Dicas

Conheça o aplicativo Fliper

Quer controlar seus investimentos de maneira mais fácil e prática? Conheça o aplicativo Fliper, uma maneira intuitiva de gerenciar seu patrimônio.

Por

Maria Eduarda 

| Publicado em

ANÚNCIOS

Aplicativo de investimentos Fliper

Conheça o aplicativo Fliper

Se a sua situação financeira é motivo de preocupação, o ideal é buscar alternativas para criar uma reserva de emergência. Nesse sentido, você já pensou em começar a investir? No texto abaixo iremos apresentar o Fliper, aplicativo de investimentos.

Já mencionamos diversas vezes aqui no Senhor Finanças a importância de criar uma reserva. Assim, para te ajudar na construção da mesma, você pode investir.

Isso mesmo! Assim, você consegue conquistar bons rendimentos e, ainda, aumenta as suas chances de obter a independência financeira, bem como liquidar as suas dívidas.

Lembre-se de que é possível montar uma carteira de investimentos diversificada com pouco dinheiro. Ademais, também existe a possibilidade de acompanhar a rentabilidade dos seus ativos nos aplicativos para investir, como o Fliper.

Esse app oferece diversas funcionalidades que podem ajudar você a controlar as suas finanças pessoais. Dessa forma, fica fácil tomar decisões mais assertivas com relação aos seus investimentos.

Que tal conhecer esse aplicativo para compreender como ele pode ajudar a controlar sua vida financeira? Então, continue a leitura e confira todas as informações que separamos para você. Vamos lá!

O que é o aplicativo Fliper?
ANÚNCIOS

O que é o aplicativo Fliper?

A Fliper é uma fintech (startup que desenvolve produtos financeiros por meio de tecnologia) do grupo XP Inc., que possui um aplicativo com o mesmo nome. Esse app ajuda no controle financeiro das pessoas físicas. Ou seja, é uma plataforma de consolidação e de gerenciamento da carteira de investimentos.

Nesse dispositivo, é possível cadastrar os seus ativos de renda fixa ou variável, que, por sua vez, representam algo com valor comercial. Também existe a possibilidade de acompanhar e analisar o desempenho das suas aplicações.

Segundo dados da própria Fliper, são mais de 250 mil contas ativas no aplicativo e mais de 23 milhões de patrimônio mapeados. Também existem mais de 15 bancos e corretoras de valores vinculadas ao app. Mas como ele está em constante atualização a tendência é que esse número aumente com o tempo.

A consolidação dos dados é realizada automaticamente e apresentada por meio de relatórios. Para tanto, a plataforma utiliza inteligência artificial que mostra as informações coletadas dos principais bancos e corretoras cadastrados de maneira estratégica.

É importante mencionar que esse aplicativo apenas apresenta os dados em modo de leitura, ou seja, ele não pode ser utilizado para realizar transações de compra e venda de ativos. Para isso, é necessário entrar em contato com a instituição financeira que administra os seus investimentos.

A plataforma segue rigorosos protocolos de segurança, assim como apresenta criptografia de nível bancário. Ela também é credenciada e regulada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários), bem como segue as diretrizes da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). Por isso, você pode utilizá-la para fazer a sua análise de investimentos sem preocupação.

Como um aplicativo para investir pode te ajudar?
ANÚNCIOS

Como um aplicativo para investir pode te ajudar?

Os avanços tecnológicos, os juros baixos da Selic e a desburocratização dos processos de investimentos facilitaram o acesso dos pequenos investidores aos produtos financeiros. Agora é possível abrir contas em diversos bancos e corretoras de valores, bem como diversificar as suas aplicações.

Essa diversificação pode prejudicar o correto gerenciamento dos investimentos. Por isso, é essencial utilizar um aplicativo que ajuda a consolidar todos os dados de uma carteira em um único lugar. Nessa plataforma fica mais fácil gerir as finanças pessoais e acompanhar o desempenho dos investimentos.

