Empreendedorismo

Dropshipping: o que é e como funciona

Dropshipping é uma estratégia de vendas muito útil para a sua loja online crescer no mercado sem precisar produzir e ter estoque. Entenda mais.

Anúncios

por Aline Saes

Publicado em 02/03/2021

É possível ganhar dinheiro com dropshipping?

É possível ganhar dinheiro com dropshipping?
É possível ganhar dinheiro com dropshipping?

Você sabia que nem todos os produtos que uma empresa vende são efetivamente produzidos e entregues por ela? Pois é! E isso é uma técnica que se conhece como dropshipping, e é muito popular entre grandes marcas como Mercado Livre, Ebay e Amazon.

Mas também é bastante popular entre lojas virtuais de pequeno e médio porte. E tem sido cada vez mais a escolha de quem pretende entrar no mercado do e-commerce durante o período da pandemia. Pois em nosso contexto atual as compras pela internet estão crescendo como nunca!

E quem adere a essa técnica de dropshipping consegue aumentar o próprio crescimento ao vender produtos com estoque de outras empresas. E, além disso, as empresas que liberam estoque para o dropshipping também acabam crescendo exponencialmente com o aumento de suas vendas.

Portanto, é uma técnica que possibilita sim ganhar dinheiro! Mas se você ainda não entendeu bem o que é esse tal de dropshipping e gostaria de saber mais, não se preocupe. Pois em nosso artigo reunimos todas as informações de que você vai precisar para isso!

Então, continue com a gente e confira o que separamos para lhe ajudar com seu negócio online de vendas.

Anúncios

O que é Dropshipping?

O que é
O que é

Essa nova forma de vendas tem esse nome vindo da junção de duas palavras do inglês: drop e shipping. Pois drop significa literalmente “deixar” e shipping é a uma palavra para “remessa”, “entrega”.

Ou seja, o dropshipping é literalmente “deixar” a entrega e o estoque de um certo produto por conta de outra empresa, que não é a sua. Assim, as grandes empresas se responsabilizam pelo processo de marketing e venda online dos produtos em seus sites, o que aumenta e muito a visibilidade e as vendas.

Portanto, é um suporte mútuo entre as empresas, com benefícios para ambas. Pois assim, empresas menores ganham maior alcance para suas vendas, e também aquelas que não atuam em peso no e-commerce conseguem comercializar seus estoques. E as empresas maiores não precisam produzir e ter produtos em estoque para vender aos seus clientes. Além disso, contam com uma gigantesca infraestrutura de vendas e suporte ao cliente, coisa que os fornecedores sozinhos dificilmente iriam poder alcançar.

E isso é uma técnica que nem é tão recente, apesar de as pessoas serem mais conscientes sobre isso agora. Por exemplo, as plataformas varejistas de e-commerce extremamente populares como AliExpress e eBay baseiam sua logística de vendas totalmente na técnica de dropshipping.

Muito interessante, não é? E talvez você agora repare mais todas as vezes que for comprar pela internet. Por exemplo, na Amazon você sempre poderá ver em suas compras a informação de quem estoca e entrega o produto, e quem comercializa.

E temos certeza de que isso pode abrir seus olhos para novas possibilidades de negócios. Principalmente se você já é um pequeno empreendedor e possui seu negócio próprio, buscando alavancar suas vendas no e-commerce.

Então, continue lendo, pois vamos explicar de que forma essa técnica acontece na prática. Confira a seguir!

Como funciona o sistema de Dropshipping?

funcionamento
funcionamento

O sistema de dropshipping funciona com uma lógica de comunicação entre a plataforma de e-commerce e os fornecedores dos produtos que estão à venda pela plataforma online.

Ou seja, existe uma interligação entre quem faz o marketing e a exposição do produto, a venda e quem vai estocar e realizar as entregas daqueles produtos. E isso pode ocorrer inclusive internacionalmente, entre empresas que se localizam em diferentes países.

