Dicas

O que esperar dos padrões de consumo em 2021

A forma de consumir não será mais a mesma. Já não é mais a mesma. E se você quer saber o que esperar deste ano de 2021, leia o texto abaixo na íntegra!

por

Fernanda Weber

Publicado em

| Atualizado em

ANÚNCIOS

Padrões de consumo em 2021

O que esperar dos padrões de consumo em 2021.
Padrões de consumo em 2021. Foto: Pexels / Olya Kobruseva

Em 2020 as nossas vidas mudaram muito. Em suma, todo mundo foi afetado de alguma forma pela pandemia: precisar ficar em casa enquanto as contas venciam, jornadas e salários menores, menor consumo, etc. Diante disso, fica a pergunta: o que esperar para os padrões de consumo em 2021?

De maneira geral, o ano que já começou será marcado por uma revisão nos nossos valores e prioridades. Dessa forma, a cultura do consumismo e da ostentação parece estar ficando para trás.

Queremos entender melhor quais serão os padrões de consumo dos brasileiros em 2021. Por isso, vamos te mostrar agora as principais tendências, o perfil consumidor do país e também falar sobre setores que merecem atenção como saúde e educação.

Padrões de consumo em 2021: saiba como será esse novo ano

Saiba como esse ano será.
Saiba como será o padrão de consumo para 2021. Foto: Pexels / Matheus Natan

Ao que tudo indica, algumas marcas de 2020 vão permanecer em 2021. A principal delas diz respeito à economia do Brasil.

Como o ano passado foi bastante duro para a economia, muita gente teve que se virar, dar seus pulos e arrumar dinheiro extra para conseguir fazer o básico.

De acordo com o último boletim Focus, de 31 de dezembro de 2020, o PIB Brasileiro encolheu 4,4% ao longo de todo ano passado.

E mais, segundo o mesmo boletim, a previsão de crescimento para 2021 é de 3,4%. Ou seja, esse ano não vamos conseguir superar todas as perdas do ano passado.

Por isso, é mais importante do que nunca saber fazer boas escolhas na hora de comprar qualquer coisa. Desde alimentos até itens de beleza e lazer, quando a grana é curta, não podemos gastar com besteiras, não é mesmo?

Diante disso, podemos dizer que para os padrões de consumo em 2021 podemos esperar comportamentos semelhantes ao do ano passado. Isto é, saber identificar suas necessidades e consumir somente o que realmente precisa!

Principais Tendências de consumo em 2021

Um olhar para a sustentabilidade.
Tendência: um estilo de vida mais sustentável. Foto: Unsplash / Todd Trapani

Em resumo as tendências para os padrões de consumo em 2021 estão focadas em três conceitos: frugalidade, minimalismo e consumo consciente.

Sem dúvida, esses três conceitos conversam bastante.

A partir de agora vamos te explicar cada um deles, para que você entenda como eles estarão ligados à sua vida neste ano.

  • Frugalidade: significa viver de maneira simples, somente com aquilo que é necessário. Sem ostentação, sem consumir ou comprar o que não precisa.
  • Minimalismo: nesse estilo de vida, o ideal é viver com as coisas que te fazem bem e não carregar consigo aquilo que te prejudica. Ao contrário do que todo mundo pensa, o minimalismo não prega que você jogue tudo fora e sim, que você possua somente objetos, roupas e memórias que te façam sentir bem.
  • Consumo consciente: significa aproveitar suas coisas durante toda a vida útil delas. Por exemplo: você não precisa de um celular novo todo ano só porque o modelo novo foi lançado. Por mais que seja tentador, você deve criar consciência sobre o modo de gastar seu dinheiro.

Depois que entendemos melhor esses conceitos, podemos entender que, para 2021, a tendência é equilibrar uma vida simples com hábitos financeiros saudáveis e sem ostentação.

Nesse sentido, o ideal é viver sempre com um pouco menos do que você precisa. Só para ilustrar, uma família de 4 pessoas cuja renda é de R$2200,00 pode ajustar sua vida para vivem com R$2000,00.

Dessa forma, todo mês sobra um pouco de dinheiro que você pode investir ou ficar de reserva para momentos de crise.

Perfil do consumidor brasileiro em 2021

O perfil do consumidor brasileiro.
Perfis de consumidores para 2021. Foto: Unsplash / Sérgio Souza

Ainda no meio do ano passado, a consultoria de negócios WGSN publicou um relatório a respeito do que espera para o consumidor do futuro. Esse tipo de estudo é importante para entender quais serão os padrões de consumo em 2021.

