Dicas

O que vender para ter renda extra?

Está sem ideias de como fazer renda extra? Não se preocupe! Elencamos algumas ideias do que vender para ter uma segunda fonte de renda.

Anúncios

por Fernanda Weber

25/01/2021 | Atualizado em 14/07/2021

Renda extra

Renda extra
Renda extra

Você está precisando de mais dinheiro para conseguir fechar as contas do mês? Pois é, assim como você, muita gente está procurando por dicas de como fazer renda extra e fechar o mês no azul.

E foi pensando nisso que vamos te mostrar 8 ideias do que você pode vender para conseguir a grana de um jeito bem rápido. Fique com a gente e escolha uma maneira de complementar sua renda.

Anúncios

O que vender para ter renda extra?

O que vender para ter renda extra?
O que vender para ter renda extra?

Em suma, a renda extra deveria ser gasta somente em coisas que não fazem parte das contas mensais das famílias.

No entanto, sabemos que a realidade é bem diferente e a maioria das pessoas recorre a ela para conseguir pagar todas as despesas da casa.

Quando estiver escolhendo o que vender, pense que você tem muitas possibilidades. Pode investir tempo vendendo, por exemplo, as coisas que você tem e não usa mais, algum tipo de artesanato que você saiba fazer ou até mesmo o seu tempo.

Nesse sentido, pensamos em uma lista de ideias que você pode colocar em prática para fazer mais dinheiro e conseguir honrar todos os compromissos.

Dicas para fazer renda extra em 2021

Ninguém quer ficar endividado, não é mesmo? Mas, se você não sabe como resolver essa situação, leia nossas dicas para fazer renda extra em 2021.

Ideias de venda e revenda para ter renda extra

Para que você consiga fazer dinheiro rápido e fácil, a melhor ideia sempre é começar pelo que você já tem em casa.

Depois disso, você pode começar a pensar em outras formas de tornar os rendimentos com renda extra mais frequentes.

Veja abaixo nossas ideias do que você pode vender:

Anúncios

Revenda de produtos importados

Para colocar essa ideia em prática, existem duas formas.

A primeira é para quem viaja com frequência para fora do país. Ao fazer a viagem, você informa para seu público para onde vai e, de lá envia os itens que seus clientes encomendarem.

Nesse modelo, você vai lucrar com a revenda dos produtos. Além disso, todo o trâmite pode ser feito por empresas especializadas e você não precisa se preocupar.

Agora, a outra opção para revender produtos importados é montar uma loja online e importar as mercadorias direto da China, por exemplo.

Para fazer isso, você contrata uma empresa para te ajudar. De preferência, contrate a que você mais confia e que tenha um representante lá na China.

Em suma, nesse modelo você vai fazer uma encomenda de vários produtos e o representante da empresa fará o despacho para o Brasil.

Desse modo é bem mais tranquilo para que você possa vender seus produtos importados.

Renda extra com venda de doces e salgados

Sem dúvida, comer é essencial. Por isso, investir em algum tipo de negócio que envolva comida sempre tem grandes chances de dar lucro.

Portanto, caso você tenha algum talento na cozinha, experimente vender o que faz. Pode divulgar online e no boca a boca do bairro. O mais importante é oferecer um produto de qualidade e que dê água na boca.

Ademais, antes de começar, defina um nicho para atuar.

Por exemplo, se você cozinha bem pratos salgados, vale investir em um negócio para vender marmitas congeladas. Agora, se for boa confeiteira, pode apostar em docinhos para festas, bolos, bolos de potes ou ainda cupcakes.

Só tenha o cuidado para não querer abraçar o mundo inteiro, ter um catálogo enorme, mas não fazer nada com excelência.

Lembre-se de que a concorrência é grande, então quando o cliente der uma mordida no seu prato, precisa realmente gostar. Se não for assim, é muito fácil para ele buscar outra coisa na concorrência.

O melhor é ser especialista em apenas uma coisa e procurar se aperfeiçoar sempre, para poder oferecer novos produtos para seus clientes.

Além disso, se você quer que seu negócio cresça mais, vale a pena começar a vender por meio dos aplicativos de entrega como o Rappi, iFood e UberEats. Desse modo, mais pessoas ficarão sabendo do seu trabalho.

Venda coisas que não quer mais

Já ouviu falar da prática do desapego?

Então, praticar o desapego é conseguir abrir mão das coisas que você tem e que não usa mais.

Nesse sentido, você pode abrir o seu armário e separar tudo o que não usa mais. Depois que tirar tudo que não usa de dentro do móvel, separe as coisas que ainda estão boas e podem ser vendidas. O resto pode ir para doação ou até brechós comunitários.

