Empréstimo

Conheça o Empréstimo Ibi Digital

Conheça o empréstimo Ibi Digital do Banco Digio. Ele oferece uma taxa de de juros menor que as praticadas no mercado e diversas outras vantagens.

Anúncios

Empréstimo Ibi Digital

Empréstimo Ibi Digital
Empréstimo Ibi Digital. Fonte: Ibi Digital.

Você precisa de dinheiro em curto prazo para fazer uma viagem ou uma especialização, mas não sabe o que fazer para conseguir essa grana. Que tal conhecer o Empréstimo Ibi Digital? Ele é um crédito oferecido pelo Banco Digio que pode ajudar você a concretizar os seus objetivos pessoais e profissionais.

Mas lembre-se de que você precisa analisar todas as condições do empréstimo antes de contratá-lo. Pensando nisso, nós do Senhor Finanças resolvemos te apresentar as principais características deste produto financeiro. Assim, você tem a oportunidade de conhecer essa opção de crédito.

Ficou interessado? Então, continue a leitura e confira tudo sobre o Empréstimo Ibi Digital!

Anúncios

Como conseguir um empréstimo fácil?

Como conseguir um empréstimo fácil?
Como conseguir um empréstimo fácil? Fonte: Pexels.

O empréstimo é uma modalidade de crédito no qual a instituição financeira empresta dinheiro para um cliente, que, por sua vez, precisa devolvê-lo acrescido de juros dentro de um prazo determinado em contrato.

Existem empréstimos pessoais, consignados, rotativos, com garantia de imóvel, entre outros. Cada um deles têm suas próprias características e pré-requisitos. Por isso, é necessário pesquisar muito antes de escolher aquele que atenda às suas necessidades. 

É possível encontrar este produto financeiro nos bancos tradicionais, nos banco digitais, nas financeiras, nos correspondentes bancários, nas fintechs. Assim como nos marketplaces de crédito, como o Serasa eCred.

Mas, afinal, como conseguir um empréstimo fácil? Nesse caso, os empréstimos online oferecidos, principalmente, pelos bancos digitais têm um processo menos burocrático e mais rápido. Já que a simulação, a solicitação, a análise de crédito e a contratação são feitas por meio de uma plataforma online.

Em consequência, a liberação do crédito também é rápida. Além disso, essa agilidade no processo impacta no valor dos custos de operação, das taxas de juros e das tarifas, que, por sua vez, costumam ser mais baratas que os empréstimos tradicionais. 

Mas lembre-se de que um empréstimo fácil também precisa ser pago. Por isso, antes de contratar este produto financeiro faça um planejamento para saber se terá condições para arcar com as parcelas mensais.

Caso contrário, o seu nome será incluído na lista de maus pagadores dos órgãos de proteção ao crédito, como Serasa, SPC, Boavista, entre outros. E você terá restrições para fazer compras a prazo, bem como conseguir novos empréstimos e financiamentos.

O que é Ibi Digital?

O que é Ibi Digital?
O que é Ibi Digital? Fonte: Ibi Digital.

O Ibi Digital é uma plataforma que oferece empréstimo pessoal online para pessoas físicas. Ele pertence ao Banco Digio, que, por sua vez, é administrado pelo Banco do Brasil e pelo Bradesco. 

É importante mencionar que já foram concedidos mais de R$ 45 milhões em empréstimos para brasileiros espalhados em todo território nacional. Assim como foram assinados mais de 12 mil contratos.

Se você quer fazer parte dessa estatística, continue a leitura do texto e conheça as principais características deste produto financeiro do Banco Digio. Assim, você terá informações suficientes para avaliar se ele  é viável de acordo com as suas condições financeiras.

Anúncios

Como funciona o Empréstimo Ibi Digital?

Como funciona o Empréstimo Ibi Digital?
Como funciona o Empréstimo Ibi Digital? Fonte: Pexels.