De acordo com esse report, a WGSN identificou 3 tipos de consumidores:

Tipo 1

Perfil compressionalista.
Homem cansado e abatido. Foto: Unsplash / Lily Banse

O primeiro perfil identificado foi o dos compressionalistas. Que são, em síntese, pessoas que estão exaustas, sob pressão constante e precisam de ajuda para terem melhores experiências de compra.

Para que possam ser engajadas, o mercado tende a criar sites de e-commerce que sejam mais interativos e fáceis de usar.

Além disso, esse perfil precisa de atendimento rápido e eficaz para suas demandas.

Por isso, investir em inteligência artificial, machine learning e chatbots são uma boa saída para as empresas.

Tipo 2

Guardiões da empatia.
Empatia está em alta. Foto: Pexels / Artem Beliaikin

O segundo tipo de consumidor é chamado de Guardiões da empatia. Pessoas generosas, inclusivas e solidárias fazem parte desse grupo .

Para atrair essas pessoas, o mercado deve, por exemplo, adotar estratégias de marketing humanizado e colocar os clientes acima dos lucros.

Nesse sentido, investir em marcas com impacto social é uma ótima aposta.

Tipo 3

Criadores de mercado.
Criadores de mercado pensam fora da caixa. foto: Pexels / Rodolfo Clix

Em suma, o terceiro tipo de consumidor é formado por pessoas que pensam fora da caixa e, por isso, são chamadas de Criadores de Mercado.

Esse grupo, feito por pessoas muito criativas, capazes de criar modelos de negócios inovadores.

Para engajar esse consumidor, a tendência é apostar na criatividade e em vendas diretas.

Ademais, o grupo tem engajamento político e social. Portanto, são pessoas com bastante conhecimento e energia para desenvolver novas marcas.

O que esperar dos padrões de consumo em 2021?

Tome nota do que esperar dos Padrões de consumo em 2021.
Tome nota do que esperar para 2021. Foto: Unsplash / David Travis

Enfim, depois de entender um pouco mais sobre como serão os consumidores do futuro, podemos falar sobre nosso tema principal: o que esperar dos padrões de consumo em 2021.

Para começo de conversa, 2021 ainda vai se aproveitar da taxa básica de juros (SELIC), a 2%. Isso porque, o Banco Central ainda não tem perspectiva de quando essa taxa irá aumentar.

Se você não sabe o que é a SELIC, em resumo, essa taxa que determina todos os outros tipos de juros do Brasil. Logo, se ela estiver baixa, todos os juros do país também estarão.

Seja como for, para esse ano, podemos esperar que as pessoas aproveitem melhor os recursos do planeta e façam isso com um orçamento bem apertado.

Ademais, espera-se que, em 2021 a economia tenha uma retomada lenta, mas eficaz.

Para saber o que é esperado para os padrões de consumo dos setores mais importantes, confira a lista que fizemos:

ANÚNCIOS

Moradia

Nosso lar continua sendo valorizado neste ano.
Nossa casa continua sendo o melhor espaço da família. Foto: Pexels / August de Richelieu

Em relação ao padrão de consumo do brasileiro dentro de casa, algumas práticas que começaram em 2020 devem permanecer em 2021.

Desse modo, conforto, praticidade e economia continuam em alta.

Nós, brasileiros, vamos continuar consumindo o que é essencial no dia-a-dia e que, ao mesmo tempo, seja prático.

Ao mesmo tempo, investir um tempo para organizar o orçamento doméstico será essencial para lidar com o ano que ainda é longo.

Alimentação

Padrões de consumo em 2021 para alimentação incluem fazer sua própria comida.
Cozinhar em casa e aproveitar os alimentos continua em alta neste ano. Foto: Pexels / Cottonbro

Pensando no consumo consciente, o setor de alimentos tem um padrão de consumo esperado para 2021:

Neste ano, vamos continuar comendo em casa com frequência.

Ademais, receitas que aproveitem todo o alimento serão muito úteis. Afinal, mais do que nunca, precisamos usar nosso dinheiro de forma eficiente.

E ficar jogando coisas fora seja porque perdem a validade, seja porque apodrecem, não está com nada. Por isso, compre somente aquilo que vai realmente utilizar.

Uma boa dica é fazer compras semanais ou quinzenais para a casa e levar uma listinha ao mercado. Assim, você só compra o que sabe que precisa.

