Educação financeira

Como evitar o acúmulo de dívidas no cartão de crédito

O acúmulo de dívidas no cartão de crédito pode ser facilmente evitado com planejamento e maior controle dos seus gastos e parcelas. Confira!

Anúncios

por Aline Saes

Publicado em 04/05/2021

Como não ficar endividado?

Como não ficar endividado?
Como não ficar endividado?

Sabemos que muitas pessoas encontram muitas dificuldades na hora de manter um bom controle sobre suas finanças, especialmente quando se trata do cartão de crédito. Pois este produto financeiro é um dos que mais trazem problemas de endividamento aos brasileiros, justamente pela facilidade de gastar mais do que se ganha. Mas, afinal, como evitar o acúmulo de dívidas no cartão de crédito?

Assim, é preciso primeiro entender que o cartão de crédito precisa fazer parte dos seus aliados na organização financeira, e não um inimigo. Pois a maioria das pessoas ainda coloca o cartão como uma despesa, e não apenas mais uma forma de pagamento que existe para ocasiões específicas.

Então, ao acumularem gastos em excesso no cartão, acabam perdendo o controle dos parcelamentos e do valor final da sua fatura no crédito. Assim, as pessoas acabam gastando mais do que podem pagar, e caem nos juros do crédito rotativo ao parcelar o valor total da fatura do cartão.

Mas as taxas de juros do rotativo do cartão estão entre as maiores do mercado brasileiro. Portanto, é preciso aprender a se organizar de modo a não chegar a esse resultado, você não acha?

Assim, reunimos neste artigo tudo o que você precisa entender para lhe ajudar a acabar de vez com as suas dívidas do cartão de crédito, como uma boa organização financeira, planejamento e controle dos parcelamos.

Mas tem muito mais, então continue com a gente e confira a seguir!

Anúncios

Como usar cartão de crédito?

Nós sabemos que o cartão de crédito se tornou um produto financeiro essencial na vida da maioria das pessoas. Assim, seja para compras de altos valores que precisam de parcelamento, ou para a assinatura de serviços recorrentes, o cartão de crédito pode ser um bom aliado em sua organização financeira.

Mas, infelizmente, muita gente ainda não sabe como usar o cartão de crédito de maneira eficiente e positiva. Assim, ele acaba se tornando mais um inimigo e uma despesa estressante, do que uma forma alternativa de pagamento que facilita as nossas vidas.

Entretanto, existem algumas mudanças de atitudes na maneira de usar um cartão, que vão facilitar que não ocorra o acúmulo de dívidas no cartão de crédito. Mas como? Pois reunimos algumas dicas para facilitar esse processo todo, basta continuar lendo e conferir a seguir.

Pague sua fatura antes do vencimento

Pois é, não adianta apenas ser pontual e pagar na data de vencimento a sua fatura, já que isso traz maiores riscos de esquecimento. Mas claro que conseguir pagar em dia é algo positivo, porém antecipar o pagamento da sua fatura é uma forma eficiente de evitar o acúmulo de dívidas no cartão de crédito.

Assim, você evitar riscos de esquecer e acabar caindo nas multas e taxas de juros do crédito rotativo do cartão. Portanto, o ideal é agendar o pagamento com antecedência, para que não exista a menor chance de se esquecer, ok?

Anúncios

Crie um valor máximo para sua fatura

Essa dica é valiosa e pode fazer parte do seu planejamento financeiro mensal. Assim, você já tem uma noção de quais são seus gastos recorrentes no cartão, e consegue estabelecer um limite máximo para o valor da sua fatura.

Ou seja, estipule mensalmente quais são os valores que irão cair no cartão de crédito de maneira recorrente, como:

  • parcelamentos em aberto de compras anteriores;
  • assinaturas de serviços mensais;
  • compras anteriores que só cairão na fatura atual.

Assim, você já tem uma base para o valor médio da sua fatura, e consegue estipular um teto de gastos com uma folga para gastos supérfluos ou pontuais. Ou seja, aqueles gastos inesperados por impulso ou que não se repetem nas próximas faturas necessariamente.