Mas para que você entenda ainda melhor, confira a seguir o passo a passo de um sistema logístico de dropshipping:

  1. A plataforma de e-commerce (como Amazon, Mercado Livre, Submarino, etc), realiza uma parceria com uma empresa fornecedora de determinados produtos. 
  2. A plataforma online de vendas fica responsável pela projeção do produto na internet, com propaganda, suporte online, e toda a parte que concerne aos trâmites de lidar com o cliente na compra;
  3. A fornecedora fica responsável pela organização do estoque e por toda a logística em relação ao transporte e envio das mercadorias que o cliente adquiriu através da plataforma online de vendas da e-commerce;
  4. Dessa forma, a plataforma online de vendas lucra através da diferença entre o preço que divulga e cobra do cliente, e o preço original que o fornecedor cobra. Por exemplo, o fornecedor cobra 400 reais por uma poltrona e o e-commerce vai divulgar aquele produto por 440 reais, tendo uma margem de lucro de 10%.

Então, viu só como a logística do dropshipping é bem mais simples do que provavelmente você estava esperando? E é por isso que está cada vez mais em uso no setor de e-commerce no Brasil e no mundo todo.

Anúncios

Quais os riscos do dropshipping?

riscos
riscos

A técnica de vendas através do dropshipping envolve toda uma logística entre duas empresas parceiras, certo? Então, haverá condições de risco diferentes para cada uma delas, assim como diferentes vantagens. Vamos explicar melhor, a seguir.

Para que o dropshipping ocorra da melhor forma, é preciso que exista um acordo totalmente transparente entre vendedores e fornecedores. Em geral, as e-commerces irão prospectar os possíveis fornecedores e suas listas de produtos disponíveis, para em seguida proceder com o contrato de dropshipping entre eles.

Além disso, é preciso estar atento a questões como localização e sortimento, pois tudo isso vai influenciar na precificação dos itens. E consequentemente vai definir o quanto os preços finais serão atraentes para os clientes.

Também existem os riscos de ambas as empresas obterem uma margem de lucro pequena. Ou de que ocorra alguma falha de acompanhamento e comunicação entre a plataforma de venda e a empresa fornecedora que está realizando a entrega do produto. E isso pode gerar problemas com o cliente, prejudicando a reputação de ambas as empresas.

Portanto, todos os deveres e obrigações de ambas as partes devem estar sempre muito claros no caso de ser preciso reverter conflitos com os clientes. Então, é preciso ter certeza de que todas as informações estão muito bem interconectadas entre vendedora e fornecedora.

E para facilitar seu processo de escolha ou não pela logística do dropshipping para o seu negócio, apresentamos uma lista com alguns e-commerces de referência nesse sistema:

  • AliExpress;
  • LightInTheBox.com;
  • DHgate.

Além disso, é possível conversar diretamente com fornecedores dos diferentes setores de produtos. Assim poderá saber melhor sobre as condições do dropshipping que praticam e com quem.

O que vender no dropshipping?

image

Para quem pensa em abrir agora uma loja virtual, e também que já possui um negócio, o dropshipping pode ser a aposta ideal. Pois essa forma de logística de vendas facilita também todo o processo de escolha dos produtos para comercializar.

Já que bastará que você pesquise e encontre os melhores fornecedores para aquele tipo de produto que está em busca de vender na sua loja virtual. E também você precisará escolher qual tipo de dropshipping quer para a sua loja, podendo ser:

  • Internacional – em que você realiza um contrato de dropshipping com empresas de fora do país. Em geral há muitas empresas que fazem dropshipping com fornecedores chineses, por exemplo;
  • Nacional – nessa modalidade você faz a parceria de vendas com fornecedores do Brasil todo.

Em geral os empreendedores iniciantes optam por dropshipping nacional, e podem ter boas vendas nos seguintes setores de produtos:

  • Vestuário: setor sempre muito forte, bastando encontrar o fornecedor ideal para a identidade de sua loja virtual. O setor de roupas femininas, camisetas personalizadas, etc;
  • Produtos do mercado fitness: O nicho fitness está em amplo crescimento. Portanto, produtos como roupas de ginástica, faixas de exercícios, tapetes de yoga, acessórios relacionados ao mundo fitness, personalizáveis ou não, etc;
  • Acessórios para casa: Também é bastante interessante o nicho de acessórios para a casa, seja decoração ou para acessórios de cozinha, porta retratos, etc;
  • Pets: o nicho Pet está crescendo muito! Portanto, lojas que se especializam em comercializar acessórios e brinquedos para os animais de estimação estão totalmente em alta! Inclusive acessórios personalizáveis relacionados aos pets.
  • Auto-cuidado e beleza: este nicho está sempre em alta! E seja através de cosméticos, maquiagem ou bijuterias, semi-jóias, etc.