Transporte

Soluções mais baratas e menos poluentes são tendências para o consumo em 2021.
A bicicleta será muito usada em 2021. Foto: Pexels / Snapwire

Em virtude da pandemia, o setor de transportes sofreu muito no ano passado. O transporte público e mesmo os aplicativos de carona viram seus clientes sumirem de uma hora para a outra.

Agora, em 2021, o padrão de consumo parece que será maior do que no ano passado. No entanto, o setor ainda não está muito confiante.

Ademais, em relação à maneira como as pessoas escolhem se locomover, podemos observar que a ideia de frugalidade e consumo sustentável também está sendo usada.

Cada vez mais as pessoas estão escolhendo ir trabalhar de bicicleta ou mesmo a pé. Seja para terem mais saúde, seja porque é mais barato.

Saúde e bem-estar

Cuidados preventivos com a saúde mental serão prioridade.
Cuidados com a saúde mental serão prioridade em 2021. Foto: Unsplash / Zach Vessels

No ano que passou, os distúrbios mentais causados, em grande parte, pela pandemia, acompanharam a vida dos brasileiros. Problemas com ansiedade e estresse ocuparam nossas vidas.

Por isso, para 2021, espera-se que os padrões de consumo sejam voltados para a procura de produtos que ofereçam conforto e segurança.

Além disso, a reeducação social e o conhecimento de si serão a prioridade neste ano.

Educação

O padrão de consumo para a educação deve estar no ensino EAD.
A educação à distância deve crescer em 2021. Foto: Pexels / Jessica Lewis

No que diz respeito à educação, podemos dizer que ela nunca mais será a mesma. Ao que tudo indica, a educação à distância deve permanecer como um padrão de consumo em 2021.

Apesar de todos os problemas que o país enfrentou e de sabermos que os alunos das redes públicas de ensino aprenderam muito pouco no ano que passou, a educação ainda estará voltada para o ensino remoto.

Isso porque o mercado percebeu que investir nesse setor pode trazer muita economia e atingir mais pessoas.

Lazer

O padrão de consumo em 2021 para o lazer envolve atividades ao ar livre.
As pessoas vão fazer boa parte do seu lazer ao ar livre. Foto: Pexels / Agung Pandit

Quando pensamos em quais serão os padrões de consumo em 2021 para o segmento do lazer, podemos cravar que:

Atividades longe das telas do computador e celular devem ter destaque. Nesse sentido, as atividades como pintura, leitura, desenho, ouvir música e tirar fotos terão grande procura.

Além disso, estar ao ar livre é quase uma necessidade. Afinal, já passamos boa parte do ano passado trancados.

E agora, fazer exercícios, caminhar, passear com a família em parques e praças são boas opções.

Beleza

Os tratamentos com cosméticos ainda serão feitos em casa em 2021.
Os tratamentos de beleza ainda serão feitos em casa. Foto: Unsplash / Safia Shakil

Como a ideia geral é aproveitar melhor os recursos disponíveis e não gastar dinheiro à toa, em relação a beleza o consumo deve continuar moderado.

Afinal, se ainda temos um creme para o corpo ou rosto, não precisamos comprar um novo, e já aprendemos isso ano passado, não é mesmo?!

Ademais, ainda podemos observar que as pessoas pretendem continuar a fazer tratamentos caseiros, pois são muito mais em conta.

Viagem

Os padrões de consumo em 2021 para viagens indicam locais mais próximos de casa e menos movimentados.
Para 2021, a tendência é viajar para lugares próximos e com poucas pessoas. Foto: Pexels / Daria Obymaha

Para o setor de turismo, aos poucos a vida vai voltando ao normal. No entanto, esse normal está diferente.

Os padrões de consumo em 2021 para quem viaja é outro.

Agora, as pessoas preferem destinos mais próximos de casa e que não estão nas rotas tradicionais. Com isso, o turismo local é uma tendência para esse ano.

Desse modo, a economia local também deve se valorizar e, com o tempo, voltar ao mesmo patamar de antes da pandemia.

Afinal, o que esperar para os padrões de consumo em 2021?

O consumo sustentável e simples será a pegada de 2021.
Uma vida mais simples e focada em experiências significativas. Foto: Unsplash / Riccardo Annandale

Finalmente, podemos parar para responder a nossa pergunta principal:

O que esperar dos padrões de consumo em 2021?

Então, diante do cenário que desenhamos, podemos prever que esse ano será usado para discutirmos sobre questões importantes para o planeta.