Então, após estabelecer esse valor máximo da sua fatura, crie o compromisso de verificar se a fatura não está acima disso. Assim, mantenha um controle e vá anotando seus gastos extras no cartão.

Pois assim não haverá surpresas na hora de agendar o pagamento da sua próxima fatura. Ademais, você praticamente zera os riscos de cair no rotativo do cartão de crédito, e de endividamento com altas taxas de juros. Muito bom, né?

Compre à vista para evitar o acúmulo de dívidas no cartão de crédito

Pois, como dissemos, o cartão de crédito precisa ser um aliado para pagamentos que necessariamente precisam ocorrer através de crédito. Por exemplo, assinatura de serviços mensais que requer cartão de crédito, ou aquela revisão anual do seu carro que tem alto valor e não tem como pagar à vista.

Mas se você vai fazer compras pontuais que não precisam necessariamente ocorrer através do crédito, procure sempre pagar à vista no débito. Assim, você sente de imediato o efeito daquele gasto, e evita os excessos pela falta de controle que o crédito pode causar.

Por exemplo, se você vai ao shopping e compra 300 reais em roupas no crédito, aquele gasto não essencial passa despercebido no mês e você só vai sentir a falta desse dinheiro na hora de pagar a fatura. 

Entretanto, se você gastar 300 reais no débito, vai sentir imediatamente os efeitos daquele gasto e irá diminuir seus próximos gastos para compensar naquele mês. Então, viu só a diferença?

Evite emprestar seu cartão para terceiros

Sabemos que às vezes é preciso dar uma ajuda financeira aos familiares e até mesmo aos amigos. Entretanto, emprestar seu cartão de crédito para terceiros pode acabar te trazendo muita dor de cabeça na forma de dívidas.

Então, procure evitar. Mas se for realmente necessário dar essa ajuda, mantenha o controle sobre estes gastos extras e tenha a certeza de que vai conseguir arcar com o pagamento da fatura antes mesmo de emprestar o cartão, ok?

Ademais, deixe a pessoa sabendo que é uma exceção, e que emprestar o seu cartão de crédito não pode, de jeito nenhum, se tornar um hábito daquela pessoa. 

Cuidado ao fazer compras online

Pois na internet nem sempre você estará realmente seguro ao fornecer os dados do seu cartão de crédito para compras. Então, é importante prestar atenção para não acabar com acúmulo de dívidas no cartão de crédito que nem são suas!

Assim, ao prestar mais atenção você evita cair em golpes e que alguém vá roubar os seus dados pela internet ao realizar compras. Mas para isso é preciso ficar de olho nas seguintes coisas:

  • Procure usar o seu cartão de crédito virtual. Pois a maioria dos cartões agora conta com uma versão exclusivamente virtual, com dados de segurança únicos que mudam a cada 24 horas. Assim, se ocorrer algum roubo de dados, você poderá excluir esse cartão e gerar outro rapidamente, sem toda a dor de cabeça dos cartões físicos.
  • Observe se aquele site oferece uma plataforma segura para pagamentos online, como PagSeguro ou PayPal. Ademais, verifique se na barra do navegador aparece um cadeado ao lado do endereço do site, o que atesta para a segurança daquela página onde você vai fornecer os dados do seu cartão de crédito.

Viu só como pequenas atitudes podem fazer toda a diferença na hora de evitar o acúmulo de dívidas no cartão de crédito? Mas, se por acaso agora já existem muitas dívidas no seu cartão, não se preocupe.

Pois abaixo nós reunimos algumas boas dicas de como se livrar da dor de cabeça das dívidas que já existem no seu cartão. Então, continue lendo e confira!

Como limpar o nome online agora mesmo

Descubra agora como limpar seu nome online. Siga os passos nesse artigo se você deseja limpar seu nome na praça, para que possa ter acesso a mais opções!

Como se livrar da dívida do cartão de crédito?

Como se livrar da dívida do cartão de crédito?
Como se livrar da dívida do cartão de crédito?

Para conseguir se livrar do estresse de ter dívidas com altas taxas de juros, como é o caso do rotativo do cartão de crédito, é preciso planejamento e disciplina. 

