Educação financeira

Como limpar nome com pouco dinheiro?

Está com o nome sujo e não sabe o que fazer? Aqui te explicamos como limpar o seu nome e quitar sua dívida com apenas R$100 reais!

Anúncios

Como limpar nome

Como limpar nome

Limpar nome é o objetivo de muitos brasileiros. Afinal, são mais de 61 milhões de brasileiros que começaram o ano de 2020 com alguma conta atrasada.

Aliás, essas são informações do relatório gerado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Ter o “nome sujo” significa que o seu CPF está negativado em algum dos órgãos de restrição de crédito, como SPC e Serasa. Para limpar nome, você pode quitar à vista ou tentar um acordo com o credor ou empresa que está realizando a cobrança.

Assim, em caso de um acordo, o seu CPF deverá ser retirado da lista de negativados em até 5 dias úteis após o pagamento da primeira parcela.

Pensando em auxiliar os brasileiros, a Serasa lançou um campanha que permitirá que negativados quitem suas dívidas por apenas R$100 reais. Então, se você quer limpar o seu nome com pouco dinheiro, agora é sua hora.

Logo, se você tiver algum débito em aberto entre R$200 reais e R$1000 reais com as empresas Santander, BMG, Recovery, Tricard, Credsystem ou Ativos S.A, você pode quitá-los por apenas R$100 reais.

Ademais, com a extensão do prazo da campanha que iniciou em julho desse ano, serão mais de 25 milhões de dívidas que poderão ser quitadas diretamente pelo site da Serasa Limpa Nome.

Mas, como você deve fazer para limpar o seu nome?

Consulte o seu CPF

Anúncios

Consulte o seu CPF

Primeiramente, para limpar nome você precisa conferir o seu CPF. Então, verifique se ele está restrito no Serasa e quais são as dívidas responsáveis por isso.

Aliás, aproveitamos para ressaltar que dívidas não caducam. Ou seja, após 5 anos o seu nome será retirado do órgão de proteção, mesmo se a dívida não for paga. Contudo, será muito mais difícil para você conseguir crédito no mercado, como por exemplo um empréstimo ou financiamento.

Assim, você só terá acesso a empréstimo consignado. Então, se você não for um funcionário público, pensionista ou aposentado pelo INSS ou trabalhar com carteira assinada, será muito difícil conseguir uma oferta de crédito.

Entretanto, sabemos que imprevistos podem acontecer. Logo, se você não possuir uma reserva financeira, nem trabalho forma, e estiver passando por uma situação financeira difícil com o “nome sujo”, precisará pensar fora da caixa.

Aliás, 56,2% dos endividados tem sua saúde mental comprometida, ainda segundo dados do SPC e CNDL. Por isso, limpar o seu CPF é tão importante.

Sendo assim, na sequência, saiba como limpar o seu nome com pouco dinheiro. Continue lendo!

Como limpar nome com pouco dinheiro?

Como limpar nome com pouco dinheiro?

Conforme mencionamos, a Serasa iniciou uma campanha para que os inadimplentes quitem suas dívidas por apenas R$100 reais. Assim, serão em torno de 5,5 milhões de brasileiros contemplados.

Primeiramente, para você conseguir limpar nome precisa entrar no site Serasa Limpa Nome. Em seguida, insira o seu CPF e senha. Aliás, se não possuir um cadastro, não se preocupe! Basta fazer um na hora.

Depois, confira quais são as ofertas disponíveis para o seu CPF e realizar a negociação diretamente pelo site. Logo, se o valor couber no seu bolso, basta emitir o boleto e realizar o pagamento.

Pronto, o seu nome está limpo de novo!

Mas, como saber se o valor vai caber no seu bolso? Explicaremos a seguir. Acompanhe!

Avalie sua situação financeira

Anúncios

Avalie sua situação financeira

Primeiramente, você precisa avaliar sua situação financeira. Assim, liste todos as despesas que você possui. Tanto as fixas como as variáveis.

Despesas fixas podem ser: moradia (aluguel, condomínio), água, luz, gás, plano de saúde, medicamentos, internet, plano de TV ou telefone, educação e outra conta que você pague mensalmente e seja um serviço essencial.

Em seguida, liste suas despesas variáveis, como: alimentação, transporte, limpeza da casa, restaurante, viagens, férias e outras atividades de lazer.

Por fim, liste todos os empréstimos, financiamentos e parcelamentos que você possui. Aliás, ressaltamos que mais de 30% dos brasileiros não sabem quanto gastam por mês no cartão de crédito, nem com o quê, especificamente.

Por isso, lembre-se de que o cartão de crédito não é uma despesa, mas uma forma de pagamento. Então, se você pagou o supermercado com o cartão, a despesa entra na categoria “Alimentação” e não categoria “Cartão de Crédito” (que não deve existir) em seu planejamento financeiro.