Por exemplo: como aproveitar melhor nossos recursos e como crescer de maneira sustentável.

Nesse sentido, empresas que querem prosperar nesse ano precisam se adequar a nova pegada econômica. Ou seja, criar produtos mais duráveis e ecológicos para as pessoas.

Com isso, além de ajudarmos nosso planeta, também vamos economizar um bocado. Afinal, já pensou se tudo que você comprasse tivesse uma qualidade maior e durasse muito?

Ia ser ótimo!

Ademais, o marketing humanizado tem ganhado força nos últimos anos e, em 2021, deve entrar de vez para o mercado. Por meio de estratégias focadas na experiência, as empresas criam campanhas que não agridem o cliente.

Dessa forma, elas conseguem melhorar suas relações com os consumidores e ainda podem incentivar o consumo consciente.

Enfim, 2021 será um ano de reconstrução e muito aprendizado. A economia vai, aos poucos, retomar seu ritmo e tem tudo para ser muito mais sustentável e simples.

Antes de ir, deixa um recado pra gente, o que você espera para 2021?

Fernanda Weber

Produtora de conteúdos digitais e redatora web com formação na área de Letras. Atua com produção de conteúdos sobre educação financeira e deseja levar seus conhecimentos práticos para mais pessoas e assim ajudá-las a lidar melhor com seu dinheiro.

Cartões

Como solicitar cartão BTG + Opção Avançada

O cartão BTG + Opção Avançada oferece exclusivo programa de pontos para quem gosta de viajar. Se esse é o seu perfil, veja como pedir o seu!

por

Tathiane Mantovani

Publicado em

| Atualizado em

Cartão BTG + Opção Avançada

Mas, afinal, como funciona o cartão? Fonte: BTG+.

Primeiramente, o cartão BTG + Opção Avançada é internacional com bandeira Mastercard. Por isso, você pode utilizá-lo para fazer compras à vista e parceladas em milhares de estabelecimentos físicos e online credenciados à bandeira dentro e fora do Brasil.

Mas vale destacar que este produto financeiro oferece muitas vantagens, como isenção de rolha, Programa Mastercard Surpreenda, Mastercard Travel Rewards, MasterSeguro de Automóveis, Concierge Mastercard, Mastercard Airport Concierge, Invest+ (opcional), MasterAssist, entre outros benefícios.

Aliás, ficou interessado? Ademais, quer saber como solicitá-lo? Então, continue a leitura e confira!

Solicitar online

Afinal, como solicitar online? Fonte: Pexels.

Para solicitar é necessário ser correntista do Banco BTG+, assim como ter uma renda mínima de R$ 7.000,00. Então, se você se encaixa neste perfil, basta acessar o app da instituição financeira e, em seguida, fazer o processo de solicitação.

Solicitar via telefone

Ademais, não há processo de solicitação via telefone, mas você pode entrar em contato para sanar dúvidas sobre o cartão e o processo pelos números:

  • 3003 9500 (Capitais e regiões metropolitanas);
  • 0800 777 9500 (Demais localidades).

Solicitar pelo aplicativo

Pois o processo de solicitação deve ser feito no app do banco. Ademais, basta acessá-lo, localizar o cartão e preencher o pedido. Em seguida, é necessário aguardar a análise de crédito. Então, se você for aprovado, o cartão BTG + Opção Avançada é enviado para o seu endereço.

Cartão BTG + Opção Básica ou BTG + Opção Avançada: qual escolher?

qual é o melhor cartão? Fonte: Falando de viagens.

Então, se você chegou até aqui, mas percebeu que o cartão BTG + Opção Avançada não atende às suas necessidades. Mas, fique tranquilo! Pois existem diversos produtos financeiros no mercado que podem te atender. Ademais, dentre eles podemos citar o cartão BTG + Opção Básica que oferece benefícios Mastercard Gold. Então, veja as características dos dois cartões e, em seguida, compare-os:

BTG + Opção BásicaCartão BTG + Opção Avançada
AnuidadeIsenta (sem Invest+)
R$ 30,00 (com Invest+)
R$ 15,00 (sem Invest+)
R$ 45,00 (com Invest+)
Renda MínimaSalário mínimoR$ 7.000,00
BandeiraMastercardMastercard
CoberturaInternacionalInternacional
BenefíciosPrograma Mastercard SurpreendaPrograma Mastercard Travel Rewards
Mas, afinal, qual é o melhor cartão?
Continuar Lendo

Em Alta