Mas calma! Pois aqui vamos lhe ajudar com as soluções para esse problema, como investir na melhor forma de parcelamento, através de empréstimos com melhores condições de pagamento ou no corte de gastos.

Então, confira abaixo algumas dicas importantes para sair da armadilha do acúmulo de dívidas no cartão de crédito.

Procure por melhores formas de parcelamento da fatura

Quando a dívida da fatura do cartão de crédito chega e percebemos que não vamos conseguir pagar ela em sua totalidade, pode bater um desespero. Mas há formas de conseguir parcelar sua fatura com melhores condições de pagamentos.

Assim, é preciso planejar uma estratégia de pagamento que lhe renda menores taxas de juros possíveis. Mas sabemos que isso pode ser difícil já que o rotativo do cartão de crédito possui a segunda taxa de juros mais alta no Brasil, perdendo apenas para o cheque especial.

Entretanto, é possível! Mas para isso, é preciso entrar em contato com a emissora do seu cartão de crédito, e solicitar o valor do Custo Efetivo Total (CET) da sua fatura. Assim, pode negociar diretamente com a operadora do cartão o parcelamento da dívida como um acréscimo em cada uma das demais faturas a pagar. 

Ademais, fuja de pagar apenas o mínimo e parcelar o resto, pois isso causa taxas de juros altas para as próximas parcelas. Entretanto, poderá ser uma opção caso você já vá conseguir quitar sua dívida na segunda parcela da fatura.

Solicite um empréstimo com melhores taxas de juros

Mas, como assim fazer um novo empréstimo vai ajudar a me livrar do acúmulo de dívidas no cartão de crédito? Pois é exatamente isso!

Assim, em casos em que a proposta de parcelamento da fatura em aberto que a operadora do cartão de crédito lhe enviar não pareça boa o suficiente, há outra saída. Pois você pode procurar por uma modalidade de empréstimo pessoal que cobre juros mais baixos do que o rotativo do cartão de crédito.

Então, ao encontrar um empréstimo que vá lhe render menores taxas de juros e CET, você consegue pagar o valor integral da sua fatura e terá parcelas menores com a credora. Por exemplo, as modalidades de empréstimo com garantia, pessoal e consignado oferecem boas condições e taxas de juros mais baixas para você.

Mas atenção: sempre realize uma boa pesquisa entre as opções de instituições financeiras, já que as condições de empréstimo variam bastante entre elas. Ademais, tenha certeza de que negociou de todas as formas a sua dívida com a operadora do cartão de crédito antes de apelar para um empréstimo.

Controle melhor os seus gastos e evite acúmulo de dívidas no cartão de crédito

Essa última dica pode parecer óbvia, mas é uma das mais difíceis de seguir e que as pessoas evitam pensar a respeito. Mas cortar os seus gastos fará toda a diferença na hora de evitar a bola de neve do acúmulo de dívidas no cartão de crédito.

Então, procure acompanhar sempre as suas despesas e tipos de gastos no cartão de crédito, entenda como e com o quê anda gastando demais. Ademais, existem diversos aplicativos financeiros que poderão lhe ajudar nessa parte de organização e controle de gastos no crédito.

Assim, você consegue identificar suas compras supérfluas, gastos por impulso ou parcelamentos desnecessários. Dessa forma ficará mais fácil cortar gastos onde é preciso, e vai aliviar o seu bolso na hora de pagar as dívidas em aberto, sem acumular novas.

Então, crie o hábito de checar regularmente o extrato da fatura do seu cartão antes do fechamento, e não tenha mais surpresas desagradáveis na hora de pagar, ok? Ademais, vai ficar mais fácil evitar as compras por impulso e os parcelamentos em excesso.

Mas se é preciso ter todos esses cuidados, de que forma eu devo usar esse produto e evitar acúmulo de dívidas no cartão de crédito? Pois continue com a gente e confira abaixo mais informações sobre esse assunto!

Quando devo usar cartão de crédito?

Quando devo usar cartão de crédito?
Quando devo usar cartão de crédito?

