Dicas

Conheça os erros financeiros diários

Quer saber quais são os principais erros financeiros que cometemos diariamente? Continue a leitura e descubra.

por

Maria Luísa Barbosa

Publicado em

| Atualizado em

ANÚNCIOS

Quais são os principais erros financeiros que as pessoas cometem?

Antes de mais nada, veja quais são os principais erros financeiros. | Imagem: Finanças Femininas

Já parou pra pensar que o dinheiro que te falta pode ser originado de erros financeiros?

Você tem noção exata do quanto paga nos juros do cartão de crédito e cheque especial? 

Possui vários cartões e perdeu o controle das suas faturas? Não tem uma reserva de emergência?

A maior parte das pessoas comete erros financeiros sem saber!

A falta de preocupação de grande parte dos brasileiros com as finanças pessoais é bastante preocupante.

Justamente por isso, mais de 60 milhões de brasileiros estão endividados sem prospecção nenhuma de estabilidade.

E o pior, essas contas têm a tendência de só aumentar, caso a pessoa não saiba administrá-las.

E para que isso não se sustente em sua vida, separamos uma lista com 6 erros financeiros que muitas pessoas cometem.

Será que você está cometendo algum deles? Continue a leitura para saber mais!

6 erros financeiros diários nas finanças pessoais

Antes de mais nada, podemos considerar o fato de que existem diversas maneiras de criar uma dívida. E para evitar isso é necessário ter disciplina e planejamento. 

Você sabia que existem erros financeiros que você não pode cometer? E uma vez cometidos, todas as suas finanças vão por água abaixo.

É isso mesmo, dependendo das atitudes que você tem em relação a sua vida financeira, elas poderão acabar te prejudicando.

E agora você deve estar se perguntando que erros financeiros são esses. Alguns são básicos, que você deve até saber que comete, porém outros você nem deve imaginar.

Confira abaixo!

Utilizar o cheque especial como uma parte do orçamento

Iniciamos com o fato de ter em mente que quanto mais fácil é obter o crédito, mais altos serão os juros cobrados.

O cheque especial deve somente ser utilizado em casos de emergência, e nunca ser considerado parte de seu orçamento. Ou seja, não se deve utilizar o cheque especial para utilização no dia a dia. Para este caso, recomenda-se o cartão de crédito.

Para utiliza-lo, é necessário avaliar se a situação é realmente urgente, como um problema inesperado no carro, um vazamento em casa ou um problema de saúde. 

Em outras situações planejadas existem modalidades de crédito com custo inferior – taxa de juros menores – ao do cheque especial.

O risco do cheque especial é exatamente seu custo, que varia entre 10% até 15% ao mês. Quando você inclui o limite do cheque especial em seu orçamento, ele fica dependente deste limite, o que traz altos custo mensais.

Conteúdo Recomendado

Quando podemos utilizar o cheque especial?

Saiba quando utilizar o cheque especial, como ele funciona e quais são os juros desse tipo de crédito!

Iludir-se com o limite do cartão

Em seguida, embora tenha bastante utilidade, o cartão de crédito pode se tornar um vilão das suas finanças se não for bem utilizado. É o que acontece quando alguém se iludi com o limite oferecido pelo banco.

Portanto, vale dizer que se você vê seu limite no cartão como uma renda complementar para gastar mais durante o mês, está cometendo um erro. Essa ilusão compromete seu orçamento e pode causar um susto grande quando a fatura chegar.

Usar o cartão de crédito como moderação é um cuidado essencial para quem busca equilíbrio financeiro. Do contrário, as pequenas compras e parcelas se acumulam e viram grandes gastos sem você perceber.

Adquirir dívida sem analisar as condições

Em síntese, confira a lista com principais erros financeiros. | Imagem: Bremenkamp

No Brasil, é muito forte a cultura de fazer parcelamentos, consórcios, financiamentos e empréstimos. Entretanto, nem todas as pessoas sabem que estão adquirindo uma dívida ao consumir esse tipo de produto financeiro.

Tomar essa decisão sem avaliar as condições de pagamento, como a quantidade de parcelas e a taxa de juros, é um grande erro. Isso porque, no final, você pode estar pagando muito mais caro pelo que comprou.

Outro risco relacionado a esse é adquirir um bem, como casa ou carro e não adaptar o orçamento para os novos gastos. É preciso considerar o aumento de custos como manutenção, gasolina, impostos, entre outros.

ANÚNCIOS

Esquecer das dívidas na hora do planejamento financeiro

Também podemos salientar a falta de planejamento como outro dos maiores erros financeiros que alguém pode cometer. 

Sem cuidar do orçamento, fica complicado organizar seus gastos e manter um controle sobre o salário.

Entretanto, uma consequência comum desse problema é gastar tudo o que ganha ou até mais do que isso. A dívida e a inadimplência se fazem presentes e tudo vira uma grande bola de neve.

A melhor forma de evitar esse cenário é conhecer sua renda, anotar todos os seus gastos mensais e planejar o que você deseja fazer com as suas finanças. 

