Finanças

Como começar a investir do zero em 2021

Ainda não sabe como investir dinheiro? Não sem problema, no texto abaixo detalhamos tudo o que você precisa saber para começar a investir do zero. Confira!

Anúncios

por Ludmila Rita

08/02/2021 | Atualizado em 09/02/2021

Como começar a investir do zero em 2021

Como começar a investir do zero em 2021
Aprenda investir do zero.

Se você quer dicas de como investir do zero, então leia até o final, pois elaboramos um guia completo, com dicas de como começar a investir do zero e com pouco dinheiro.

Além disso, você também poderá conferir os erros mais comuns cometidos por quem está iniciando no mundo dos investimentos.

Investir é a melhor forma de fazer com que o seu dinheiro renda rapidamente.

Com isso, você pode alcançar seus objetivos com mais facilidade, iniciar um novo negócio, ou mesmo juntar para aquela viagem que você quer fazer faz tempo, mas o dinheiro não sobra.

No entanto, apesar de o mercado financeiro não ser um bicho de sete cabeças, você precisa aprender sobre o seu funcionamento, se realmente pretende começar a investir o seu dinheiro.

Mas fique tranquilo! Vamos te ensinar tudo o que você precisa saber para começar a investir do zero em 2021. 

Anúncios

Comece a investir do zero com pouco dinheiro

Comece a investir do zero com pouco dinheiro
Aprenda a investir com pouco dinheiro.

Para começar a investir, não é necessário que você tenha uma grande soma em dinheiro.

Existe a possibilidade de começar a investir do zero mesmo que você tenha pouco dinheiro disponível para esse fim.

O importante é conhecer as melhores opções de investimento para quem não dispõe de muitos recursos financeiros.

O que você precisa saber antes de investir

O que você precisa saber antes de investir
Informações importantes antes de começar a investir.

Em primeiro lugar, você precisa saber que investimento não é um privilégio só de pessoas ricas ou milionárias. Pois existem várias modalidades de investimento e produtos financeiros para todo tipo de investidor.

Dessa forma, independente da opção de investimento escolhida, se for feito com regularidade e cautela, é possível aumentar consideravelmente o seu patrimônio com essa atividade.

Além disso, investir é uma forma inteligente de fazer o seu dinheiro trabalhar por você.

Sabe aquele dinheiro que às vezes fica parado no banco? Você pode fazer ele render muito mais aplicando em algum investimento.

Para isso, é essencial conhecer um pouco mais sobre o mercado financeiro. Porém, você também não precisa ser nenhum especialista. Basta pesquisar e se dedicar para saber quais investimentos são as melhores opções para o seu caso.

Além disso, também é importante se manter atualizado sobre o comportamento do mercado financeiro. Com o tempo, você vai adquirir experiência, e essa tarefa será ainda mais fácil e prazerosa.

Enfim, continue lendo este artigo e veja tudo o que você precisa para começar a investir do zero com pouco dinheiro.

Anúncios

Como começar a investir: conceitos básicos

Como começar a investir?
Aprenda conceitos importantes antes de começar a investir

Para que você possa começar a investir do zero com segurança, vamos apresentar alguns conceitos essenciais que dizem respeito ao mercado financeiro. Pois todo investidor deve conhecer conceitos como rentabilidade, taxas, juros, liquidez e riscos.

  • Rentabilidade: é o lucro resultante do seu investimento. Ou seja, é o sinônimo de retorno, o percentual de rendimento em relação ao valor que você investiu. A rentabilidade do investimento é um critério importante para observar antes de decidir onde investir.
  • Taxas: valores cobrados por empresas privadas, ou pelo governo, por produtos, serviços ou transações econômicas.

1 – Taxas fixas: não sofrem alteração durante todo o período da aplicação.

2 – Taxas variáveis: sofrem oscilações de juros ao longo do investimento. Podem gerar mais rentabilidade, mas também são mais arriscados. É importante conhecer mais sobre investimento para se beneficiar com taxas variáveis.

3 – Taxa Selic: taxa básica de juros do Brasil. Essa taxa. É definida pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central.

E serve como referência para títulos de renda fixa. E até para definir outras taxas cobradas por bancos e por operadoras de cartão de crédito.

  • Juros: valor pago em investimentos e empréstimos. No caso de investimentos, são uma espécie de pagamento pelo tempo de aplicação do valor. Podem ser simples, compostos, nominais, reais, de mora, sobre capital próprio ou rotativos.
  • Liquidez: é medida pela facilidade de transferir ou resgatar em dinheiro os ganhos do seu investimento. Quanto mais rápido você conseguir resgatar o dinheiro, maior é a liquidez do investimento.
  • Riscos: possibilidades de o investimento não atingir os resultados esperados de rentabilidade. Ou a chance de perda no investimento aplicado.