O empréstimo pessoal Ibi Digital oferece crédito de R$ 1 mil a R$ 30 mil com uma taxa de juros que pode variar entre 2,97% e 13,99% ao mês. Já o pagamento das parcelas, pode ser feito em 3 a 24 meses.

Para solicitar esse produto financeiro é necessário ter idade mínima de 18 anos, possuir conta corrente ou poupança no seu nome, bem como renda igual ou acima de um salário mínimo.

Infelizmente, pessoas negativadas, ou seja, que têm restrições junto aos órgãos de proteção ao crédito não podem solicitar esse empréstimo. Para ter uma chance de contratá-lo você precisa organizar a sua vida financeira e regularizar o seu CPF.

O Empréstimo Ibi Digital vale a pena?

O Empréstimo Ibi Digital vale a pena?
O Empréstimo Ibi Digital vale a pena? Fonte: Pexels.

Mas, afinal, vale a pena contratar o Empréstimo Ibi Digital? Para saber se qualquer tipo de modalidade de crédito é viável ou não, é necessário avaliar o custo efetivo total (CET). Esse valor é a soma de todas as taxas, as tarifas e os impostos cobrados pela instituição que está oferecendo o crédito.

Então, você precisa fazer uma simulação do empréstimo e comparar o CET com outras opções disponíveis no mercado. Se o CET do Ibi Digital for menor que a concorrência, com certeza ele é uma boa opção para você contratar.

Além disso, é importante mencionar que o crédito oferecido pelo Banco Digio tem muitas vantagens, como o prazo de pagamento da primeira parcela, que pode ser feito em até  60 dias após a assinatura do contrato.

Também vale destacar que o dinheiro é liberado em até 48 horas na sua conta bancária, bem como você pode pagar as parcelas em até 24 meses. Mas lembre-se de que as condições do empréstimo dependem da análise de crédito.

Independente do produto financeiro é essencial analisar os prós e os contras para escolher a melhor opção para atender às suas necessidades. Lembre-se de que o empréstimo representa uma dívida em longo prazo. Por isso, planeje-se antes de contratá-lo.

Como fazer o Empréstimo Ibi Digital?

Como fazer o Empréstimo Ibi Digital?
Como fazer o Empréstimo Ibi Digital? Fonte: Pexels.

O processo de solicitação e de contratação do Empréstimo Ibi Digital é feito totalmente pela plataforma online. Para isso, você precisa acessar o site e clicar no botão “Simular crédito”. Em seguida, preencha o cadastro com os dados solicitados para receber uma proposta personalizada.

Se você aprovar as condições do empréstimo dispostas na proposta, deve enviar a sua documentação digitalizada para comprovar as informações cadastradas. O próximo passo é a análise de crédito, se você for aprovado, poderá assinar o contrato digitalmente para receber o dinheiro na sua conta corrente ou poupança em até 48 horas.

Podemos concluir que o Empréstimo Ibi Digital é uma ótima opção para quem precisa de dinheiro em curto prazo. Já que o processo de contratação é online, rápido e fácil. Então, se você pretende fazer uma viagem de férias, uma especialização, um intercâmbio ou, ainda, pagar dívidas, não se esqueça de incluir esse empréstimo na sua lista de opções para analisar.

Gostou de conhecer o Empréstimo Ibi Digital? Então, não perca tempo! Clique no botão abaixo para ter acesso ao processo detalhado para solicitar o seu crédito pelo Banco Digio.

Sobre o autor

Tathiane Mantovani

Jornalista (Mtb 0012333/PR), Estrategista de Conteúdo, Redatora SEO, Conteudista EAD e Escritora com mais de 9 livros publicados nas áreas de Recursos Humanos e Segurança do Trabalho. Estudante de Jornalismo e Publicidade. Bacharel em Administração. Especialista em Marketing de Conteúdo, Design Instrucional, Gestão de Pessoas e Psicopedagogia Institucional. Apaixonada pela arte da escrita e amante dos livros técnicos.