Assim, você tem em mãos todas as informações relacionadas à rentabilidade, as taxas, a evolução patrimonial, os prazos de liquidez, entre outras. Também é possível comparar os seus rendimentos com os principais índices do mercado financeiro.

Os aplicativos para investir ajudam a tomar decisões mais assertivas em relação aos seus ativos. Dessa forma, fica viável analisar a situação atual e criar projeções futuras para fazer as mudanças necessárias na carteira de investimentos. Por exemplo, aumentar ou diminuir os aportes de dinheiro mensais para atingir os objetivos esperados.

Como funciona o aplicativo para investir Fliper?
ANÚNCIOS

Como funciona o aplicativo para investir Fliper?

É importante mencionar que um aplicativo de investimentos como a Fliper pode ser utilizado no seu smartphone. Portanto, você consegue acompanhar as suas operações financeiras onde, como e quando quiser.

Para baixá-lo gratuitamente deve-se acessar a loja de aplicativos tanto do Google Play quanto do Apple Store. A escolha da loja depende do sistema operacional do seu celular, que, por sua vez, é Android ou IOS. Também é possível acessá-lo por meio do computador ou do notebook.

Em seguida, você precisa cadastrar seus dados pessoais e as contas dos bancos ou das corretoras de valores nos quais estão os seus ativos. Para tanto, é necessário preencher as informações solicitadas pelo aplicativo durante o cadastro. 

Esse processo é muito fácil e intuitivo, por isso você não encontrará muita dificuldade para concluí-lo. No momento, as instituições financeiras vinculadas ao aplicativo, ou seja, aquelas que fornecem os seus dados de investimentos são:

  • Ágora;
  • Banco do Brasil;
  • Banco Inter;
  • Bradesco;
  • BTG Pactual Digital;
  • Clear;
  • Easynvest;
  • FGTS;
  • Itaú;
  • Itaú Corretora;
  • Modal Mais;
  • Nubank;
  • Órama;
  • Rico;
  • Vítreo;
  • XP Investimentos.
Smartphones apresentando os relatórios da Fliper na tela.
ANÚNCIOS

Panorama dos investimentos

Após esse processo, você terá acesso a uma posição consolidada em formato de relatório. Esse documento é construído por meio de inteligência artificial, que mostra o panorama dos rendimentos e do desempenho da sua carteira de investimentos.

Também é possível verificar a evolução patrimonial, receber avisos de pagamentos de proventos, analisar o saldo do FGTS, comparar sua rentabilidade com os principais índices do mercado, receber notícias do mercado financeiro, entre outras funcionalidades.

Vale destacar que no site do aplicativo você tem acesso a outras funções, como o Academy, que oferece cursos de educação financeira. Além disso, você também pode encontrar informações relevantes sobre investimentos no blog da fintech.

Dessa forma, a empresa demonstra sua preocupação social com a correta administração das finanças pessoais dos seus clientes e da população em geral.

Defina o objetivo do investimento
ANÚNCIOS

Como começar a investir?

Normalmente, as pessoas pensam que investir é um processo muito complexo. Mas, na verdade, não é. Pensando em ajudar você a entender esse assunto, neste texto separamos um passo a passo simples de como começar a investir. Continue a leitura e descubra!

Defina o objetivo do investimento
ANÚNCIOS

Defina o objetivo do investimento

Afinal, você sabe por que pretende investir? Responder essa pergunta é o primeiro passo antes de começar a sua aventura pelo mundo dos investimentos. Geralmente, as pessoas buscam alavancar o crescimento do seu dinheiro para atingir um determinado objetivo. Dentre eles podemos destacar:

  • Abrir um novo negócio;
  • Conquistar a independência financeira;
  • Investir no crescimento do negócio;
  • Comprar uma casa ou apartamento;
  • Comprar um carro;
  • Fazer intercâmbio;
  • Fazer reserva financeira;
  • Liquidar dívidas;
  • Entre outros.

Lembre-se de que esse objetivo vai nortear todas as suas decisões sobre como e onde investir o seu dinheiro. Por isso, identificar o motivo que impulsiona você a começar esse processo é essencial para o seu sucesso financeiro.