Logo que fizer isso, você terá um monte de coisas que podem ser vendidas por algum valor pela internet ou mesmo entre seus conhecidos.

Às vezes é difícil de determinar quanto vale uma roupa, por exemplo. Afinal, nós sabemos quanto pagamos, então é difícil querer vender por um valor muito abaixo.

Para te ajudar a definir os preços, experimente procurar por grupos de venda de roupas usadas no Facebook.

Além disso, para conseguir vender e se desapegar das coisas que você não precisa mais, você tem várias opções. Pode anunciar em suas histórias do Instagram, pode criar um perfil novo só para isso.

Também vale publicar nos mesmos grupos do Facebook que você usou para criar os preços.

Outra ideia é procurar por grupos no Whatsapp. Sempre existem vários, principalmente para roupas infantis.

E, por fim, pode ainda criar uma lojinha online na Enjoei ou na OLX e tentar vender por ali.

Enfim, opções não faltam para você fazer uma boa renda extra com as coisas que você tem sobrando.

Ah, e antes de passar para a próxima ideia, lembre-se de que vale se desapegar de tudo: roupas, calçados, acessórios, livros, acessórios de cozinha. Em resumo, tudo que estiver em bom estado!

Venda artesanato

Venda artesanato
Venda artesanato

Nos últimos anos, o perfil dos consumidores mudou bastante e, ao que parece, hoje em dia produtos artesanais e únicos são tendência novamente.

De acordo com dados em um relatório anual do SEBRAE que indica o perfil de consumo do brasileiro, cada vez mais as pessoas buscam por um consumo verde e sustentável.

Desse modo, se você produz algum tipo de artesanato, pode ser muito beneficiado e ainda conseguir fazer uma boa renda extra.

Isso porque, o consumidor quer ter acesso a peças que sejam criativas e que proporcionem experiências únicas.

Assim, se você sabe pintar, bordar ou desenhar, por exemplo, pode criar estampas para camisetas e vendê-las.

Outra ideia é investir em atividades de costura e criar peças únicas, de acordo com o cliente.

De modo geral, a ideia é soltar a imaginação e se permitir criar novas experiências para seus clientes.

Venda produtos como afiliado

Essa ideia de renda extra é bastante interessante e mostra como o mercado está mudando.

Basicamente, para vender produtos como afiliados, você precisa se cadastrar em empresas que tenham esse modelo, ganhar um link e passar a divulgar os produtos dessa empresa.

Essa estratégia, também chamada de marketing de afiliados, faz com que as empresas precisem investir menos em publicidade, pois a divulgação é feita em massa pelos afiliados. Isso é o que a empresa ganha, além das vendas, é claro.

Agora, o afiliado ganha toda vez que ele indicar seu link e alguém comprar por meio dele.

Em síntese funciona assim, uma pessoa se afilia a uma empresa como a Amazon ou a Hotmart e ganha um link. Então, ela passa a divulgar esse link em suas redes sociais ou até mesmo em um site próprio.

Qualquer pessoa que se interessar pelo anúncio do afiliado, clicar no link e fazer uma compra, estará dando uma pequena comissão pela venda para esse afiliado.

Essa ideia de renda extra é muito boa para quem tem uma grande rede de contatos e pode divulgar em massa.

Revenda artigos de beleza

Sem dúvida, você já deve ter visto ou até já teve produtos de marcas como Natura, Avon e Boticário.

Essas marcas são muito comuns no mercado de revenda de artigos de beleza e, geralmente, são usadas para fazer renda extra.

Para poder revender uma marca, você precisa entrar em contato com ela.

No início, você deve criar uma rede de clientes e vender somente por encomenda.

Mas, à medida em que você se tornar conhecida pelo trabalho de revendedora, pode aproveitar algumas promoções e criar um pequeno estoque em casa.

O legal de aproveitar promoções é que, quando alguém te procurar precisando de um perfume ou hidratante de última hora, você já terá algum para vender. E não precisa ficar esperando até fazer e receber o pedido.

Ademais, é possível lucrar bastante com essa renda extra. Mas, para isso, mostre para as pessoas o que você está vendendo, não tenha medo de oferecer e de divulgar seu trabalho.

Afinal, sem isso, ninguém vai chegar até você para comprar.

Venda sua hora

Para fazer renda extra vendendo a sua hora, você pode apostar em atividades complementares ao seu emprego formal.

