, confira nossas dicas!

Anúncios

Quitar as dívidas não é impossível e podemos provar!

Mude seus hábitos e quite as dívidas. Fonte: Pexels
Mude seus hábitos e quite as dívidas. Fonte: Pexels

Você sabia que 7 a cada 10 brasileiros colocam em risco o orçamento mensal para tentar pagar as contas que estão em aberto? Pois é isso mesmo, para conseguir quitar as dívidas de um mês, muita gente acaba “transferindo” o problema para o mês seguinte.

No entanto, no longo prazo esse comportamento pode gerar uma bola de neve em que as dívidas se acumulam. Por isso, é muito importante ter um bom planejamento financeiro, saber exatamente quanto entra e sai de dinheiro todos os meses e, assim, pagar tudo em dia e, ainda, economizar um pouco.

Além disso, se você já tem dívidas, saiba que quitá-las não é impossível. Mas, exige disciplina, sacrifício, comprometimento e, claro, mudança de comportamento.

Assim sendo, se esse é um dos seus objetivos para esse ano, confira em seguida algumas dicas de como se livrar, de uma vez por todas, dos credores que vivem te ligando!

Guia de como sair das dívidas

Se você está precisando organizar a sua vida financeira, não perca tempo! Baixe o nosso e-book e confira as nossas dicas para sair das dívidas agora mesmo!

Anúncios

O que é quitar dívida?

De acordo com o Dicionário Online de Português, quitar significa pagar ou ainda, cessar uma dívida.

Assim sendo, quando você quita uma dívida significa que está amortizando parte ou todo o saldo devedor junto ao seu credor.

Quando se está endividado, a quitação de dívidas começa com a consolidação delas. Ou seja, seu primeiro passo é juntar todas as contas atrasadas, considerar os juros e ter um panorama do seu real estado de endividamento.

Além disso, para garantir que você consiga pagar suas dívidas, precisa montar um bom planejamento. Ademais, nunca comprometa mais do que 30% do seu salário com contas, como financiamentos e empréstimos pessoais.

Se quer entender melhor outros conceitos do planejamento financeiro, nossa sugestão é que confira o conteúdo que a equipe do Senhor finanças preparou para explicar a diferença entre poupar, economizar e investir. Saiba mais a seguir:

Diferença entre poupar, economizar e investir

Poupar, economizar e investir são palavras com significados parecidos, mas com pequenas diferenças entre si. Saiba todas elas agora.

Quais os principais motivos para o endividamento?

Existem diversas causas para o endividamento. Fonte: Pexels
Existem diversas causas para o endividamento. Fonte: Pexels

Existem vários motivos para o endividamento. Hoje, vamos te mostrar 8 deles para que você conheça e deixe de praticá-los, confira, a seguir.

  1. Má gestão financeira: nada mais é do que a dificuldade para controlar o orçamento familiar, saber quanto entra e sai de dinheiro, por exemplo;
  2. Inexistência de uma reserva de emergência: ter um dinheiro disponível para quando tiver algum problema evita contrair dívidas nesses momentos;
  3. Consumo excessivo: sempre avalie bem o que vai comprar ou não e se pergunte se realmente precisa. Além disso, evite comprar itens somente porque estão na promoção, afinal, às vezes o barato sai caro e você acaba adquirindo algo que não tinha necessidade;
  4. Cheque especial e crédito rotativo: ambos são serviços de crédito fácil e pré-aprovados. No entanto, os juros desses dois produtos podem chegar a 400% por ano e facilmente a dívida pode virar uma bola de neve;
  5. Crediário: sem dúvida, o parcelamento de lojas ajuda a comprar uma geladeira nova, um celular mais moderno, mas esse recurso deve ser usado com moderação para não comprometer o orçamento;
  6. Empréstimos pessoais: cada vez está mais fácil contratar crédito pessoal. Porém, esse recurso deve ser usado somente em caso de emergências ou, então, para quitar dívidas com juros mais elevados (cheque especial e crédito rotativo, por exemplo);
  7. Falta de renda: o orçamento precisa caber dentro da sua renda. Isto é, se sai mais dinheiro do que entra: você precisa diminuir os gastos, fazer renda extra ou os dois ao mesmo tempo; 
  8. Financiamento: apesar de antecipar o sonho da casa própria, nem sempre compensa, pois trata-se de uma dívida longa que demanda estabilidade e comprometimento.