Em Alta

content

Poupança Caixa Fácil: como funciona?

A Poupança Caixa Fácil tem abertura facilitada, limite mensal de até R$ 3.000,00 e sem cobrança para transação ou consultas. Saiba mais aqui!

Continue lendo
content

Conheça o cartão de crédito Best Buy

Isenção da anuidade, programas de recompensas e descontos nas compras são algumas das vantagens do cartão de crédito Best Buy. Saiba mais!

Continue lendo
content

9 opções de empréstimo consignado 2021

Se você é aposentado ou pensionista do INSS, que tal conhecer as melhores opções de empréstimo consignado 2021? Leia este post e confira!

Continue lendo

Finanças

O que são moedas digitais?

Você sabe do que se trata as moedas digitais e quais são as principais disponíveis no mercado? Te contamos aqui. Descubra!

Descubra o que são moedas digitais

É bem provável que você já tenha ouvido falar sobre Bitcoin, certo? Pois bem, essa é uma das moedas digitais mais famosas que tem no mercado hoje. Entretanto, não são todas as pessoas que sabem, de fato, o que elas significam.

E se porventura este é o seu caso, nós criamos um conteúdo para te explicar o que são moedas digitais (ou criptomoedas) e qual é o seu funcionamento. Continue a leitura para descobrir!

O que são moedas digitais?

As moedas digitais, também conhecidas como criptomoedas, surgiram no mercado em 2009 embora tenham ganhado maior popularidade na última década. No entanto, ainda hoje ainda existe um mistério em relação a elas, sua criação e o seu funcionamento.

O que podemos dizer é que elas funcionam a partir de uma rede descentralizada que permite o acontecimento de transferências entre pessoas sem que haja a intermediação de um banco, como acontece nas transações financeiras convencionais.

Para que isso seja possível, as transações das moedas digitais não se submetem à regulamentação de sistemas monetários e nem ao menos à uma autoridade financeira, como é o caso do Banco Central do Brasil. Assim, o processo costuma ser muito mais simples e menos burocrático do que imaginamos.

Para garantir segurança nas transações de moedas digitais é utilizado a tecnologia de blockhain. Nela qualquer transação que envolve esse método de pagamento é reunida em blocos que se conectam a outros blocos através de códigos, o que acaba formando uma rede de códigos protegida por criptografia.

No mais, os investidores que desejam adquirir essas moedas digitais precisam necessariamente armazená-las em carteiras digitais e sua manipulação (compra e venda) também funcionará inteiramente através da internet.

Quais são as moedas digitais?

Como foi dito anteriormente, a primeira moeda digital surgiu em 2009, e no caso foi a Bitcoin. No entanto, atualmente existem várias outras criptomoedas com diferentes características. Confira abaixo quais são elas:

Moeda digital Bitcoin (BTC)

A moeda digital Bitcoin foi pioneira no mercado, surgindo em 2009 através de um complexo processo computacional denominado como mineração (ou, em inglês, mining).

Ela utiliza de blockhain (criptografia) como te falamos anteriormente, e isso faz com que seus arquivos não possam ser copiados ou fraudados e nem mesmo as suas transações possam ser rastreadas.

Em relação à sua precificação, podemos dizer que, assim como as outras moedas digitais, o Bitcoin não há um valor exato, sendo determinado a partir de quanto as pessoas estão dispostas a pagar por ele.

Atualmente, essa é a moeda digital de maior capitalização de mercado e o seu preço de cotação hoje é de R$ 314.973,92.

Moeda digital Ethereum (ETH)

O Ethereum, que foi desenvolvido por Gavin Wood e Vitalik Butein e lançado em 2014, pode ser considerado mais do que uma moeda digital. Ele é na realidade um sistema financeiro digital descentralizado.

Assim como o Bictoin, as suas transações ocorrem através de sistemas de blocos criptografados. Assim eles não podem ser copiados ou fraudados. E a realidade é que o seu sistema é considerado até mais avançado e seguro, passando a ser visto até mesmo como referência e inspiração para a criação de outras moedas digitais.

