Finanças

Entenda o que é ROA (Retorno Sobre Ativo)

O ROA indica a capacidade que uma empresa tem para gerar lucro a seus acionistas. Saiba como calculá-lo.

Anúncios

por Fernanda Weber

Publicado em 19/04/2021

ROA

O Retorno Sobre Ativo (ROA) indica a eficiência da empresa. Foto: Unsplash
O Retorno Sobre Ativo (ROA) indica a eficiência da empresa. Foto: Unsplash

O Retorno Sobre Ativo, ou simplesmente ROA, é um importante índice usado para determinar qual é a rentabilidade de um negócio. Com ele, é possível saber se a empresa gera ou não lucro.

Para que se faça a análise do ROA, as empresas comparam seu lucro líquido em relação à seus ativos. Se o resultado estiver elevado, indica mais saúde financeira, caso contrário, a administração precisa reavaliar o que está funcionando ou não.

Assim sendo, este indicador ajuda empresários a medir a eficiência de seus negócios. Bem como ajuda os investidores a saber se vale a pena ou não investir na empresa. 

Portanto, se você tem uma empresa ou pensa em investir, saiba agora, tudo o que você precisa sobre o ROA.

Anúncios

Compreenda este conceito agora

Sem dúvida, o ROA nos ajuda a ter uma visão completa dos ativos que uma empresa possui e se eles são capazes de gerar lucro.

Aqui, cabe lembrar que os ativos são tudo o que a empresa possui, tanto de capital circulante (dinheiro em caixa) quanto de capital imobilizado (prédios, equipamentos, veículos, contratos futuros, etc).

Desse modo, podemos entender que o Retorno Sobre Ativo funciona como um indicador que mede o quanto do que está sendo investido retorna para a empresa em forma de lucro.

Depois de calculado, as empresas podem traçar suas diretrizes para o futuro, avaliar o que funciona ou não e gerir seus ativos com mais eficiência.

O que é e como funciona o ROA?

O ROA está ligado à capacidade do negócio em gerar lucro. Foto: Pexels
O ROA está ligado à capacidade do negócio em gerar lucro. Foto: Pexels

O Retorno Sobre Ativo, ou Return on Assets (ROA), é um instrumento de avaliação da eficiência dos processos e da capacidade de gerar lucros. Além disso, ele também serve para avaliar quanto se ganha ou se perde nos processos produtivos ao longo de um ano.

Dessa forma, com ele é possível avaliar qual é a geração de valor de cada ativo a partir do cálculo do lucro líquido.

Em outras palavras, significa que com o ROA, avalia-se como o lucro líquido (lucro bruto –  despesas operacionais) e o total de ativos conseguem trazer retorno financeiro para uma empresa.

Depois que o cálculo está pronto, a empresa pode comparar seus resultados com sua concorrência para poder determinar o quanto está sendo eficiente ou não. 

Caso seu ROA seja muito menor, é preciso reavaliar todos os ativos e despesas, para entender onde fazer alteração. 

Na medida em que, se o Retorno Sobre Ativo estiver elevado demais, pode indicar duas coisas: 

  • Em primeiro lugar, que a empresa está bem e gerando lucro.
  • Em segundo lugar, se a diferença do ROA for muito grande, pode indicar que a empresa não está investindo na manutenção e troca dos ativos e isso pode gerar problemas no futuro.

Maquininhas C6 Pay: qual é o melhor modelo para o

Conheça todas as funcionalidades e vantagens das maquininhas da C6 Pay e veja como ter a sua sem precisar pagar a taxa de adesão.

Anúncios

Como calcular o ROA?

Calcular o indicador ajuda a entender melhor a empresa. Foto: Pexels
Calcular o indicador ajuda a entender melhor a empresa. Foto: Pexels

Antes de pensar em como calcular o ROA, você precisa entender dois conceitos básicos:

  1. Lucro operacional: que nada mais é do que o lucro bruto menos as despesas operacionais, administrativas e comerciais. Esse é o lucro líquido da empresa e aparece no Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE).
  2. Ativo total médio: ele aparece no Balanço Patrimonial e diz respeito à soma de todos os ativos que a empresa possui, por exemplo: prédios, terrenos, equipamentos, dívidas de clientes, estoque, dinheiro em caixa, etc.

Depois que você estiver em posse desses dois resultados, chega a hora de calcular o Retorno Sobre Ativo:

ROA = lucro operacional / ativo total médio x 100

Vale lembrar que, em geral, esse indicador é calculado para um período de 12 meses.