Anúncios

Como quitar dívidas com bancos?

Caso as suas dívidas sejam com um banco, como é o caso de financiamentos e empréstimos, você pode quitá-las ao negociar com a instituição.

Se as prestações estão muito elevadas e os juros cobrados são altos, você pode sentar com o seu gerente e consultar outras opções de juros.

Além disso, se considerar que o banco não está atendendo a sua demanda, existe a possibilidade de pedir a portabilidade do crédito. Ou seja, trocar a dívida de instituição e passar a pagá-la por meio de outra financeira.

Ademais, lembre-se de seguir a recomendação do Banco Central e nunca comprometer mais do que 30% da sua renda.

Como quitar dívida com desconto?

Para que você consiga quitar as suas dívidas com desconto, pode aproveitar algumas dicas como:

  • conferir quando o Serasa faz feirões especiais de negociação. Nesses eventos você pode conseguir até 80% de desconto;
  • ter dinheiro para pagar a dívida à vista. Aqui, vale lembrar que você pode juntar o montante original da dívida e depois negociar com o credor;
  • negociar sempre. Não importa o tamanho ou tipo de dívida, sempre negocie para conseguir mais benefícios.

Como quitar dívidas altas?

Em suma, se as suas dívidas estão muito altas e você já não dá mais conta de pagar os juros precisa, primeiro, mudar seus hábitos.

Nesse sentido, um planejamento financeiro ajuda a equilibrar as contas. Além disso, ao planejar os gastos você pode se organizar para começar a quitar as dívidas.

Ao escolher as dívidas que pagará primeiro, sempre escolha as que possuem as maiores taxas de juros.

Ademais, lembre-se de que não é impossível pagar todos os débitos, por maiores que sejam. No entanto, você precisa se comprometer com o planejamento e seguí-lo à risca para que funcione.

Atenção: como não criar dívidas novas

Viva mais tranquila sem se preocupar com dívidas. Fonte: Pexels
Viva mais tranquila sem se preocupar com dívidas. Fonte: Pexels

É bastante comum ouvirmos expressões como “O dinheiro entra a conta-gotas e sai de balde”. Porém, você não precisa seguir esse ditado só porque a maioria das pessoas acredita nisso.

Você pode virar essa chave, principalmente para não criar novas dívidas assim que quitar as suas. Nesse sentido, precisa mudar a forma como enxerga o dinheiro pois:

  • não é algo que apenas ricos possuem;
  • não tem nenhum problema cuidar e controlar os gastos, aliás, isso é muito mais saudável;
  • quanto melhor você se organizar agora, mais tranquilo será o seu futuro.

Assim sendo, para não cair na cilada das dívidas, mantenha-se firme no planejamento financeiro, tenha metas de acordo com seus ganhos e gastos e tenha uma reserva de emergência. Afinal, nunca se sabe quando vai precisar de dinheiro.

Mas, acima de tudo, invista em sua educação financeira e aprenda tudo que pode para sempre estar em dia com as contas. 

Para isso, estamos aqui para te ajudar e elaboramos um guia super completo para você baixar e ler com calma. Desse modo, antes de ir, confira o e-book exclusivo em que te ensinamos como sair das dívidas ainda em 2021!

Guia de como sair das dívidas

Se você está precisando organizar a sua vida financeira, não perca tempo! Baixe o nosso e-book e confira as nossas dicas para sair das dívidas agora mesmo!

Sobre o autor

Fernanda Weber

Produtora de conteúdos digitais e redatora web com formação na área de Letras. Atua com produção de conteúdos sobre educação financeira e deseja levar seus conhecimentos práticos para mais pessoas e assim ajudá-las a lidar melhor com seu dinheiro.

Em Alta

content

Como solicitar empréstimo pessoal online Credisfera

Descubra o passo a passo para solicitar o empréstimo pessoal online Credisfera e quais são as vantagens desse crédito para sua vida financeira.

