Finanças

Como juntar dinheiro em 2020?

Aprenda como juntar dinheiro em 2020, quais são os métodos e como fazer renda extra, além de fazer seu dinheiro render mais.

Anúncios

por Duda Razzera

Publicado em 19/08/2020

Uma das resoluções mais comuns entre os brasileiros é juntar dinheiro em 2020. Entretanto, não é só porque já passou do meio do ano e você não conseguiu cumpri-la que irá desistir. Ainda faltam quatro meses para 2020 finalizar e você pode conseguir criar sua reserva de emergência, poupar e investir levando nossas dicas em consideração.

Elencamos alguns ações que você precisa tomar e alguns métodos para juntar dinheiro em 2020. Confira no texto a seguir como começar a juntar dinheiro hoje.

Por que juntar dinheiro em 2020?

Anúncios

Por que juntar dinheiro em 2020?

Não importa onde você quer chegar, é importante ter dinheiro para conseguir. Ter uma boa situação financeira irá te auxiliar a ter tranquilidade, saúde mental e bem-estar a longo prazo. Ademais, te permitirá atingir metas e sonhos.

Não importa se você deseja juntar dinheiro para uma viagem, para seu casamento, a casa própria ou um carro. Para tudo isso você precisa de um bom planejamento financeiro e entender seu orçamento.

Por esse motivo, para juntar dinheiro é necessário, principalmente, estabelecer metas, entender e pagar suas dívidas, gastar menos do que você ganha, fazer renda extra e começar a investir.

Iremos compreender cada uma dessas ações mais a fundo a seguir. Acompanhe!

Estabeleça metas financeiras para juntar dinheiro em 2020

Estabeleça metas financeiras para juntar dinheiro em 2020

Estabelecer metas financeiras é o primeiro passo para organizar o seu orçamento. Mas, não só isso: também otimizar os seus recursos.

Ao estabelecer metas, você começa a criar hábitos financeiros saudáveis e sustentáveis a longo prazo. Disciplina, foco e comprometimento são fundamentais para conquistar essas metas.

Além disso, ao encarar juntar dinheiro como um desafio, há mais chances de manter-se motivado. Afinal, uma meta financeira pode ser as tão sonhadas férias ou então o montante necessário para você realizar uma transição de carreira.

Sem metas, há grandes chances de você deixar de lado o planejamento financeiro. Nesse contexto, é importante estabelecer metas realizáveis e não inalcançáveis.

Crie um montante dentro do que é possível em seu orçamento, mas também desafie-se para que você tenha que economizar sua renda mensal. Também estabeleça o prazo, não adianta criar a meta de um valor, mas não o tempo em que você deve conseguir a quantia.

O prazo é muito importante para garantir que a meta será cumprida.

Priorize a quitação de dívidas

Anúncios

Priorize a quitação de dívidas

Sair das dívidas também é fundamental para que você consiga economizar dinheiro. Afinal, se o seu salário ou renda mensal está sendo aniquilada por taxas de juros de cheque especial, crédito rotativo, empréstimos, financiamentos ou crediários, como conseguir recursos financeiros para outros fins?

Ao elaborar o seu planejamento financeiro, uma das metas deve ser a quitação das dívidas. Sem dúvida alguma!

Primeiramente, faça a quitação ou negociação das dívidas com as taxas de juros mais altas. Negocie parcelas e o prazo de pagamento que caiba no seu orçamento.

Ademais, você pode optar por trocar uma dívida mais cara por uma mais barata. Um exemplo: você tem dívidas no cartão de crédito, com uma taxa de juros que chega a ultrapassar 300% ao ano. Sendo assim, que tal solicitar um empréstimo pessoal online com uma taxa de juros em torno de 8% ao ano? Você estará “economizando” para a quitação das dívidas.

Lembre-se de não deixar as dívidas se acumular em um “efeito bola de neve”. Para isso, procure os bancos e financeiras para conversar sobre as possíveis negociações. Além disso, é sempre uma boa alternativa conversar com amigos e parentes para um empréstimos. Você pode até pagar juros! Mas, com certeza, serão menores do que o que você conseguirá em bancos tradicionais.

Não utilize o cartão de crédito como uma despesa. Enxergue-o como uma forma de pagamento.

Ressaltamos que não é só porque você tem dívidas que não é possível poupar dinheiro. É possível, sim, separar um valor mensal para a sua reserva de emergência, por exemplo. Um valor que cabe no seu bolso.

Gaste menos do que ganha

Gaste menos do que ganha

Essa é uma atitude um tanto quanto óbvia, mas o descontrole financeiro e compras por impulso, muitas vezes, impedem que você veja que está gastando demais.

Por isso, liste suas despesas. Quanto você gasta com suas contas essenciais? E em serviços de assinatura?