Pois, como dissemos, existe sim um momento mais apropriado para usar o seu cartão de crédito ou de débito. Assim, ao entender melhor quais tipos de compras e gastos devem ocorrer em cada modalidade de pagamento, ficará mais fácil se organizar e evitar o acúmulo de dívidas no cartão de crédito.

Então, quando usar o crédito? Bem, de maneira geral é preciso lembrar que o cartão de crédito pode ser um aliado incrível. Mas ele também cria a ilusão de se ter mais dinheiro disponível do que realmente se tem.

Pois quando você compra demais no crédito, o dinheiro ainda fica ali na sua conta corrente, mas ele já está comprometido com a sua próxima fatura do cartão de crédito a pagar. Mas quando, então, devo usar o crédito?

Então, em geral, o recomendado é usar o cartão de crédito para valores mais altos de compras. Por exemplo, quando você quer adquirir algum produto ou serviço que seria completamente impossível pagar à vista com a sua renda mensal.

Assim, se você está precisando comprar passagens de avião ou uma geladeira nova, o cartão de crédito pode ser o seu aliado. Pois você consegue adquirir agora algo que não conseguiria sem parcelamento.

Ademais, os cartões de crédito oferecem em sua maioria programas de benefícios para os gastos na fatura. Assim, se você usa o seu cartão para compras de alto valor, irá pontuar mais e acumular mais vantagens.

Controle suas parcelas e gastos

Mas é preciso ter controle sobre essas parcelas e valores, já que ao cair no acúmulo de dívidas no cartão de crédito e se tornar inadimplente, você perde os pontos dos programas de benefícios. Então, crie o hábito de anotar:

  • Qual o valor total do gasto;
  • Número de parcelas;
  • Valor das parcelas e se há taxas de juros sobre o valor de cada uma;
  • Para quê foi aquele parcelamento?

Pois, dessa forma, fica mais difícil perder o controle do que está pagando. Ademais, você consegue entender o perfil dos seus gastos altos no crédito, e pode identificar coisas que poderia pagar à vista em vez de parcelar.

Mas quando pagar à vista? Pois continue lendo e descubra!

25 Opções de cartão de crédito 2021

Ainda não escolheu seu cartão de crédito 2021? Não tem problema! Saiba quais são as melhores opções de cartão desse ano conferindo nossa lista abaixo.

Quando devo usar cartão de débito?

Quando devo usar cartão de débito?
Quando devo usar cartão de débito?

Assim como o cartão de crédito, o débito pode ser o seu melhor amigo. Apesar de a maioria das pessoas ver os pagamentos à vista como grandes vilões, é bem ao contrário! Pois pagar à vista faz com que você não comprometa mais dinheiro do que você realmente tem.

Então, recomendamos que você sempre utilize o cartão de débito para gastos menores e rotineiros. Ou seja, todas as compras do dia a dia devem ocorrer na modalidade débito. Mas também será preciso manter uma organização e controle destes gastos, anotando valores e motivos dos gastos.

Ademais, sempre pergunte na hora de efetuar o pagamento se há algum tipo de desconto para pagamentos à vista. Pois, em geral, os comerciantes preferem receber pelo débito, já que não pagam taxas como no cartão de crédito.

Assim, tanto o cartão de crédito quanto o de débito vão virar seus aliados e apenas formas de pagamento, não mais gastos e dívidas. Mas se você já está muito comprometido pelo acúmulo de dívidas no cartão de crédito, não se preocupe!

Pois existe a modalidade dos pré-pagos, uma espécie de híbridos entre débito e crédito que podem ser a solução para seus problemas financeiros. Então, confira mais sobre eles a seguir.

Estou endividado: por que optar por um cartão pré-pago?

Como dissemos, há momentos para pagar no débito e momentos para pagar no crédito. Porém, se você acabou se perdendo na sua organização financeira e caiu no acúmulo de dívidas no cartão de crédito, é hora de modificar seu uso do cartão.

Assim, nossa sugestão é para que você procure por uma boa opção entre os cartões de crédito pré-pago. Mas o que é isso? Bem, de maneira geral um cartão pré-pago é como se fosse um híbrido de cartão de débito e crédito. Como assim?