Continue lendo
content

Como investir o auxílio emergencial 2021

Você pode escolher investir o auxílio emergencial 2021! Seja criando uma reserva, comprando ações ou até ativos de renda fixa. Confira mais!

Continue lendo
content

Como fazer o CPF Digital ou e-CPF

Ter um CPF é muito importante para sua vida, pois ele é essencial para ter acesso a serviços públicos. Aprenda como fazer o CPF digital.

Continue lendo

Dicas

Como economizar com decoração da casa? Saiba agora 20 dicas que irão transformar o seu lar

Quer saber como economizar com decoração da casa? Se sim, então leia esse texto e descubra algumas dicas incríveis que irão lhe ajudar!

Há dias em que queremos inovar algumas coisas no espaço onde moramos, não é mesmo?! Mudar os móveis de lugar, comprar umas flores para decorar ou uns quadros, pintar uma parede para dar mais luminosidade… Enfim, tudo é válido na hora de dar aquele upgrade no nosso lar. Mas se a grana estiver curta, então como economizar com decoração da casa?!

O nosso lar é a extensão de quem somos e, por isso, mudá-lo de tempos em tempos seja tão importante, já que ele precisa estar conversando com a nossa identidade. No entanto, há quem fique somente na ideia de inovar por conta da questão financeira. Se você é uma dessas pessoas, nós temos uma boa notícia: é possível sim transformar o seu ambiente sem precisar gastar muito. Quer saber como?! Então leia o nosso texto e descubra agora mesmo!

20 dicas para economizar com decoração da casa

20 – Utilize aquilo que você já tem

Muitas vezes, deixamos de usar algumas peças que já possuímos, mas que têm muito potencial decorativo, e as encostamos em um canto do armário. Isso sem falar nas vezes que as jogamos fora, sem perceber o seu real valor. Quer um exemplo? Então observe a foto abaixo e veja como uma panela antiga pode virar um lindo vaso para um arranjo de flores. O importante é mudar a sua visão e percepção em relação àquilo que você já tem. Com certeza, conseguirá transformar algumas coisas em itens de decoração da casa.

19 – Use e abuse das flores

E já que falamos das flores, use e abuse delas! Além de terem um valor em conta, principalmente se compradas diretamente do floricultor, as flores têm um potencial gigantesco de alegrar e transformar quaisquer casas que sejam. Uma dica importante na hora da compra é sempre optar por comprar flores já em vasos e escolher aquelas que são perenes, ou seja, que duram ao longo do ano.

18 – Coloque as verdinhas pra dentro de casa

Além das flores, outro item bastante econômico e que dará um upgrade na decoração da casa são as plantas no geral, principalmente as folhagens. As dicas aqui seguem as mesmas para as flores: compre sempre plantas inteiras, com as suas raízes, e as perenes, por serem difíceis de morrerem. Outro detalhe que fará a diferença é optar por plantas de ambiente interno, ou seja, que não precisam da luz solar incidindo diretamente, como é o caso das samambaias.

17 – Faça do pallett o seu melhor amigo

Assim como os itens encostados na sua casa ou as flores, outro grande aliado na hora de fazer uma decoração econômica são os pallets. Para quem não sabe, eles nada mais são do que um estrado de madeira utilizado para movimentação de cargas.

Hoje em dia, é possível comprar pallet pela internet, tamanha a sua procura por ser um item versátil, podendo, inclusive, ser usado na composição da mobília. Contudo, se você quer economizar na decoração da casa, tente encontrar o material nas feiras. Normalmente, eles são vendidos por um preço bem mais razoável do que pela internet ou até doados, a depender do humor do feirante.

16 – Vá a antiquários ou brechós 

A dica parece até óbvia, mas não poderia deixar de estar aqui na nossa lista de economias na decoração da casa: vá a antiquários ou brechós. Nesses lugares, você encontrará móveis já usados com um preço bem inferior se comprados novos. Além disso, ainda fará um bem danado ao meio-ambiente, já que estará dando vida útil a uma peça que poderia muito bem ser considerada como lixo no futuro.