Elenque todos os seus custos fixos e variáveis e o valor da sua receita mensal. Depois, analise quais custos podem ser enxugados e como otimizar seus recursos.

Ao entender o quanto entra e o quanto sai é possível tomar decisões mais inteligentes quando se trata do seu dinheiro. Você começará a se educar financeiramente pensando em reserva de emergência, metas financeiras, quitação de dívidas e até mesmo na sua aposentadoria.

Fique atento aos custos invisíveis, como taxas de manutenção de conta bancária e a anuidade do seu cartão de crédito, por exemplo.

Ademais, fique atento aos descontos e ofertas especiais. Aposte no consumo consciente: você precisa comprar o item novo ou pode ser usado? Você consegue o item que precisa emprestado ou de graça?

Questione sempre quando o assunto é dinheiro. Com isso, você consegue juntar dinheiro e adotar hábitos financeiros saudáveis.

Invista na renda extra para juntar dinheiro em 2020

Invista na renda extra para juntar dinheiro em 2020

Se a sua renda mensal não comporta suas dívidas e suas contas essenciais, está na hora de pensar em renda extra não só para comportar o seu estilo de vida como pagar atingir suas metas financeiras.

Algumas das opções para gerar renda extra são:

  • Serviços de costura e alfaiataria;
  • Venda de doces e salgados;
  • Marketing de afiliados, ou seja, venda de cursos online de outras pessoas;
  • Alugar o quarto extra na sua casa ou apartamento pelo AirBnB;
  • Trabalhar com aplicativos de transporte ou entregas aos finais de semana e após o seu expediente;
  • Criar um blog de nicho ou escrever para outros sites, ganhando como redator de conteúdo;
  • Trabalhar em eventos aos finais de semana.

Outra alternativa para gerar renda extra são programas de fidelidade, de pontos e cashback, como Ame Digital, Méliuz, BeBlue, etc.

Ademais, com a quantidade gerada pela renda extra você pode colocá-la em alguma conta digital, como Picpay ou Nubank e aplicar em investimentos, como o CDB para garantir que você não irá comprometer essa renda com algo que não seja sua meta financeira.

Métodos para juntar dinheiro em 2020

Métodos para juntar dinheiro em 2020

Existem algumas outras formas de juntar dinheiro, se você pensar fora da caixa. Iremos elencar 5 deles a seguir. Acompanhe!

Junte dinheiro ao realizar compras

Junte dinheiro ao realizar compras

Pense em pagar um imposto sobre as suas compras. Não entendeu? Não se preocupe! Nós explicamos:

Por exemplo, se você fizer uma compra de R$20,00 reais em uma refeição, por exemplo. Ao invés de pagar R$20,00 reais, você pagará R$22,00 reais. Os R$2,00 reais irão para a sua meta financeira.

Se você for fazer sua barba e gastar R$80 reais, R$8 reais irão para a sua meta financeira e assim por diante.

Junte dinheiro em 2020 progressivamente

Junte dinheiro em 2020 progressivamente

Se você está em uma situação financeira complicada, tente juntar dinheiro de forma progressiva. Comece arrecadando R$1 real. Na segunda semana, você arrecada R$2 reais. E assim por diante. Ao final de um ano, você terá R$1378,00 reais. Para quem não tinha nada guardado, já é um montante bem interessante! Mais do que um salário mínimo.

Quando esse valor, você pode apostar em investimentos e aplicações para fazer o seu dinheiro trabalhar sozinho.

Junte dinheiro em seu orçamento diário

Junte dinheiro em seu orçamento diário

Outra alternativa é otimizar seus recursos financeiros. Para isso, você precisará fazer sacrifícios e mudar até mesmo seu estilo de vida.

Costuma almoçar fora todo dia? Vai ao cinema todo mês? Esses gastos terão que ser cortados. Opte por fazer comida em casa e levar para o trabalho. Além disso, assista filmes pelo Netflix ou Amazon Prime e compre pipoca para fazer em casa! Convide os amigos para programas baratos ou até mesmo gratuitos.

Primeiramente, separe o valor necessário para suas contas essenciais, ou seja, as contas necessárias para manter sua casa rodando, como: luz, água, telefone, internet. Depois, estipule o valor que você irá economizar, que deve ser de 10% a 15% ao mês, se possível.

Mas, você pode começar economizando R$25 reais por mês. O importante é criar o hábito.

Para se manter dentro do orçamento, você deve separar a sua renda pelo número de dias no mês. Assim, você tem um orçamento diário. Ou seja, se você ganha R$3 mil reais ao mês, dividindo por 30 dias, você terá R$100 reais para gastar por dia. Em alimentação, transporte e outros gastos.

