Finanças

10 dicas para organizar a vida financeira

Descubra como organizar a vida financeira e se livrar das dívidas, podendo conquistar sua independência financeira e manter as contas equilibradas.

Anúncios

por Duda Razzera

13/08/2020 | Atualizado em 12/07/2022

Quem não deseja uma vida financeira tranquila e equilibrada?

Manter as contas em dia e ainda conseguir poupar e investir não é a realidade de muitos brasileiros.

Mas, é o que todos desejam: organizar a vida financeira.

Entretanto, segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), 65% dos brasileiros estão endividados. 

Mesmo com um número assustador, isso não significa que não é possível organizar sua vida financeira. É necessário paciência, disciplina e determinação.

Ademais, provavelmente você precisará fazer alguns sacrifícios a curto prazo. Mas, ao longo do texto, você aprenderá que é possível equilibrar suas contas, não importa o valor de sua renda. 

O que fazer para organizar a vida financeira?

Anúncios

Por que Você Precisa Organizar Sua Vida Financeira

De acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), em torno de 70% dos brasileiros que estão endividados sofrem com sintomas de ansiedade, depressão e outros distúrbios. 

Dentro desse cenário de alerta, perceba que equilibrar suas finanças pessoais é importante não só para a sua saúde financeira, mas também para sua saúde mental. 

Manter hábitos saudáveis quando o assunto é dinheiro possibilitará que você conquiste seus objetivos e tenha mais qualidade de vida. 

Ao realizar o planejamento financeiro você observará como é possível economizar, pois provavelmente você está gastando em itens supérfluos ou em custos invisíveis, como tarifas bancárias, por exemplo. 

Uma vida financeira organizada é sinônimo de liberdade financeira.

Entretanto, segundo uma pesquisa realizada pela Anbima e divulgada pelo Datafolha, em torno de 60% dos brasileiros não gostam de planejar suas finanças pessoais.

E esse fato impacta diretamente no número de inadimplentes no Brasil: 621 milhões de pessoas.

O que significa que 58,7% de famílias brasileiras endividadas.

Sendo assim, primeiramente, você precisa mudar o seu mindset financeiro:

Veja o ato de organizar sua vida financeira como um fator enriquecedor.

E, se você se encontra com o nome negativo ou possui contas atrasadas, está na hora de organizar sua vida financeira seguindo algumas dicas. Acompanhe!

Identifique suas dívidas mais caras

Identifique suas dívidas mais caras

A primeira dica é identificar quais são suas dívidas. E, dentre elas, separar quais são as mais caras. Isso porque você precisa manter suas dívidas sob controle para ter sucesso com o seu planejamento financeiro. 

Elenque suas dívida com empréstimo pessoal, financiamento, cheque especial, cartão de crédito, etc. Saber quanto cada dívidas custo te ajudará a priorizar o pagamento de cada uma. 

Você pode trocar as dívidas caras por dívidas mais baratas (com um empréstimo pessoal online). E negociar dívidas mais baratas para fazer a quitação total, por exemplo.

A regra é começar pagando as dívidas com taxas mais altas ou trocá-las por um empréstimo com taxas de juros mais baratas e parcelas que cabem em seu bolso. 

Defina seus objetivos financeiros

Anúncios

Defina seus objetivos financeiros

Você precisa saber onde quer chegar.

Quais são seus objetivos financeiros?

Quais são seus sonhos?

Elenque em uma lista quais são os objetivos que você deseja alcançar, como um curso, um carro, uma viagem ou uma casa.

Em seguida, determine qual a quantia mensal você consegue economizar para realizar esses sonhos. 

Assim que o seu salário chegar, já reserve o dinheiro para cumprir sua meta. Lembre-se que esse valor não é a mesma coisa que uma reserva de emergência. 

Por isso, trabalhe as porcentagens de acordo com o seu salário e suas metas.

Por exemplo: 15% do seu salário irá para reserva de emergência, 10% para investimentos, 5% para cumprir seus objetivos, 10% para lazer e o restante para os gastos essenciais da casa. 

Acompanhe as notícias e a situação econômica para sempre reavaliar os valores separados para cada categoria. 

Defina seus objetivos financeiros para organizar a vida financeira

Elabore o orçamento familiar para organizar a vida financeira

Para elaborar o seu orçamento você deve identificar o quanto está gastando hoje, avaliar esses gastos e definir metas em cada categoria de despesa de acordo com os objetivos estipulados.

Por fim, você deve acompanhar essas despesas ao longo do tempo para ver se estão de acordo com o planejado. 

Se você não estiver endividado, pode elaborar de acordo com o estilo de vida que você pretende ter e os sonhos que deseja realizar. 

Entretanto, se você possui dívidas, deve elencá-las da mais cara a mais baratas e os prazos para pagamento.

Caso o seu orçamento não esteja comportando o pagamento das dívidas, é hora de renegociar. Pense que você não deve comprometer mais do que 30% do seu salário para quitação de dívidas na hora da negociação.

Separe o orçamento em aluguel, luz, telefone, internet, água, transporte, alimentação, supermercado, educação, lazer, dívidas (cada uma), prestações, etc.