15 – E também aos outlets

Se você não é muito adepto a comprar itens usados, está tudo bem! Outro lugar que encontrará bons preços são os outlets, ou seja, as lojas de ponta de estoque. É bem provável que você encontrará peças muito boas por lá ou com mínimos defeitos que mal podem ser vistos a olho nu.

14 – Pinte uma parede

Outra boa dica a quem quer economizar com decoração da casa é simplesmente pintar uma parede. Escolha uma cor alegre, como o azul ou amarelo, ou uma textura. Existem também as opções da moda, a exemplo do cimento queimado e da parede negra. Essa, aliás, é super bacana, pois você pode fazer desenhos com giz de tempos em tempos, sempre dando uma cara nova ao ambiente.

13 – Aposte na iluminação

Assim como as paredes, outro detalhe que faz a diferença no visual do ambiente é a iluminação. Obviamente, não estamos falando em trocar toda a estrutura de luz da sua casa porque isso poderia envolver reformas e gastos extras, não saindo nada barato para você. No entanto, ideias simples como trocar a luminária podem fazer toda a diferença!

12 – Invista em móveis com múltipla função

Uma dica importante para quem está com o orçamento limitado e quer decorar a casa é sempre optar por móveis multifunções. Como assim?! Camas que tenham baú ou até mesmo bancos com essa estrutura, a exemplo do canto alemão da foto abaixo, podem lhe fazer economizar e muito. Isso porque você deixa de comprar outros móveis, como armários, para guardar suas coisas pessoais. Ou seja, uma mão lava a outra!

11 – Foque nos quadros

Se você procurar pela internet, verá que há sempre quadros sendo vendidos por aí. E o melhor: a preços muito em conta! Não precisa ser necessariamente uma obra de arte, mas um quadro, mesmo o mais simples, já dá um up na sua parede ou, por que não?!, estante. Além disso, quadros conversam com as pessoas e os visitantes da casa. Então, aproveite essa oportunidade para trazer mais informações de si, promovendo a sua marca pessoal na parede.

10 – Adquira novas almofadas

Almofadas, assim como os quadros, também são bem simples de serem encontradas a preços em conta. Por isso mesmo, optar por essa estratégia pode ser uma ótima forma para economizar com a decoração da casa. Mas atenção! Não se limite a usar as almofadas apenas no sofá. Faça como a foto abaixo, que colocou as colocou na cama, trazendo personalidade a ela, e seja ousado!

09 – Inove com as prateleiras

Que armários podem sair bem além do orçamento, principalmente se forem planejados, isso ninguém pode negar. No entanto, o que fazer nesse caso?! Apostar nas prateleiras, óbvio! Elas são uma ótima alternativa a quem não quer gastar fortunas com os armários. Além disso, organizando os itens de maneira ordenada, é possível que fique ainda mais bonito do que deixar tudo fechado.

08 – Traga lembranças de sua viagem

Decorar a nossa casa é, querendo ou não, contar a nossa história, não é mesmo?! Então, por que não trazer algumas lembrancinhas de suas viagens para montar o visual do seu lar?! Normalmente, esses itens custam pouco, a exemplo dos ímãs, e têm um potencial decorativo enorme. Além disso, cada peça trará com ela sempre uma lembrança. Melhor forma de decorar a casa, não é mesmo?!

07 – Tenha uma grama sintética

Nós já demos as dicas das flores e plantas no geral, mas você ainda quer mais verde na sua casa?! Se sim, então aposte na ideia da grama sintética. Desde o quintal até a varanda, ela pode ser usada em qualquer ambiente. E quando falamos em qualquer ambiente, é qualquer mesmo! Seja no quarto, na sala ou no banheiro, você é livre para colocá-la onde quiser! Não tenha medo e inove!

06 – Adquira produtos de boa qualidade

Há horas que o barato sai caro, não é?! Em casa, essa lógica também é válida – e muito! Infelizmente, para decorar a casa, às vezes é preciso gastar um pouco mais em itens que realmente valem a pena.