Entenda o conceito de risco e retorno

Entenda o conceito de risco e retorno.
Qual é o conceito de risco e retorno.

Para quem quer começar a investir do zero, avaliar os riscos e a expectativa de retorno não é uma tarefa fácil. Afinal de contas, geralmente, os investimentos mais rentáveis são os que oferecem também o maior risco.

Por isso, é preciso avaliar com cautela e atenção os riscos e a expectativa de retorno do investimento, antes de começar a aplicar.

Afinal, você precisa proteger o seu patrimônio. Mas também é importante pensar em estratégias para assumir alguns riscos, quando se sentir mais experiente para isso.

A poupança, por exemplo, é uma opção muito procurada para quem não tem experiência, e deseja começar a investir.

Pois se considera a sua facilidade e quase ausência de riscos. Contudo, essa é a opção com menor rentabilidade.

O rendimento do valor aplicado em uma conta poupança fica abaixo da média da inflação.

Por isso, é uma opção pouco indicada, mesmo para quem está começando a investir agora, e deseja adotar uma postura mais conservadora.

Sendo assim, para iniciar um investimento de maneira conservadora, com poucos riscos e mais rentabilidade, o recomendado é investir em renda fixa, como:

  • LCI (Letras de Crédito Imobiliário);
  • Tesouro Direto (Títulos de dívida Federal),
  • CDB (Certificado de Depósito Bancário).

Conheça os perfis de investidores

Conheça os perfis de investidores.
Quais são os perfis de investidores?

Para você que está começando a investir do zero, é essencial identificar qual é o seu perfil de investidor. Para isso, você precisa refletir sobre algumas características que pretende assumir ao aplicar o seu dinheiro.

Você precisa avaliar se tem um perfil mais cauteloso ou mais arrojado, se você prefere gastar muito ou se é mais de poupar o dinheiro, como lida com imprevistos, e etc.

Então, a parir de traços da sua própria personalidade, é possível prever que tipo de investidor você se tornará. Com isso, ficará mais fácil definir onde investir.

Os principais perfis de investidores são conservadores, moderados e agressivos.

Então, veja as características de cada um deles, e avalie quais predominam no seu comportamento.

  • Perfil Conservador: é o investidor que não está disposto a se expor a muitos riscos decorrentes de oscilações no mercado. Ele prefere ter menos rentabilidade do que correr o risco de alguma perda em seu investimento. Os investimentos mais indicados para este perfil são as opções com taxas fixas e alta liquidez.
  • Perfil Moderado: esse investidor também é cauteloso, e procura proteger seu patrimônio, evitando correr riscos de perda. Por isso, prefere investir em opções de risco mais baixo ou médio, se expondo a um pouco mais. Mas só faz isso quando verifica que a opção tem muitas chances de ser rentável.
  • Perfil Agressivo: é o investidor de perfil agressivo trabalha sempre fora de sua zona de conforto. Ele lida bem com riscos, pois acredita que poderão trazer as melhores oportunidades.

Ele considera até a possibilidade de perder algum dinheiro se as projeções apontarem para um ganho maior no futuro. Enfim, são pessoas que conhecem bem o funcionamento da economia e do mercado financeiro.

Quais são os tipos de investimento?

Quais são os tipos de investimento?
Conheça os tipos de investimento que existem.

Existem vários tipos de investimentos. Os investimentos de renda fixa são os mais seguros. Em contrapartida, os investimentos de renda variável apresentam mais riscos.

Dentre os principais investimentos de renda fixa podemos citar:

  • CDB (Certificado de Depósito Bancário);
  • Tesouro Direto;
  • LCI (Letra de Crédito Imobiliário);
  • LCA (Letra de Crédito do Agronegócio);
  • Debêntures;
  • Fundos de investimentos de renda fixa;
  • LC (Letras de Câmbio);
  • CRI (Certificados de Recebíveis Imobiliários),
  • CRA (Certificados de Recebíveis do Agronegócio). 

Aprenda com cursos de investimentos para começar do zero

Aprenda com cursos de investimentos para começar do zero
Busque cursos de investimentos para começar do zero.

Começar a investir do zero requer dedicação e interesse em estudar, para conhecer cada vez mais sobre o mercado financeiro.

Pois, para iniciar no mundo dos investimentos, é necessário pesquisar, e se atualizar sempre sobre o tema.

Assim, você terá mais segurança para investir cada vez melhor, optando pelas melhores alternativas para o seu perfil de investidor. Bem como que também atendam melhor aos seus objetivos.