Determine a quantia que será investida
ANÚNCIOS

Determine a quantia que será investida

E agora, quanto você deve aplicar nos investimentos? Após identificar qual é o principal motivo para começar a investir, é necessário determinar a quantia que será investida. Nesse momento, é importante lembrar que você não precisa apresentar um grande aporte de dinheiro.

O ideal é fazer um planejamento financeiro para definir quanto você pode investir. Essa quantia pode ser aplicada de uma vez só ou todo mês. Isso vai depender do seu objetivo e da sua disponibilidade de orçamento.

Escolha o tipo de investimento
ANÚNCIOS

Escolha o tipo de investimento

Em seguida, você precisa decidir qual será o tipo de investimento. Mas, afinal, quais são esses tipos? Nesse caso, existem dois: a renda fixa e a renda variável. O primeiro está relacionado com a compra de títulos públicos ou privados, que podem ter rentabilidade fixa ou variável de acordo com as condições do mercado.

Portanto, a renda fixa consiste em você fazer um empréstimo para uma determinada empresa em troca de rendimentos. Os principais exemplos desse tipo de renda são:

  • Tesouro direto;
  • CDB (Certificado de Depósito Bancário);
  • LCI (Letra de Crédito Imobiliário);
  • LCA (Letra de Crédito Agropecuário);
  • CRI (Certificados de Recebíveis Imobiliários);
  • CRA (Certificados de Recebíveis do Agronegócio);
  • LC (Letra de Câmbio);
  • Debêntures;
  • Fundos de investimentos;
  • Entre outros. 

Já a renda variável envolve investimentos na bolsa de valores, como ações, contratos futuros, commodities, opções, FIIs (Fundos de Investimentos Imobiliários), COE e ETFs (Exchange Traded Funds). Nesse caso, o rendimento depende das mudanças econômicas e políticas, bem como das expectativas dos investidores.

É possível verificar que os investimentos de renda fixa são menos arriscados que as aplicações de renda variável. Já que o segundo pode apresentar alterações tanto positivas quanto negativas de acordo com as movimentações do mercado.

Lembre-se de que é essencial analisar o prazo de aplicação, o aporte inicial e os riscos envolvidos de cada um desses tipos de investimentos. Assim, você conseguirá fazer um bom negócio.

Encontre uma instituição financeira
ANÚNCIOS

Encontre uma instituição financeira

É importante escolher um banco ou uma corretora de valores confiável para fazer suas operações financeiras. Lembre-se de considerar a experiência da instituição, bem como os produtos e serviços que ela oferece.

Após encontrar a melhor opção, abra a sua conta, analise as opções de investimentos e faça o seu aporte de acordo com as orientações concedidas pela empresa escolhida.

Baixe um aplicativo para controlar os investimentos
ANÚNCIOS

Baixe um aplicativo para controlar os investimentos

Você fez os seus investimentos, e agora? Chegou o momento de acompanhá-los, por isso um aplicativo instalado no seu smartphone ou com acesso pelo notebook pode ser ideal para esse processo. 

Nesse caso, você pode utilizar a Fliper, pois ela ajuda a concentrar os dados da sua carteira de investimentos em um único lugar. Assim, fica mais fácil fazer o gerenciamento das suas finanças e tomar decisões mais assertivas de acordo com os relatórios apresentados pelo aplicativo.

Como montar uma carteira de investimentos com a Fliper?
ANÚNCIOS

Como montar uma carteira de investimentos com a Fliper?

É importante iniciar nossa conversa mencionando que é necessário montar uma carteira de investimentos diversificada. Assim, é possível reduzir os riscos e aumentar as suas chances de retorno financeiro. 

Lembre-se de que você não precisa de muito dinheiro para investir. Isso porque, a desburocratização dos processos no mercado financeiro facilitaram o acesso às plataformas de investimentos.

Diante disso, a sua carteira pode abranger diversos ativos de renda fixa e variável de acordo com os seus objetivos. Por exemplo, você pode investir em crédito privado por meio do CDB, LCA, LCI, CRA, CRI e Debêntures e, ao mesmo tempo, em fundos imobiliários e em ações na bolsa de valores.