Além disso, existem várias coisas que podem ser feitas, por exemplo:

  • Trabalhar como redator para blogs da web.
  • Ser assistente virtual de um consultório ou até mesmo de pessoa física.
  • Programar sites e aplicativos.
  • Criar infoprodutos como e-books e cursos online.
  • Fazer traduções.
  • Criar campanhas de marketing.

Enfim, além dessas atividades que são feitas online, também é possível vender outros tipos de serviços como de manutenção do lar, faxina e jardinagem.

E o melhor é que todas essas atividades podem ser feitas nos momentos em que você não está trabalhando no seu emprego normal. Ou seja, nos fins de semana, durante as folgas ou à noite.

Aliás, vale ressaltar que cada vez mais o mercado está procurando por profissionais que fazem esses serviços que já falamos e que cobrem por hora.

Para as empresas é muito mais barato contratar um profissional do marketing para fazer uma campanha como freelancer do que manter alguém fixo nesse departamento.

Por fim, para encontrar trabalhos e fazer renda extra como freelancer, vale consultar os sites:

  • 99freelas
  • GetNinjas
  • Freelancer
  • Workana

Venda em uma loja virtual

Hoje em dia, criar uma loja virtual e vender pela internet já não é mais coisa de outro mundo. Aliás, a maioria das pessoas que usam muito a internet já deve ter comprado de um e-commerce.

Por isso, investir nesse modelo de negócio é uma boa ideia para fazer renda extra.

Você pode abrir sua loja virtual em sites como o Enjoei, OLX, Mercado Livre ou ainda hospedar na Amazon e Magazine Luiza. Também vale criar e divulgar um site próprio.

Antes de começar, no entanto, é preciso escolher um nicho de atuação e também quais produtos vai vender, como conseguí-los e como fazer a divulgação.

Só para ilustrar, em 2021, você pode investir em uma estamparia de camisetas que use suas próprias artes ou então estampas com algum tema específico (cinema, séries, livros, esportes, personagens famosos).

Outra ideia é usar a loja virtual para vender artesanatos locais, produtos para animais de estimação ou então canecas e lembranças para festas.

O bacana é que, você não precisa produzir nenhuma das coisas que for vender se optar pelo modelo de dropshipping, onde sua loja opera sem estoque.

Nesse modelo, você atua somente como um intermediário entre o cliente e a fábrica e lucra com a venda dos produtos.

Enfim, essas são as ideias de como você pode fazer renda extra vendendo algumas coisas.

De modo geral, algumas ideias são mais simples que outras e, caso você precise de dinheiro rápido, recomendamos começar por elas.

Aos poucos você vai pegando o jeito, aprendendo como vender melhor e, com isso, terá mais retorno financeiro.

Ademais, se você quer melhorar a sua forma de lidar com o dinheiro, veja o conteúdo que preparamos sobre o curso de finanças pessoais da Serasa:

Conheça os melhores aplicativos para ganhar dinheiro.

Os melhores aplicativos para organizar finanças

Que tal começar 2021 com novos hábitos? Ter uma vida financeira saudável é um bom início. Conheça os melhores aplicativos para organizar sua vida financeira em 2021!

Sobre o autor

Fernanda Weber

Produtora de conteúdos digitais e redatora web com formação na área de Letras. Atua com produção de conteúdos sobre educação financeira e deseja levar seus conhecimentos práticos para mais pessoas e assim ajudá-las a lidar melhor com seu dinheiro.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

7 dúvidas sobre limite cartão BMG

Se você tem alguma dúvida sobre o limite do cartão BMG Consignado ou suas funcionalidades, então, este post foi feito para você! Clique aqui e confira!

Continue lendo
content

Como solicitar cartão Kabum

O Kabum criou um produto financeiro para atender as suas demandas dos gamers: o cartão Kabum. Leia este post e saiba como solicitá-lo.

Continue lendo
content

Como solicitar cartão Cheapoair

Quer viajar e gastar pouco? Então, acompanhe aqui como você pode solicitar seu cartão Cheapoair e aproveitar todas as suas vantagens.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

5 opções de melhor empréstimo com menor taxa

Precisa de ajuda financeira? Conheça hoje o melhor empréstimo com menor taxa, suas principais características e como solicitá-lo, confira!

Continue lendo
content

Cartão PagBank ou Cartão BMG: qual escolher?

Cartão PagBank ou cartão BMG? Qual cartão escolher? Leia este post e descubra qual é o melhor produto financeiro para o seu dia a dia.

Continue lendo
content

Conheça o cartão de crédito Sleep Experts

O Sleep Experts é um cartão de crédito de loja sem anuidade. Ele oferece condições para quem quer fazer suas compras nas lojas Sleep Experts. Confira!

Continue lendo