Quanto se ganha com dropshipping?

Quanto se ganha com dropshipping?
Quanto se ganha com dropshipping?

É difícil dizer com precisão o quanto você vai ganhar se começar a trabalhar com a logística de dropshipping. Então, o essencial é entender que existem alguns fatores que vão influenciar fortemente os seus rendimentos com suas vendas.

Portanto, leve sempre em consideração:

  • Sua localização;
  • Qual foi o nicho que você escolheu para trabalhar;
  • E como será o seu estilo de marketing;
  • Também, que são seus fornecedores e produtos.

Assim, ao analisar todos esses fatores, você conseguirá ter uma ideia de qual seria sua renda média como varejista de dropshipping. Mas para ter mais noção, também procure conhecer as experiências de empreendedores que atuam na mesma área que você escolheu.

Como trabalhar legalmente com dropshipping?

Como trabalhar legalmente com dropshipping?
Como trabalhar legalmente com dropshipping?

É preciso ter bastante atenção quando for dar início ao seu negócio com o dropshipping. Primeiro, a busca por fornecedores devidamente legais é essencial! E se você já sabe quais produtos quer vender, sempre contate o fabricante original para conseguir descobrir fornecedores de qualidade e dentro da legalidade.

Dessa forma, você não se arrisca a cair em golpes com fornecedores ilegais, de produtos falsificados, piratas, ilegais, etc. Portanto, é importante manter sempre a cautela em relação a fornecedores para sua parceria de dropshipping, pois podem existir golpistas que vão tornar seu negócio ilegal sem você se dar conta à tempo.

Abrindo sua empresa

Abrindo sua empresa
Abrindo sua empresa

Para que seu negócio seja totalmente legal no Brasil, é preciso que o dropshipping não esteja sendo gerenciado por pessoa física. Mas sim por uma empresa que irá atuar como uma intermediadora de importação.

Portanto, é preciso que você se registre como Pessoa Jurídica dentro da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) como Comissária de Despachos (5250-8/01). Porém, você não poderá se registrar como um Microempreendedor Individual (MEI), será preciso se formalizar na modalidade micro ou pequena empresa.

Para a microempresa (ME) a receita bruta anual deverá ser igual ou inferior a 360 mil reais. Já para a categoria de Empresa de pequeno porte (EPP) a receita bruta anual deve estar entre 360 mil reais e 3,6 milhões de reais.

E atendendo a estes pré-requisitos, a empresa poderá atuar como Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (Eireli), que tem apenas um sócio e demanda 100 vezes o valor de um salário mínimo para começar a funcionar com registro.

Já em relação aos impostos, esse tipo de atividade que engloba o dropshipping pode optar pelo Simples Nacional como seu regime tributário. Assim, vai utilizar a tabela de alíquota segundo o Anexo VI.

Melhores empresas de empréstimo online

Conheças as 14 melhores empresas para você fazer empréstimos totalmente online

Dropshipping internacional

Dropshipping internacional
Dropshipping internacional

E se a sua loja virtual quiser utilizar a modalidade internacional de dropshipping, ou seja, fazer parceria com fornecedores de fora do Brasil, você precisará:

  • Realizar cadastro junto ao Ambiente de Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros (Radar), da Receita Federal;
  • Preencher uma Declaração de Importação (DI) com os tipos de mercadorias que você pretende importar no exterior através dos seus fornecedores;
  • Arcar com taxas diversas, como contrato de câmbio com uma instituição financeira, a conversão de moedas para pagar seus fornecedores e tributos. Impostos como o Sobre a Importação de Produtos Estrangeiros (II), IPI, PIS/Confins e ICMS