Pesquise sempre e busque informações com especialistas, para aprimorar seus conhecimentos sobre investimentos.

Além disso, não pense que você precisa gastar dinheiro para acessar informações sobre o mercado financeiro.

Existe uma infinidade de conteúdos disponíveis gratuitamente na internet.

Artigos como este trazem as informações que você precisa para começar a investir do zero.

Além disso, para agregar mais conhecimento, e garantir mais segurança na tomada de decisões, você pode ainda recorrer a cursos que te ensinam a investir do zero.

Muitos cursos de investimentos se encontram na internet e são totalmente gratuitos para que você possa gastar seu dinheiro já com o seu primeiro investimento.

Portanto, você não tem mais desculpas para não começar a investir agora mesmo!

7 erros ao começar a investir do zero

7 erros ao começar a investir do zero
Veja os 7 principais erros ao começar a investir.

Assim como aprender a investir é importante, é necessário também conhecer os erros mais frequentes

Eles são cometidos para quem está começando a investir, e ainda não tem muita experiência. Assim, você evita cometê-los.

Atente-se aos sete principais erros que devem ser evitados ao começar a investir do zero e saia na frente em seus investimentos!

Ter a poupança como única fonte investimento

Ter a poupança como única fonte investimento.
Investir apenas na poupança.

A poupança pode até ser o investimento mais seguro, contudo seu rendimento é muito baixo.

Por isso, é a opção menos indicada para quem está começando a investir do zero.

Afinal de contas, existem outras opções muito seguras, e que oferecem rendimentos maiores, tais como os investimentos de renda fixa como CDB, LCI e Tesouro Direto.

Além disso, é recomendado que você mantenha sua carteira de investimentos diversificada.

Pois isso aumenta a suas chances de ter rendimentos melhores. E reduz os riscos de ter algum problema.

Pois, se algum investimento der errado, você pode contar com outros. Afinal de contas, dificilmente o cenário econômico será ruim para todas as modalidades ao mesmo tempo.

Não definir objetivos e prazos

Não definir objetivos e prazos.
Erro comum: não definir objetivos e prazos.

Ter clareza de seus objetivos e prazos, é essencial para planejar corretamente o seu investimento.

Você precisa ter em mente o valor que pretende investir, onde irá investir e por quanto tempo deseja manter seu dinheiro aplicado e fora de uso.

Com isso, é possível fazer uma projeção de quanto terá de rendimento no fim da aplicação.

Escolher a aplicação que está na moda

Escolher a aplicação que está na moda.
Escolher uma aplicação que está na moda.

O investimento ideal depende muito do seu perfil como investidor, dos seus objetivos e de suas condições financeiras atuais.

Não siga cegamente dicas de investimento só por estarem na moda, pois isso não significa que será uma boa opção para você.

Além disso, avalie com cautela as suas condições, e o seu orçamento para planejar seus investimentos com sabedoria.

Afinal de contas, é importante você investir constantemente.

Você pode avaliar inclusive um valor de investimento que caiba em seu orçamento mensal, e escolher o tipo de investimento que mais se enquadra nos seus objetivos.

Planejar e investir de acordo com as suas expectativas e necessidades, te ajudará a ter muito mais sucesso do que seguir as opções de investimentos só por estarem na moda.

Deixar de avaliar os riscos e custos do investimento

Deixar de avaliar os riscos e custos do investimento.
Não avaliar os riscos e custos do investimento.

É muito importante conhecer a fundo as taxas cobradas, e os riscos do investimento no qual deseja apostar.

Assim, você evita imprevistos, como receber uma cobrança que não estava esperando.

Além disso, se vai correr alguns riscos, você precisa saber quais são eles, até mesmo para se planejar, e estimar o quanto precisa investir na sua reserva de emergência.

Aplicar todo o capital em renda variável

Aplicar todo o capital em renda variável.
Investir tudo o que tem disponível em renda variável.

Não é recomendado aplicar todo o seu dinheiro em um investimento de renda variável.

Pois a renda variável sofre mais oscilações, o que torna esse tipo de investimento mais arriscado.

Além disso, é mais seguro e vantajoso diversificar a carteira de investimentos.

Mesmo os perfis mais conservadores, para o quais a recomendação é investir em renda fixa, o ideal é possuir mais de um tipo de título.

Já para quem vai arriscar mais, e investir em opções de renda variável, é recomendado ter pelo menos um investimento em opções de renda fixa. Assim, garante-se a reserva de emergência para o caso de imprevistos.

Seguir sem questionar dicas de mercado ou de corretoras de valores

Seguir sem questionar dicas de mercado ou de corretoras de valores.
Seguir e não questionar dicas de analistas, corretoras e outros.