Não contar pequenos gastos nas finanças

Um erro muito comum!

Afinal de contas, você já investigou seus gastos e não achou nada que apontasse uma perda excessiva desnecessária? 

Pois são aqueles poucos itens que muitas vezes podem ser os responsáveis por tudo, e em algumas ocasiões podem ser evitados sem muito esforço.

O interessante é que podemos economizar muito nestes pequenos gastos, sem deixar de aproveitar seus prazeres.

Que tal tomar um café apenas ao voltar ao trabalho, tomar café da manhã em casa, pedir uma água, repensar se possuir internet no celular é realmente necessário e outros?

Muitas vezes você até contribui com a própria saúde!

Achar que o controle depende apenas de uma única pessoa

Não se iluda com isso!

A não ser que você more sozinho, o controle financeiro faz parte da rotina familiar. Não cabe apenas a uma pessoa fazer a gestão financeira, até porque, em um relacionamento ou em um grupo familiar todos contribuem com os gastos.

Logo, o ideal é tornar o gerenciamento das finanças um hábito. Reserve um tempo do seu dia ou da semana para sentar com todos e avaliar os gastos, despesas, planejar o futuro e assim garantir mais tranquilidade.

Agora que você já sabe quais são os principais erros financeiros pessoais, e como vita-los, não deixe de colocar as dicas em prática

Conclusão

Por fim, saiba como controlar melhor suas finanças. | Imagem: Dinheirama

Por fim, aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Comece hoje!

Não se esqueça de nos acompanhar por aqui.

Até a próxima!

Conteúdo Recomendado

6 erros comuns ao investir em ações

Quer saber como investir em ações de forma correta e segura? Te contamos aqui quais são os erros comuns dos investidores iniciantes. Veja quais são e saiba como evitá-los

Maria Luísa Barbosa

Publicitária de profissão e de coração, estudante de RH, mãe de pet, e, nas horas vagas, amante da arte, do esporte e da moda. Prazer, Malu. (:

Cartões

Como solicitar cartão BTG + Opção Avançada

O cartão BTG + Opção Avançada oferece exclusivo programa de pontos para quem gosta de viajar. Se esse é o seu perfil, veja como pedir o seu!

por

Tathiane Mantovani

Publicado em

| Atualizado em

Cartão BTG + Opção Avançada

Mas, afinal, como funciona o cartão? Fonte: BTG+.

Primeiramente, o cartão BTG + Opção Avançada é internacional com bandeira Mastercard. Por isso, você pode utilizá-lo para fazer compras à vista e parceladas em milhares de estabelecimentos físicos e online credenciados à bandeira dentro e fora do Brasil.

Mas vale destacar que este produto financeiro oferece muitas vantagens, como isenção de rolha, Programa Mastercard Surpreenda, Mastercard Travel Rewards, MasterSeguro de Automóveis, Concierge Mastercard, Mastercard Airport Concierge, Invest+ (opcional), MasterAssist, entre outros benefícios.

Aliás, ficou interessado? Ademais, quer saber como solicitá-lo? Então, continue a leitura e confira!

Solicitar online

Afinal, como solicitar online? Fonte: Pexels.

Para solicitar é necessário ser correntista do Banco BTG+, assim como ter uma renda mínima de R$ 7.000,00. Então, se você se encaixa neste perfil, basta acessar o app da instituição financeira e, em seguida, fazer o processo de solicitação.

Solicitar via telefone

Ademais, não há processo de solicitação via telefone, mas você pode entrar em contato para sanar dúvidas sobre o cartão e o processo pelos números:

  • 3003 9500 (Capitais e regiões metropolitanas);
  • 0800 777 9500 (Demais localidades).

Solicitar pelo aplicativo

Pois o processo de solicitação deve ser feito no app do banco. Ademais, basta acessá-lo, localizar o cartão e preencher o pedido. Em seguida, é necessário aguardar a análise de crédito. Então, se você for aprovado, o cartão BTG + Opção Avançada é enviado para o seu endereço.

Cartão BTG + Opção Básica ou BTG + Opção Avançada: qual escolher?

qual é o melhor cartão? Fonte: Falando de viagens.

Então, se você chegou até aqui, mas percebeu que o cartão BTG + Opção Avançada não atende às suas necessidades. Mas, fique tranquilo! Pois existem diversos produtos financeiros no mercado que podem te atender. Ademais, dentre eles podemos citar o cartão BTG + Opção Básica que oferece benefícios Mastercard Gold. Então, veja as características dos dois cartões e, em seguida, compare-os:

BTG + Opção BásicaCartão BTG + Opção Avançada
AnuidadeIsenta (sem Invest+)
R$ 30,00 (com Invest+)
R$ 15,00 (sem Invest+)
R$ 45,00 (com Invest+)
Renda MínimaSalário mínimoR$ 7.000,00
BandeiraMastercardMastercard
CoberturaInternacionalInternacional
BenefíciosPrograma Mastercard SurpreendaPrograma Mastercard Travel Rewards
Mas, afinal, qual é o melhor cartão?
Continuar Lendo

Em Alta