Agora que você sabe os seus gastos, compare com o que você ganha. Como todo mundo sabe, sua receita precisa ser maior do que a despesa. Entretanto, não é tão fácil colocar na prática, não é mesmo?

Quando não se tem disciplina e um planejamento é difícil, sim. Por isso é tão importante que você se organize financeiramente, otimizando seus recursos, reduzindo ou eliminando despesas e separando 30% da sua renda líquida mensal para pagar suas dívidas.

Realize seu cadastro no Feirão Serasa Limpa Nome

Realize seu cadastro no Feirão Serasa Limpa Nome

Além da nova campanha do Serasa, você também pode conferir o Feirão Serasa Limpa Nome.

Assim, você pode se cadastrar diretamente a partir do seu login no Facebook ou no Google. Em seguida, precisará acrescentar alguns dados como CPF e telefone. Depois, receberá um SMS para validar o seu perfil.

Logo, na primeira página você consegue verificar o seu score de crédito, a pontuação varia entre 0 a 1000. Quanto maior, melhor. Esse score define o seu comportamento como consumidor, e se você é um bom ou mau pagador.

Ademais, para conferir as ofertas para você, basta clicar em “Negocie suas dívidas”. Caso você tenha alguma oferta, aparecerão propostas de acordos para você em formato de lista.

Assim, para visualizá-las você precisa clicar em “Ver oferta”. Caso ela esteja de acordo com sua condição financeira e planejamento, basta selecionar a data de pagamento e clicar para emitir boleto.

Assim como na próxima tela você visualizará um resumo da oferta com todos os detalhes. Se tudo estiver correto, basta clicar em “Concluir acordo”.

Então, o boleto será encaminhado para seu e-mail. Aliás, você precisa pagar o boleto até a data de vencimento, caso contrário, o acordo será dado como quebrado.

Aprenda a negociar suas dívidas

Negocie sua dívida

Conforme mencionamos, pode ser que você não seja capaz de pagar sua dívida de uma vez só. Sendo assim, você deve considerar negociá-la.

Para isso, você precisa ter um planejamento financeiro e saber o limite que você pode pagar de parcela. Lembre-se de que 30% é o máximo que recomendamos. Caso contrário, você pode acabar entrando no ciclo do superendividamento. Logo, um acordo precisa ser bom para os dois lados.

Caso o credor não esteja oferecendo um bom negócio, você pode optar pela portabilidade de crédito. Assim, conseguirá um empréstimo com outra financeira que forneça melhores condições. Ou seja, uma parcela menor, uma taxa de juros inferior, maior prazo de pagamento, etc.

Aliás, ressaltamos que você precisa considerar o Custo Total Efetivo da operação para comparar as condições. Uma dívida cara é aquela que tem uma taxa de juros elevada, e não apenas a que tem o maior valor a ser pago.

Como regularizar sua situação?

Como regularizar sua situação?

Conforme mencionamos, para poder regularizar a sua situação você precisa saber, em primeiro lugar, como está o seu CPF. Muita gente não sabe que o nome está negativado ou quais são as dívidas em aberto.

Por isso, recomendamos que você confira sua situação junto ao Serasa. É gratuito!

Depois de verificar quanto você deve e quais são as ofertas disponíveis, você precisa comparar com o seu orçamento familiar e sua capacidade de pagamento.

Descubra qual o limite máximo que você pode dispender para quitar suas dívidas. Aliás, recomendamos que você utilize um aplicativo de gestão de finanças pessoais para facilitar essa organização.

Assim, com essas informações você vai conseguir negociar sua dívida e até mesmo conseguir descontos e redução dos encargos e multa. Aliás, algumas vezes ao refinanciar o credor pode até retirar esses valores.

Limpar nome de cheque sem fundo

Limpar nome de cheque sem fundo

Um dos motivos para o seu nome estar sujo é o cheque sem fundo. Assim, muitas vezes você nem sabe que essa situação ocorreu.

Quando o seu cheque é devolvido duas vezes pelo banco, a instituição financeira pode pedir que o Banco Central inclua seu nome no Cadastro de Emitentes de Cheque sem Fundo (CCF).

Assim, para regularizar essa situação você precisa buscar a pessoa, loja ou empresa para qual você emitiu cheque e quitar sua dívida. Ou então, negociar.

Logo, você receberá um recibo de pagamento. Aliás, destacamos que ele precisa conter a data de pagamento, valor, número do cheque, nome, CPF, RG e a assinatura de quem recebeu.

Depois, você deve ir até o banco com o cheque em mãos juntamente com o recebido. Na sequência, precisa pagar as taxas pendentes (você pode ter que pagar uma taxa por conta da devolução do cheque, inclusão no CCF e pela exclusão também).

Por fim, exija que o banco também emita um recibo de pagamento. Essa é a comprovação que você terá para que seu nome seja limpo. O banco tem até 5 dias úteis para retirá-lo do cadastro.