Esse método te ajuda a manter o controle financeiro ou seja, evitando consumo excessivo ou que suas contas se desequilibrem. Assim, você pode chegar em um dia e pensar: será que eu quero mesmo gastar R$15 reais em um bolo? Ou eu prefiro economizar esse valor?

Ademais, você também pode adaptar o seu orçamento diário. Ou seja, economizar durante a semana porque você tem um evento para ir ao final de semana e precisa comprar ou alugar um traje.

Invista em renda passiva

Invista em renda passiva

Ao juntar dinheiro todo mês, mesmo pagando dívidas, você pode começar a investir. É possível começar com o valor que quiser, existem opções nos bancos digitais. Assim você trabalha com juros compostos, ou seja, multiplica o dinheiro que conseguiu ao cortar gastos, otimizar seus recursos e fazer renda extra.

Os juros compostos fazem com que seu dinheiro se multiplique com o passar do tempo. E ao passar que você vai juntando mais, maior será a sua renda passiva no longo prazo.

Ressaltamos que os juros compostos não trabalham milagrosamente. É preciso ter disciplina para aplicar todo mês (se possível) e paciência. Pois, quanto mais tempo você investir, maior será a quantia na hora de resgatá-la. É uma ótima forma de juntar dinheiro para sua aposentadoria.

Alguns investimentos de renda passiva são:

  • Títulos privados de renda fixa;
  • Fundos de Investimentos Imobiliários;
  • Ações;
  • Títulos públicos do Tesouro Direto.

Os fundos imobiliários, conhecidos como FIIs, distribuem dividendos todo mês. Você pode investir em galpões logísticos, prédios corporativos, hospitais, universidades, silos e armazéns, dentre outros.  Para realizar esse tipo de investimento, contudo, faz-se necessário contar com um especialista em investimentos ou uma corretora.

No mercado de ações é a mesma coisa: você precisa de uma corretora e entender de investimentos, ou então, contratar um consultor.

Recomendamos, contudo, que você estude e eduque-se financeiramente antes de optar por fundos imobiliários e ações. A melhor forma de começar a investir é aplicar em CDB e Tesouro Direto.

Empreenda

Além de todas as alternativas citadas acima, uma forma de conseguir uma renda melhor e juntar dinheiro é por meio do empreendedorismo.

Você pode começar com franquias em que você trabalha home-office, sem necessidade de muito investimento. Ou então, trabalhando com marketing digital ou marketing de afiliados, que você não precisa investir nada para começar.

Existem diversas possibilidades no mundo do empreendedorismo e, com certeza, alguma delas irá se encaixar com o seu perfil.

Você pode investir em criar um curso online, dar mentorias online ou até mesmo criar um canal no Youtube para começar a empreender. Além disso, o seu negócio próprio pode começar como algo que você faz paralelamente a sua atividade principal e ir realizando a transição aos poucos.

Como você pode perceber, existem diversas métodos para juntar dinheiro por meio da renda que você já tem ou então, fazendo renda extra. Ademais, ao economizar dinheiro, você consegue aplicá-lo em diferentes tipos de investimentos para fazer os juros compostos trabalharem ao seu favor.

Ao encarar seu dinheiro como algo que precisa ser gerenciado e adotar hábitos financeiros saudáveis, você conseguirá adquirir sua independência financeira.

Sobre o autor

Duda Razzera

Economista e Autora Empreendedora. Atua como produtora, revisora e gestora de conteúdo, além de ser estrategista de marketing. Escreve sobre a vida freelancer, empreendedorismo e economia, tendo como propósito auxiliar as pessoas a conquistar a autonomia financeira e ser protagonista da própria história.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Como solicitar o cartão Coopfacil

Conheça o Cartão Coopfacil, entenda todos os benefícios. Saiba como solicitar o seu para comprar com descontos exclusivos na Coop.

Continue lendo
content

Conheça o empréstimo consignado Cetelem

Conheça o empréstimo consignado Cetelem, com até 36 meses para pagar, juros e valores personalizados para você e diversos benefícios.

Continue lendo
content

Conheça a corretora IQ Option

Você conhece a IQ Option? É uma opção de corretora muito atrativa e segura para quem quer começar a investir. Confira aqui.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Cartão para negativado: limite de crédito para quem tem nome sujo

Quem está com o nome sujo também pode contar com saldo para compras com um cartão de crédito para negativado. Confira as melhores opções aqui.

Continue lendo
content

Qual o melhor aplicativo para enviar dinheiro para o exterior?

Confira quais são as opções de aplicativo para enviar dinheiro para o exterior, como o PayPal e Remessa Online, e suas características.

Continue lendo
content

Cartão Next online: sem anuidade e com mimos exclusivos

Quer um cartão de crédito sem anuidade e com descontos exclusivos? Então, conheça aqui o cartão Next online e se surpreenda.

Continue lendo