Para montar a sua carteira de investimentos você deve entrar em contato com os bancos e as corretoras de valores que você escolheu no momento do planejamento. Elas podem te ajudar a fazer as aplicações de acordo com os seus objetivos.

Depois desse processo, é necessário consolidar os dados dos ativos na Fliper. Dessa forma, você tem a possibilidade de analisar e de acompanhar a sua rentabilidade, bem como identificar se existe a necessidade de fazer mudanças na composição da carteira.

Vale a pena utilizar o app Fliper?
ANÚNCIOS

Vale a pena utilizar o app Fliper?

A Fliper é um aplicativo muito intuitivo que ajuda a consolidar os dados relacionados à carteira de investimentos de uma pessoa física. Também vale destacar que ele é gratuito e pode ser utilizado tanto no celular quanto na web. Mas, essas informações você já sabe, né?

É importante que você finalize essa leitura considerando que esse app pode ajudar a gerenciar de maneira inteligente as suas finanças pessoais. Lembre-se de que somente conseguimos planejar nossa vida financeira quando temos todas as informações relacionadas às receitas e as despesas que possuímos.

E nesse aplicativo podemos ver os rendimentos de todos nossos investimentos em uma única tela. Isso ajuda a otimizar o seu tempo, pois você não precisa alimentar longas planilhas e criar fórmulas mirabolantes para encontrar as informações que podem fundamentar as suas decisões financeiras.

Nesse sentido, podemos considerar que a Fliper é uma ótima opção tanto para grandes quanto pequenos investidores. Em especial, para aqueles que pretendem fazer uma reserva financeira para liquidar dívidas, empreender ou adquirir novos patrimônios.

E então?
ANÚNCIOS

E então?

Agora que você já sabe como investir, bem como conheceu as principais funcionalidades da Fliper, não perca tempo! Estude o mercado, faça o seu planejamento financeiro e procure uma instituição de confiança para realizar os seus primeiros investimentos. Assim, você aumenta as suas chances de conseguir criar uma reserva de emergência e futuramente melhorar a sua situação financeira. 

Lembre-se de reservar um percentual da sua receita para investir, pois, se você quer resultados, não adianta fazer um aporte por ano. Portanto, é necessário aplicar seu dinheiro com frequência para alcançar os objetivos esperados.

Gostou de conhecer a Fliper? Então, clique no botão abaixo e aproveite para conferir no nosso blog outros conteúdos que podem ajudar a alavancar as suas finanças pessoais.

ANÚNCIOS

Dicas

21 maneiras inteligentes de ganhar dinheiro online

Por

Samara V. 

| Publicado em

Com a tecnologia atual, nunca foi tão fácil encontrar maneiras legítimas de ganhar dinheiro online. Basta encontrar um nicho onde você se destaca e começar a monetizar o seu conhecimento.

Clique para avançar e descubra como pessoas, ao redor mundo, estão cada vez mais deixando a tradicionalidade de lado para trabalhar online.

1. Crie um blog e ganhe dinheiro com Marketing de Afiliados

Se você possui interesse em algum nicho e é capaz de criar uma audiência ao redor dele, começar um blog e monetizá-lo com Marketing de Afiliados é uma excelente forma de ganhar dinheiro online.

De forma simplificada, Marketing de Afiliados significa ajudar empresas a vender seus produtos por meio da indicação de potenciais clientes para sua loja online. Dessa forma, se seu conteúdo for valioso e aproximar potenciais clientes de produtos que eles desejam, empresas vão estar dispostas a lhe pagar em troca de uma comissão da venda. Existem plataformas online como a Lomadee que junta afiliados e anunciantes em um só lugar.

2. Crie um eCommerce para vender produtos físicos

Nunca foi tão fácil criar sites online para vender produtos físicos. Opções como Shopify e Etsy permitem lançar eCommerces de alto nível em poucos dias.