Calcule o preço dos seus sonhos

Calcule o preço dos seus sonhos

Para realizar seus sonhos, você precisa saber quanto eles custam. Por isso, pesquise.

Se você deseja um certo modelo de carro, responda as seguintes perguntas:

  • Quanto custa o carro?
  • Quais as condições de pagamento?
  • Existem leilões de carro com o modelo que você deseja?
  • Você pode comprar um carro usado?
  • Quanto custa à vista?
  • É possível financiar? Vale a pena fazê-lo?
  • Em quanto tempo você deseja ter um carro? Quanto precisa economizar por mês para cumprir a meta?

Tenha o máximo de informações possíveis antes de colocar o seu sonho na planilha. Afinal, você precisa saber o valor total e o prazo para conquistá-lo, além das condições de pagamento que você almeja. 

Identifique os seus gargalos financeiros

Identifique os seus gargalos financeiros

Algo que muitas pessoas esquecem ou subestimam é o custo de “pequenas coisas”.

O famoso cafezinho após o almoço, por exemplo, de acordo com pesquisas, chega a comprometer 10% do valor da sua refeição.

Imagina se você economizar esse valor? Quanto dará por mês? Ou por ano?

Pode parecer algo chato, mas se tornará um hábito e fará maravilhas para sua saúde financeira: contabilize todas as suas despesas. Utilize um app no seu smartphone e tudo ficará mais fácil. 

Assim, você saberá exatamente para onde está indo o seu dinheiro e onde você pode economizar ou cortar gastos. 

Estudar seu próprio comportamento de consumo é fundamental. Pesquisar na hora de comprar no supermercado, aproveitar promoções para comprar roupas ou fazer um corte de cabelo, pagar à vista com desconto, procurar por cartões de crédito sem anuidade. 

Negocie seu aluguel, antecipe parcelas do financiamento. Existem diversas formas de organizar sua vida financeira e economizar com gargalos financeiros para utilizar o valor para outro fim. 

Fique de olho em gastos com lanches, almoços fora, passeios, happy hour, barbearia e salão de beleza.

Faça uma reserva de emergência

Faça uma reserva de emergência para organizar a vida financeira

Além do valor das suas prestações, metas financeiras e quitação de dívidas, você sempre precisa ter uma reserva de emergência. Não importa sua situação financeira. 

Esteja preparado para imprevistos. Pode ser uma questão de saúde, o conserto do carro ou algo na casa e até mesmo o desemprego.

Recomenda-se guardar, no mínimo, 15% da sua renda para a reserva de emergência.

Contudo, esse valor pode ser maior ou menor conforme a capacidade do seu orçamento, principalmente se você estiver endividado.

Com o tempo, você poderá aumentar o valor da reserva.

Tenha disciplina e seja equilibrado

Tenha disciplina e seja equilibrado

O hábito é a chave para que você consiga poupar e investir e seguir as metas financeiras estipuladas. Por isso, não desanime. Tenha disciplina e mantenha-se organizado. 

Não sabote o seu planejamento, mantenha o plano em andamento.

E, se por acaso, você sair do combinado em algum momento, não fique desmotivado. Mantenha o foco e recupere o deslize.

Esse é o “segredo do sucesso” para organizar suas finanças.

Comece a investir

Comece a investir

Começar a investir é uma ótima forma de garantir seu futuro (e até mesmo o presente), fazendo o dinheiro trabalhar para você.

Não aplique na poupança! Existem diversas opções de renda fixa que são tão seguras quanto e com muito mais rentabilidade. Você pode investir no Tesouro Direto ou em CDB, por exemplo. 

Informe-se com seu gerente bancário, procure corretoras ou bancos digitais.

Ademais, você também pode investir em renda variável, mesmo sendo mais conservador. Utilize o longo prazo a seu favor. Separe um pequeno valor para aplicar em renda variável em um prazo maior, assim terá menor risco e maior rentabilidade.

Contudo, é preciso estudar as opções ou conversar com um especialista antes de começar a investir.

Estimule a colaboração da sua família

Estimule a colaboração da sua família

Se você não vive sozinho ou compartilhe a responsabilidade da unidade familiar com outra pessoa, é importante estimular a colaboração da família.

De nada adianta você fazer esforços para organizar a vida financeira se o seu parceiro ou cônjuge não pensa da mesma forma em termos de objetivos financeiros.

Vocês precisam estar alinhados. 

Ademais, em caso de já possuir uma família, é preciso conversar com seus filhos sobre educação financeira e também sobre a economia dos recursos e cortes de gastos.

Conversar sobre a economia doméstica pode gerar redução de gastos com luz, transporte, supermercado, dentre outras contas. 

Toda família deve participar do orçamento e entender a importância da educação financeira desde cedo. 

Estimule a colaboração da sua família para organizar a vida financeira

Invista em educação financeira

Conhecimento é poder. Muitas pessoas “não entendem de finanças” e nem querem aprender. Mas esse tipo de atitude só levará a contração de dívidas ou pagamento de serviços e produtos desnecessários.