Título protestado

Título protestado

Primeiramente, destacamos que cheques e notas promissórias são títulos que podem ser protestados. Tanto a empresa ou a pessoa nomeada.

Assim, o cartório irá receber o protesto do título e enviará uma carta de notificação. Você terá o prazo de 48 horas para regularizar sua dívida.

Logo, precisará ir até o cartório e verificar quem registrou o título. Em seguida, procure essa pessoa ou empresa para renegociar a dívida. Você pode pagar à vista ou tentar um parcelamento.

Depois disso, você precisará de um recibo de pagamento, assim como no caso do cheque sem fundo, com todas as informações.

Então, irá ao cartório outra vez com o recibo em mãos para realizar o pagamento da taxa e limpar nome.

Assim como nos outros casos, a exclusão do seu nome deve ser realizada em até 5 dias úteis.

Carnê de loja atrasado

Carnê de loja atrasado

Se você está com um carnê de loja atrasado, seu nome pode ser negativado. Então, você precisará negociar a dívida diretamente com a loja para limpar nome.

Se você não cumprir o acordo, seu nome voltará para à lista de inadimplentes e seu CPF ficará restrito outra vez.

Cartão de crédito ou empréstimo

Cartão de crédito ou empréstimo

Conforme mencionamos, essa é a dívida mais comum do brasileiro: cartão de crédito. Ademais, as taxas de juros do crédito rotativo e do cheque especial são muito altas.

Por isso, quitar a dívida do cartão deve ser sua prioridade. Caso não consiga quitá-la, deve renegociar imediatamente. Sendo assim, confira se possui alguma oferta ou desconto. Em caso negativo, tente um refinanciamento ou então, faça a portabilidade de crédito.

Se você está inadimplente por conta de um empréstimo precisa tomar cuidado com o superendividamento!

Assim, você deverá renegociar a dívida, propondo um acordo com uma parcela que caiba no seu bolso, tentando reduzir a taxa de juros e aumentar o prazo de pagamento. Aliás, também tente um desconto e eliminar os encargos e a multa.

Logo, depois que você quitar a dívida ou pagar a primeira parcela do acordo, o seu nome deverá ser retirado dos órgãos de restrição ao crédito em até 5 dias úteis.

E a dívida caduca?

E a dívida caduca?

Conforme mencionamos, se você não realizar o pagamento de uma dívida em até 5 anos, ela caduca. Assim, a instituição deve retirar o seu nome dos órgãos de restrição de crédito.

Contudo, isso não significa que essa dívida não existe mais. A empresa ainda poderá cobrar esse valor por meios extrajudiciais. Tais como: propostas de acordo, cartas, ligações, etc.

Ademais, a instituição pode optar por uma ação na justiça antes da dívida caducar. Nem que seja um dia. Você pode perceber que, normalmente as instituições contratam agentes de cobrança para que esse prazo não seja perdido. Então, atualmente, dificilmente uma dívida caduca.

Além disso, mesmo que sua divida caduque, continuará no seu histórico e influenciará no seu score de crédito. Assim, você terá “fama” de mau pagador e sua situação financeira ficará mais complicada.

Por isso, faça um planejamento financeiro. Nunca é tarde demais para limpar o seu nome, nem para começar a administrar o seu dinheiro de maneira inteligente.

Assim, você consegue quitar suas dívidas, manter sua saúde mental e até mesmo construir uma reserva financeira.

Faça o dinheiro trabalhar para você e não o contrário. Conheça outras estratégias para limpar seu nome? Clique no botão abaixo.

Em Alta

content

Conta Itaú ou Conta Santander: qual a melhor?

Se você está procurando um banco para abrir a sua conta, que tal conhecer a Conta Itaú ou Conta Santander? Leia este post e confira!

Continue lendo
content

Conheça o cartão de crédito Bahamas

Conheça todas as características gerais do cartão de crédito Bahamas bem como suas vantagens e desvantagens. Descubra se é uma boa opção para você.

Continue lendo
content

Conheça o Empréstimo pré-aprovado Claro Smartcred

Conheça o empréstimo pré-aprovado Claro Smartcred, quais são suas características gerais e requisitos para solicitação e descubra se é ideal para você.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Conheça o empréstimo pessoal Just

O empréstimo pessoal Just é uma ótima opção de crédito para você conseguir dinheiro rápido. Leia este post e saiba tudo sobre ele.

Continue lendo
content

Conta conjunta digital: como abrir a sua

A conta conjunta digital é uma opção prática, especialmente para os casais que querem organizar as finanças. Veja aqui como abrir a sua.

Continue lendo
content

Como solicitar o Financiamento Imobiliário Credipronto

Veja como solicitar o financiamento imobiliário Credipronto e financie até 90% da sua casa própria ao longo de 30 anos com juros baixos.

Continue lendo