Embora isso pareça ir totalmente na contramão do que estamos falando, ela é, na verdade, uma das melhores dicas que poderíamos lhe dar. Isso porque não adianta nada economizar com móveis de baixa qualidade que não durarão nem um ano. Então, nesse momento, é preciso saber onde investir dinheiro. Como dica, opte sempre por aqueles móveis que se desgastam mais rápido, como sofás e poltronas.

05 – Invista no minimalismo

Sejamos sinceros: a melhor forma de economizar com decoração da casa é não gastando. Simples assim! Mas calma se você achou esse conselho tosco. Ele pode até parecer isso em um primeiro momento, mas existe um conceito que vai totalmente na direção do que estamos falando, o minimalismo. Para quem não sabe, ele diz respeito à arte de ter menos coisas e aproveitar a liberdade que isso te proporciona. Ou seja, é o famoso e velho “desapegue e viva o momento”.

Pois bem, então a pergunta que fica é: mas o que isso tem a ver com economizar com decoração da casa?! Tudo! Afinal, estamos falando sobre o ter menos, não estamos?! Mas isso definitivamente não significa em deixar sua casa sem graça, muito pelo contrário. Busque referências de decorações minimalistas na internet e verá que é possível sim deixar seu lar charmoso mesmo sem ter muitas coisas.

04 – Use o conceito do upcycling a seu favor

Outro conceito que está à tona nos dias de hoje é o upcycling, que nada mais é do que o processo de criar algo novo a partir de itens antigos, usando de materiais já existentes para melhorar os originais. Ou seja, é a reutilização de um material que, ao invés de se tornar lixo, ganha uma vida extra ao ser melhorado.

Desse modo, uma ótima maneira para economizar com decoração da casa é usar o conceito do upcycling a seu favor, como é o caso da foto acima. Como pode ver, fizeram um vaso a partir de um rádio velho e destruído. Será que você tem algo parecido em casa?! Use a sua criatividade e descubra!

03 – Planeje a decoração da casa

Demos diversas dicas de como economizar com decoração da casa, mas não poderíamos deixar de listar o processo anterior às vias de fato, que é o planejamento. Isso mesmo que você leu! O planejar é tão importante do que o saber onde e como gastar menos. Isso porque é justamente nessa parte que você irá listar o que de fato precisa, evitando, assim, de fazer quaisquer gastos sem a menor necessidade.

02 – Pesquise antes de comprar

E depois do planejamento, vem o quê?! A pesquisa, é claro! Você já tem em mãos do que irá decorar e, por conseguinte, do que precisa, então é a hora de buscar na internet os melhores preços ou outras dicas além dessas que nós já lhe demos. Enfim, quem quer economizar com decoração da casa, precisa sim investir um pouco do seu tempo para esse projeto.

01 – Faça Você Mesmo (DIY)

Por fim, temos o famoso DIY ou, no português claro, o faça você mesmo. Com certeza, essa é uma das formas mais fáceis para economizar na decoração da casa, pois você usará a sua criatividade a seu favor. Pois é! Se você parar para analisar todas as dicas que demos até aqui, vai perceber que a grande maioria é perfeitamente possível que seja feita por você mesmo.

Então, se o orçamento estiver apertado, você já sabe! Dedique um tempo do seu dia para colocar a mão na massa e fazer você mesmo alguns objetos decorativos ou até pequenos reparos nos ambientes. Vai ver que será muito mais gratificante decorar o seu espaço com as suas próprias mãos, usando de suas habilidades e criatividade. Além disso, tenha certeza de que irá amar muito mais o novo visual da sua casa, além de ter um super orgulho dele!

Você também pode gostar

content

Como solicitar o Cartão Smiles Bradesco Visa Gold

Saiba como adquirir um cartão Smiles Bradesco Visa Gold e comece a planejar seu sonho de viajar o mundo! Descubra os benefícios.

Continue lendo
content

Como solicitar o cartão Uniprime Black

O cartão Uniprime Black oferece um programa de pontos muito interessante. Que tal aprender como solicitá-lo? Leia este post e confira!

Continue lendo
content

Como solicitar o empréstimo BKM

Confira como solicitar o empréstimo para negativado BKM com 3 passos simples e ter um crédito com juros baixos com prazo de 120 meses.

Continue lendo