Para cumprir o seu planejamento financeiro, confira com seu gerente quais as tarifas bancárias você está pagando, se é o melhor banco para sua necessidade, quanto do seu dinheiro está indo para os serviços essenciais e quanto está indo para o lazer. 

E com essas informações em mãos, comece a estudar maneiras de otimizar seus recursos, de investir, de equilibrar a vida financeira.

Educação financeira é o segredo para organizar suas finanças pessoais. 

Livros que te ensinarão a organizar a vida financeira para organizar a vida financeira

Livros que te ensinarão a organizar a vida financeira

Falando na importância de educação financeira, separamos alguns livros para te ajudar na hora de estudar. Confira:

Gustavo Cerbasi

Como organizar sua vida financeira, Gustavo Cerbasi

Um dos livros mais citados quando o assunto é planejar suas finanças é o do autor Gustavo Cerbasi intitulado “Como organizar sua vida financeira?”.

Exatamente o objetivo do post.

O Cerbasi é um dos autores mais renomados nesse assunto e ensina como otimizar sua rotina de gastos essenciais, despesas eventuais, uso do cartão de crédito, opções de investimentos e qualidade de vida. 

Por meio desse livro você aumentará seu conhecimento sobre organização financeira e aprenderá a planejar o uso do seu dinheiro com consciência. E, assim, aproveitar as oportunidades que aparecem tanto para quitar dívidas quanto para realizar seus sonhos. 

Robert Kiyosaki

Pai Rico, Pai Pobre, Robert Kiyosaki

Outra obra famosa é o “Pai, Rico, Pai Pobre” de Robert Kiyosaki.

O autor conta a própria história, descrevendo o pai de um amigo, que não tinha ensino médio, mas era o mais rico de todo Havaí. E o pai biológico, que era inteligente e possuía PhD, mas tinha pouco dinheiro. 

Com essas duas perspectivas, o autor ensina como controlar suas emoções e utilizá-las a favor da sua vida financeira.

As lições do livro te ajudará a conquistar sua independência financeira por meio do planejamento.

Brendon Burchard

O Mensageiro Milionário, Brendon Burchard

Em “O Mensagem Milionário” de Brendon Burchard você aprenderá a mudar a sua relação com o dinheiro.

Ao invés de vê-lo com pensamentos negativos, você pensará em realização. 

O autor explica como você pode aumentar sua renda abrindo um negócio próprio, por exemplo. Ele mostra como conquistar a liberdade financeira enquanto conta sua história e experiência de vida.

Para ele, qualquer pessoa tem capacidade de ganhar dinheiro. Mas, para isso, é preciso mudar o mindset, moldando-o para que trabalhe ao seu favor e assim, ter uma renda maior, aprender a economizar e começar a investir. 

Sabemos que organizar sua vida financeira é um desafio, ainda mais no Brasil, em que não há uma cultura de educação financeira. E que muitos, conforme mencionamos, estão endividados.

Entretanto, ao entender como estão suas finanças, para onde seu dinheiro vai e como otimizar seus recursos com hábitos conscientes e saudáveis, é possível alcançar a liberdade financeira. 

Você precisará de foco, disciplina e determinação. O importante é não desistir e permanecer dentro do planejamento no orçamento familiar.

Ademais, continue sempre estudando e mobilize sua família para participar ativamente desse processo.

Agora que você aprendeu 10 dicas que como organizar a vida financeira, aprenda a economizar ganhando pouco.

Sobre o autor

Duda Razzera

Economista e Autora Empreendedora. Atua como produtora, revisora e gestora de conteúdo, além de ser estrategista de marketing. Escreve sobre a vida freelancer, empreendedorismo e economia, tendo como propósito auxiliar as pessoas a conquistar a autonomia financeira e ser protagonista da própria história.

Revisado por

Tathiane Mantovani

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Conheça o cartão de crédito C6 Rainbow

O cartão de crédito C6 Rainbow pode ter anuidade grátis e você pode ajudar alguma causa LGBTQIA+ como o Instituto + Diversidade. Conheça!

Continue lendo
content

Como solicitar o cartão Cassol

Se você está interessado no cartão Cassol, esse post é para você. Leia e veja como fazer para solicitá-lo e aproveitar os benefícios.

Continue lendo
content

Melhores ações para investir na crise: como ganhar dinheiro na Bolsa

Quer investir na Bolsa de Valores e não sabe onde? Confira o nosso artigo e descubra as 7 melhores ações para investir na crise.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Como solicitar Inter para negativados

Aprenda o passo a passo de como solicitar o cartão de crédito Inter para Negativados online, via telefone ou pelo aplicativo.

Continue lendo
content

Quando compensa fazer portabilidade de crédito consignado?

Portabilidade de crédito consignado pode ser uma boa saída para quem precisa de melhores condições para seu empréstimo. Clique e saiba mais!

Continue lendo
content

Os 30 lugares proibidos no mundo: conheça onde os turistas não podem pisar

Você já pensou que há lugares proibidos no mundo para você!? Pois é! Então conheça agora mesmo 30 locais onde você jamais poderá pisar.

Continue lendo