Resta decidir qual será sua estratégia de entrada no mercado. Normalmente empreendedores escolhem entre duas táticas:

  1. Criar você mesmo produtos que atraiam algum nicho específico. Neste caso, o valor agregado está em todo o processo de criação do produto;
  2. Comprar produtos em atacado de outros países, empacotá-los com outros produtos e sua marca, e vender por uma margem maior. Neste caso, o valor agregado está em todo seu esforço de encontrar produtos de alta qualidade e baixo custo, e realizar a gestão de toda a logística.

Naturalmente, a segunda estratégia tende a apresentar margens menores, porém é uma opção para começar enquanto você desenvolve sua linha de produtos.

3. Trabalhe como freelancer online

Se você possui habilidades que estão em alta – como escrever artigos ou desenvolver software -, uma das formas mais fáceis de ganhar um dinheiro extra online é como um freelancer.

Existe trabalho sobrando desde que você saiba onde procurar. Comece por sites como 99Freelas e Workana, excelentes opções para o mercado brasileiro.

4. Venda seus conselhos

Similar aos serviços de freelancer, se você é especialista em alguma área específica ou possui experiência no mercado de trabalho, você pode se posicionar como coach ou consultor online.

Se você passar credibilidade, existirão centenas de pessoas dispostas a pagar pelo seu tempo.

5. Crie cursos online

Lançar cursos online toma tempo, mas tem sido uma das estratégias mais efetivas para ganhar dinheiro nos últimos anos. Se seu curso encontrar uma demanda constante, o potencial de ganhos é exponencial.

Enquanto você desenvolve seu site, você pode disponibilizar seu curso em marketplaces como a Udemy, e descobrir se realmente existe demanda para o conteúdo que você está desenvolvendo.

Cursos ou outros info-produtos como eBooks são uma forma de renda passiva. Isso significa que, depois de colocar o esforço inicial, você fará dinheiro por anos e anos – com um esforço regular muito pequeno! Parece um sonho?

6. Lance um canal no YouTube

Apesar de poucos perceberem, o YouTube transformou-se no terceiro site mais visitado do mundo e o segundo buscador mais relevante, atrás apenas do Google. Ano passado, quase 5 bilhões de vídeos foram visualizados por dia! Se você conseguir capturar uma parcela muito pequena disso, o YouTube já será uma fonte de muito dinheiro para você.

Criar um canal no YouTube é muito similar a criar um blog, com a exceção que você estará trabalhando primariamente com o formato de vídeo.

7. Grave um podcast

Similar a vídeos, podcasts estão em alta! Em um mundo onde todos estão ocupados e as pessoas perdem horas e horas por dia indo e voltando do trabalho, conteúdos como podcasts ganharam espaço, dado que são consumíveis mesmo quando você está dirigindo ou dentro de um ônibus.

Sempre existirá espaço para novos conteúdos de qualidade, e o equipamento necessário para começar nunca foi tão acessível.

8. Trabalhe para uma empresa remota

Cada vez mais, empresas – principalmente startups de tecnologia – estão abraçando o trabalho remoto, no qual os colaboradores da empresa estão espalhados pelo mundo e comunicando-se por meios online.

Se você está interessado, comece por sites como We Work Remotely e Remote Ok. Falar inglês ainda é um requisito, porém esteja preparado para o momento que essa febre chegar no Brasil.

10. Teste websites

Quando você entra em um site, você consegue dizer facilmente se o site é bom, não é? Por exemplo, o site é fácil de navegar? Você encontra tudo que você está procurando?

Existem diversos aplicativos nos quais você se pode se inscrever para testar novos sites em troca de remuneração – como o UserTesting.

11. Escreva um livro

Os tempos mudaram. Se seu sonho é ser um autor publicado, você não precisa mais sair correndo atrás de editoras e convencê-las que seu livro terá um público relevante. Com o Amazon Direct Publishing, você pode publicar e vender seu próprio livro online, e manter seus direitos autorais.

Para cada venda, você retém 70% do valor. É uma outra forma de gerar renda passiva, após o esforço inicial de criação do conteúdo.