Pois o pré-pago lhe dá acesso a todos os serviços recorrentes que precisam da assinatura através de um cartão de crédito, como Netflix, Uber, etc. Mas ao mesmo tempo ele não lhe permite fazer gastos a prazo. Ou seja, você não vai poder parcelar nada!

Assim, será preciso se organizar para pagar tudo à vista, como em um cartão de débito. Mas isso ocorre porque o cartão pré-pago somente permite que você gaste o valor que ele possui carregado como saldo.

Ou seja, acabou o saldo e acabou o poder de compra. Assim, você é obrigado a começar a se planejar mensalmente, e terá de saber exatamente o quanto pode gastar, já que é preciso carregar o saldo do cartão com antecedência todos os meses.

Entretanto, o pré-pago não é apenas restrições. Pois além de lhe ajudar a se organizar financeiramente, cortar gastos e facilitar o pagamento de suas dívidas, ele ainda tem mais vantagens.

Pois é! Os cartões pré-pagos agora podem contar com programas de benefícios da mesma forma que os cartões de crédito convencionais. Então, pesquise bem e confira as melhores opções, como acúmulo de pontos, cashback e milhas. Ademais, a maioria dos pré-pagos possui bandeiras internacionais, como Visa ou Mastercard.

Agora você sabe como evitar acúmulo de dívidas no cartão de crédito!

Assim chegamos ao fim de nosso artigo exclusivo sobre como evitar o acúmulo de dívidas no cartão de crédito. Então, esperamos que agora você entenda melhor a importância de se organizar financeiramente e aprender como utilizar o cartão de crédito a seu favor, e não como um inimigo e uma despesa estressante.

Ademais, agora você já sabe a melhor maneira de quitar suas dívidas com a fatura em aberto, buscando negociação e opções de empréstimo por fora. Assim, esperamos que considere também a modalidade dos cartões pré-pagos, que podem facilitar a sua organização financeira e melhorar seus hábitos de gastos.

Então, ficamos por aqui e desejamos que agora a sua relação com seu cartão de crédito seja melhor e você nunca mais caia na armadilha do acúmulo de dívidas no cartão de crédito! Até mais!

Os 6 melhores cartões pré-pagos

Se você não tem como comprovar renda ou está negativado e, por isso, não consegue obter um cartão para chamar de seu. Que tal conhecer os 6 melhores cartões pré-pagos?

Sobre o autor

Aline Saes

Mestre em História Social pela USP, com ênfase em História das Mulheres. É escritora autônoma para variados nichos desde história e finanças, até beleza e saúde. Sempre apaixonada pela escrita, tem como missão levar informação para as pessoas de forma simples e atrativa. Vê a importância em saber mais sobre a sociedade e tudo que nos cerca.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Conheça o cartão de crédito LATAM Pass Itaucard Visa Gold

O cartão de crédito LATAM Pass Itaucard Visa Gold oferece condições especiais para quem costuma viajar com a companhia aérea. Conheça mais sobre ele aqui.

Continue lendo
content

7 benefícios do cartão de crédito Next Visa

Conheça os 7 benefícios do Visa Next, cartão do banco digital Next, vinculado ao banco Bradesco. Além de isenção de anuidade, possui outras vantagens.

Continue lendo
content

Conheça o cartão de crédito Amazon Visa

É cliente Amazon e, ainda, não conhece o cartão de crédito Amazon Visa? Então, descubra aqui como é possível ter descontos e recompensas nas suas compras

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Como ganhar dinheiro com Méliuz

Ganhar dinheiro com Méliuz é possível! E se você está precisando de renda extra, pode ser uma boa escolha. Então, confira nosso artigo!

Continue lendo
content

Conheça 16 cartões Visa sem anuidade

Existem muitas opções excelentes de cartões Visa sem anuidade, com vantagens da bandeira como o Programa Vai de Visa e mais. Conheça 16 aqui!

Continue lendo
content

Estudo apresentado pelo Gaet ao Ministério do Trabalho propõe o fim do seguro-desemprego e da multa de 40% do FGTS

O seguro-desemprego vai acabar? Estudo apresentado ao Ministério do Trabalho sugere unificação do benefício com o FGTS. Veja mais aqui!

Continue lendo