Estratégias para uma boa gestão

Estratégias para uma boa gestão
Estratégias para uma boa gestão

Caso você tenha ficado com muito interesse em adotar a técnica de dropshipping para o seu negócio de vendas online, é a hora de botar em prática seu plano de negócios. Portanto, tenha sempre em mente as seguintes estratégias para sua loja virtual:

  • Sempre deixe tudo muito claro aos clientes sobre o estoque, e a forma de entrega que é de responsabilidade do fornecedor;
  • Além disso, informe a possibilidade de atrasos, principalmente para produtos que serão importados do exterior;
  • Prefira sempre vender produtos que possam ser facilmente rastreados por você e pelo cliente durante o processo de entrega;
  • Também é essencial que você invista bastante em uma boa estratégia de vendas, com o marketing digital nas redes sociais, por exemplo;
  • E, lembre-se, jamais faça promessas ao cliente que você talvez não possa cumprir mais tarde. Mantenha uma boa comunicação com seu cliente e uma boa reputação online;
  • Finalmente, tenha sempre em mente que é essencial um bom planejamento de suas finanças. Pois assim terá a manutenção da saúde financeira do seu negócio. Pois fazer uma boa gestão financeira irá impactar positivamente no crescimento do seu negócio.

Agora é só começar a sua empresa

Agora é só começar a sua empresa
Agora é só começar a sua empresa

E assim chegamos ao fim de nosso artigo exclusivo sobre a logística de vendas online através do dropshipping. Então, o que achou? Está se sentindo mais pronto para começar o seu próprio negócio online com os fornecedores certos?

Portanto, é hora de colocar tudo o que aprendeu com nosso artigo em prática. Mas sempre buscando manter-se na legalidade, com bons fornecedores. E mantendo uma boa relação tanto com sua distribuidora como com seus clientes.

Então, estude bastante todas as regras para legalizar suas atividades, entenda suas vantagens e riscos ao atuar com dropshipping. Conheça bem o mercado em que vai se inserir, buscando sempre mais conhecimento e orientação.

E aí, vai encarar o desafio e começar um novo negócio online com o dropshipping? Pois desejamos sorte, organização do seu negócio, uma boa estratégia financeira e, claro, excelentes vendas!

SOLICITAR ONLINE

35 dicas para ganhar dinheiro em casa

Conheça estratégias para começar a ganhar sem sair de casa!

Sobre o autor

Aline Saes

Mestre em História Social pela USP, com ênfase em História das Mulheres. É escritora autônoma para variados nichos desde história e finanças, até beleza e saúde. Sempre apaixonada pela escrita, tem como missão levar informação para as pessoas de forma simples e atrativa. Vê a importância em saber mais sobre a sociedade e tudo que nos cerca.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Confira o cronograma de inscrição para os processos seletivos do Sisu, Prouni e Fies

O MEC já divulgou o cronograma Sisu, Prouni e Fies para 2022 para quem prestou o ENEM em 2021. Não perca tempo e confira agora mesmo!

Continue lendo
content

Como solicitar o cartão Gbarbosa

O cartão GBarbosa oferece cobertura internacional e diversos benefícios exclusivos, como descontos e parcelamentos. Veja aqui como solicitar o seu!

Continue lendo
content

O Senhor Finanças comparou o Superdigital a outras opções de cartão

O cartão Superdigital é isento de anuidade e possui boas vantagens, veja a comparação entre ele e outros similares: Santander SX e Nubank.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Quanto é o valor de um seguro de vida?

Ter um seguro de vida é muito importante e pode garantir a segurança financeira da sua família. Te contamos tudo sobre isso. Clique e confira!

Continue lendo
content

Qual o melhor cartão do Sicredi?

Os cartões Sicredi são ideais para aqueles que prezam por benefícios exclusivos em viagens. Confira os modelos abaixo e veja qual melhor cartão Sicredi!

Continue lendo
content

Programa ProUni: tire suas dúvidas

O programa ProUni é uma inciativa do MEC que dá aos estudantes a possibilidade de ingresso na faculdade com bolsas integrais e parciais. Veja!

Continue lendo