12. Realize tarefas manuais

A Amazon também criou o Mechanical Turk, um serviço que paga pessoas em troca da realização de micro-tarefas online.

São tarefas simples que envolvem interação humana, como checar os resultados de um mecanismo de busca, corrigir a escrita de palavras ou até mesmo traduzir textos.

13. Torne-se um influencer no Instagram

Imagine ganhar a vida postando no Instagram! Se você for capaz de criar uma audiência fiel, existem diversas formas de monetizar seu público e ganhar dinheiro online.

Grandes marcas e até mesmo startups estão dispostas a pagar quantias entre R$ 500 e R$ 5.000 para que você poste produtos em seu canal e gere burburinhos no Instagram.

14. Venda fotos online

Se você é um fotógrafo talentoso, por quê não vender suas fotos online? Você pode oferecer suas fotografias em sites como ShutterStock ou iStockPhoto.

Toda vez que alguém licensiar sua imagem, você receberá royalties em troca. Imagine viajar pelo mundo e receber dinheiro em troca de suas fotos!

15. Alugue seu espaço no Airbnb

Se você possui um quarto sobrando, o Airbnb é outra forma excelente de ganhar dinheiro online. Especialmente se você gosta de conhecer novas pessoas!

Mas não se engane! Receber pessoas e manter o apartamento constantemente limpo e organizado dá trabalho. Além disso, imprevistos acontecem e você precisa estar sempre disposto a ajudar.

16. Responda perguntas profissionais

Se você quer prestar consultoria mas não gosta de falar no telefone, existem sites – como JustAnswer – que estão dispostos a lhe pagar em troca de respostas a perguntas técnicas.

Existem milhares de perguntas novas todo mês, feitas por pessoas que estão procurando pela ajuda de advogados, mecânicos, médicos, e muito mais.

17. Torne-se um Assistente Virtual

Já se sua fortaleza é ser uma pessoa organizada que gosta de ajudar as pessoas, por quê não se tornar um Assistente Virtual?

Um Assistente Virtual ajuda pessoas a realizar tarefas como pesquisas, inserção de dados em planilhas, agendamento de viagens e gestão de email. Procure por vagas em sites como UpWork e Remote.Co.

18. Escreva como convidado em blogs

Se você gosta de escrever, muitos blogs estão dispostos a lhe pagar em troca de artigos que eles possam publicar em seus sites.

Não sabe por onde começar? Submita exemplos de artigos que você escreveu para sites como Instash e Textbroker.

19. Escreva para o Medium

Similar à tática anterior, o Medium é uma comunidade online na qual qualquer pessoa pode postar um artigo – e ser remunerada por isso.

Naturalmente, você fará dinheiro a medida que mais pessoas engajarem com seu conteúdo na plataforma.

20. Revise artigos

Já se sua fortaleza é revisar artigos, é possível ser remunerado por isso online. Além de ganhar um dinheiro extra, é uma excelente oportunidade para aprender sobre novos assuntos.

Sites como Contena são um bom ponto de partida para começar a procurar por oportunidades de revisão remuneradas.

21. Compre um website

Comprar sites não é muito diferente do que comprar ações na bolsa de valores. Se você é capaz de identificar sites com potencial que estão sendo subutilizados, é possível encontrar sites à venda com alto potencial de retorno no longo prazo.

Confira marketplaces como o Flippa. Talvez você encontre um site em um nicho de interesse e com alto potencial de monetização (seja por Marketing de Afiliados, Info-Produtos ou qualquer outra estratégia citada neste artigo).

Trabalhe de onde você quiser

Precisa de motivação para começar? Pense nas portas que vão se abrir se você achar uma forma legítima de ganhar dinheiro pela internet, como poder viajar pelo mundo ou passar mais tempo com sua família.

No mundo de hoje, tem opções para todo mundo ganhar dinheiro online. Basta encontrar a estratégia que melhor se adapta ao seu conjunto de habilidade.

Continue Aprendendo…

Aproveite para conhecer os 20 melhores cartões de crédito do Brasil sem anuidade de 2019.

Continuar Lendo

Em Alta