É muito bom ter uma corretora de valores para te auxiliar nos seus investimentos, principalmente quando você está começando a investir do zero.

Pois essas empresas são especializadas em investimentos, e saberão as melhores opções para o seu perfil de investidor. Além disso, elas cobram taxas menores que os bancos.

Contudo, não confie cegamente nessas dicas de corretoras ou outros investidores. Pois eles podem estar tentando obter vantagens próprias.

Afinal de contas, não existe um atalho para o sucesso. Você vai precisar construir seu próprio caminho, aprender a pensar e decidir sozinho as melhores opções para você.

Por isso, é importante estudar e se atualizar sempre.

Pegar empréstimos para investir

Pegar empréstimos para investir.
Pegar um empréstimo para suas aplicações.

Usar empréstimo para investir é um risco muito grande. Pois, se você tiver algum problema com o seu investimento, pode acontecer de não conseguir honrar o empréstimo que fez.

Assim, além de não obter os rendimentos esperados pelo investimento, você ainda terá contraído uma dívida para pagar.

10 dicas de como começar a investir do zero

10 dicas de como começar a investir do zero.
Dicas para começar a investir.

Agora que você já está por dentro do mercado financeiro, acompanhe estas dez dicas para começar a investir do zero.

  • Faça planejamento financeiro: a primeira coisa a ser feita é o planejamento financeiro, para você analisar melhor o seu orçamento, e definir qual valor poderá destinar aos seus investimentos. Anote todos os seus gastos em uma planilha, e avalie quanto pode economizar com gastos supérfluos, para aplicar em seus investimentos. 
  • Trace os objetivos: defina os seus objetivos, pois ter clareza do que deseja alcançar te motiva a atingir as metas.
  • Livre-se de dívidas: caso você possua alguma dívida, é importante quitá-la antes de começar a investir, pois dívidas atrapalham no aumento do patrimônio.
  • Procure uma instituição financeira: o ideal é priorizar corretoras de valores de confiança.
  • Conheça os tipos de investimentos: os principais tipos de investimento são em renda fixa e em renda variável.
  • Faça uma reserva de emergência: nos seus primeiros investimentos, faça uma reserva de emergência com o valor equivalente a seis meses das suas despesas mensais. Para a reserva de emergência, invista em opções de renda fixa e alta liquidez.
  • Diversifique os investimentos: aplique seu dinheiro em vários ativos. Assim, você obterá ganhos independentemente das condições do mercado financeiro.
  • Seja paciente e disciplinado: sempre pense bem antes de tomar qualquer decisão. Além disso, sempre leve em conta os seus objetivos antes de agir.
  • Avalie os investimentos de renda variável: na medida em que for adquirindo mais experiência com investimentos de renda fixa, considere o investimento na renda variável. Pois os ganhos são melhores, e os riscos também podem ser menores.
  • Acompanhe os seus investimentos no mercado financeiro: é importante acompanhar as suas ações, principalmente se investiu em renda variável. Isso vai te ajudar a tomar as melhores decisões posteriormente.

Se você acredita que não dá para começar a investir com pouco dinheiro, clique no botão abaixo para aprender um pouco mais sobre organização de finanças pessoais.

Sobre o autor  /  Ludmila Rita

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Cartão de crédito Acesso: como funciona

O cartão de crédito Acesso é internacional com bandeira Mastercard, por isso você pode usufruir de muitos benefícios. Leia este post e saiba mais!

Continue lendo
content

Conheça o Empréstimo SIM sem garantia

Conheça o empréstimo SIM, que oferece uma taxa de juros a partir de 2,16% ao mês e você pode pagar a primeira parcela em até 45 dias.

Continue lendo
content

Saiba tudo sobre o Cartão de Crédito do Banco Inter

Você conhece o Cartão de Crédito do Banco Inter?! Se não, então saiba mais agora mesmo sobre este produto do banco digital mais brasileiro da atualidade.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Como solicitar o cartão Clube Angeloni

Conheça o Cartão Clube Angeloni, saiba como funciona, compre com descontos exclusivos, entenda as vantagens e veja como solicitar o seu.

Continue lendo
content

11 melhores jogos para ganhar dinheiro no celular

Quer conhecer jogos para ganhar dinheiro online no celular? Pois com jogos como Cash Pirate e Fun Tap isso é possível. Confira mais aqui!

Continue lendo
content

Como ser aprovado no cartão de crédito Santander?

Cartão de crédito Santander é uma boa escolha, com várias opções de cartão e benefícios como o Santander Esfera. Saiba como ser aprovado!

Continue lendo