Por exemplo, se uma empresa apresenta um resultado de R$500 mil em lucro operacional ao longo de um ano e possui 3 milhões em ativos, então o seu retorno será de quanto?

Para saber, basta aplicar a fórmula:

  • ROA = 500.000 / 3.000.000 x 100
  • ROA = 16,66%

Aqui, cabe uma observação: depois que você fizer o cálculo, precisa comparar o resultado com outras empresas do mesmo setor. Isso porque, o Retorno Sobre Ativo adequado para cada negócio depende muito do que ela faz.

Portanto, avaliar números de duas ou mais empresas que façam a mesma coisa é essencial para conseguir medir qual é a capacidade do negócio em transformar os ativos em lucro real.

Como esse indicador afeta uma empresa?

Mesmo que o Retorno Sobre Ativo seja um indicador menos comentado no mundo financeiro, ele ajuda a entender uma série de questões dentro de uma empresa.

Por exemplo, ele pode:

  • Indicar o que está dando certo ou errado.
  • Dar diretrizes para os administradores. Ou seja, ajudar a indicar onde alocar capitais, como investir, traçar objetivos e criar expectativas.
  • Além disso, ajuda a avaliar e comparar a empresa em relação à sua concorrência.

Por fim, vale lembrar que um ROA alto pode indicar que os ativos estão sendo bem aproveitados e são capazes de gerar lucro. Mas, se o valor estiver muito elevado, pode ligar um sinal de alerta pois é provável que haja um problema na renovação dos ativos.

Enquanto isso, se o ROA estiver baixo em relação à concorrência, indica que os ativos são ineficazes em gerar lucro e a empresa precisa reavaliar seus processos.

Qual a importância do ROA para a análise de investimento

Os investidores analisam o ROA para saber quando investir. Foto: Unsplash
Os investidores analisam o ROA para saber quando investir. Foto: Unsplash

Como o ROA indica qual é a saúde financeira da empresa, investidores podem ou não se sentir atraídos pelo negócio de acordo com sua performance. 

Portanto, se o Retorno Sobre Ativo estiver dentro do esperado, as chances dos investidores quererem alocar capital aumenta.

Assim sendo, o ROA é muito importante pois entra na análise fundamentalista de qualquer pessoa que queira comprar ações e investir na sua empresa.

Por meio desse indicador, o investidor decide se está no momento certo de aplicar seu dinheiro na empresa. 

Caso ele considere o Retorno sobre Ativo baixo, as chances de entrar no negócio diminuem. Mas, se o retorno for elevado, é provável que invista sim.

Mas, além desse indicador, os investidores também estão de olho em outros como o Ebitda. Por isso, vale a pena saber mais sobre este outro conceito. Confira no link abaixo mais informações.

Entenda o que é Ebitda

O Ebitda é o lucro da empresa antes de descontar os juros, impostos, depreciações e amortizações. É o lucro da empresa com a sua atividade fim. Saiba mais aqui.

Sobre o autor

Fernanda Weber

Produtora de conteúdos digitais e redatora web com formação na área de Letras. Atua com produção de conteúdos sobre educação financeira e deseja levar seus conhecimentos práticos para mais pessoas e assim ajudá-las a lidar melhor com seu dinheiro.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Empréstimo Consignado BMG ou C6 Consig: qual o melhor?

Está pensando em contratar um empréstimo e não sabe qual escolher? Confira no post de hoje a comparação entre o empréstimo BMG consignado e o C6 Consig

Continue lendo
content

Conta rendeira do PagBank ou poupança: qual rende mais?

Descubra em primeira mão se a conta rendeira do PagBank ou poupança rende mais, e qual é a melhor escolha para cuidar do seu dinheiro.

Continue lendo
content

As principais respostas para 8 perguntas sobre o Original Mastercard

Conheça o cartão de crédito Original Mastercard e saiba qual o tipo perfeito para o seu perfil, além de seus benefícios e programa de cashback.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Cartão de crédito do banco Inter e seu limite inicial

Quer fazer o cartão Inter, mas tem dúvidas sobre o limite? Confira aqui como funciona o limite inicial do cartão de crédito do Banco Inter.

Continue lendo
content

Conheça o financiamento construção Caixa

O financiamento para construção e reforma da Caixa permite contratar crédito de até 80% para ter dinheiro em todas as etapas da obra. Confira!

Continue lendo
content

Como solicitar cartão American Express Gold

Quer um cartão para viajar o mundo inteiro e, ainda, conseguir pontos que nunca expiram? Saiba aqui como solicitar o seu cartão American Express Gold.

Continue lendo