Atualmente a ETH é considerada a segunda maior criptomoeda do mundo e possui uma capitalização de aproximadamente US$119 bilhões.

Moeda digital Tether (USDT)

O Tether se difere das outras moedas digitais apresentadas nessa lista pois pode ser considerada uma stablecoin (moeda digital com lastro de moeda física).

E isso funcionava da seguinte forma: para cada Tether emitido desde o seu lançamento em 2014, existia um dólar equivalente em caixa. Entretanto, no ano de 2019, foi emitido um anúncio para informar que não eram todas as moedas digitais que possuem este lastro.

Outra diferença que podemos notar é em relação ao seu preço que, neste caso, é estável. Isso faz com que esta moeda digital seja uma boa opção para transferências entre sistemas.

O Tether ocupa atualmente o terceiro lugar na lista de moedas digitais e o seu valor de mercado gira em torno de US$ 24 bilhões.

Moeda digital Ripple (XRP)

Considerada a quarta maior moeda digital do mercado, com valor estimado de US$ 13 bilhões, o Ripple foi criado em 2011 por Jed McCaleb e Chris Larsen.

Uma das suas principais características, que por sinal é bastante peculiar, é que além de ser uma criptomoeda como as outras opções dessa lista, ele também funciona como um sistema de pagamento aberto. Ou seja, quando comparado aos sistemas comuns, ele possui melhores taxas e mais eficiência.

E a razão disso é que essa moeda digital foi criada a fim de fornecer essa tecnologia às instituições financeiras e bancos para mudar a forma como o dinheiro é enviado no mundo.

Isso faz com que o Ripple seja totalmente diferente do Bitcoin, a primeira moeda digital do mundo. Entretanto, o Ripple ainda depende de permissões para seu funcionamento.

A boa notícia é que no Brasil, os bancos Bradesco e Santander já estão testando o protocolo do Ripple para utilização do mesmo.

Moeda digital Litecoin (LTC)

A moeda digital LTC foi criada no ano de 2011 e desde então é considerada a prata digital, com características bem semelhantes ao Bitcoin que, por sua vez, é considerado o ouro digital.

O seu destaque está no processamento, uma vez que apresenta o processamento mais rápido entre as transações financeiras e facilita o processo de mineração e de criação de novas moedas. Isso faz com a Litecoin seja uma excelente alternativa ao famoso Bitcoin.

Além disso, há outro destaque que é importante citar: o limite de moedas da LTC é maior, sendo 84 milhões de unidades, contra as 21 milhões do Bitcoin.

O seu valor de mercado gira em torno de US$ 8,8 bilhões, fazendo com que essa moeda seja a quinta criptomoeda mais popular do mercado, tendo aproximadamente 66 milhões de moedas circulando por aí.

Outras moedas digitais

As moedas digitais listadas acima são as principais do mercado e que se destacam no que se diz respeito ao valor e benefícios. No entanto, este mercado tem crescido bastante e hoje em dia existem mais de 2 mil moedas negociadas.

Veja a seguir algumas outras moedas digitais que estão disponíveis no mercado: Bitcoin Cash, Cardano, Polkadot, Stellar, Chainlink, Binance Coin, USD Coin, Wrapped Bitcoin, Bitcoin SV, Monero, EOS, TRON, NEM, THETA, Tezos, Neo, Crypto.com Coin, Synthetix, VeChain e Uniswap.

Como comprar bitcoin?

Comprar Bitcoin pode parecer algo complicado e difícil, mas não é bem assim. Venha entender mais sobre isso em nosso artigo.

Como funciona a moeda digital?

Agora você já sabe quais são as principais moedas digitais disponíveis no mercado. Mas será que você entendeu, de fato, como elas funcionam?

Bom, a verdade é que a moeda digital, seja ela o Bitcoin ou qualquer outra, funciona como uma espécie de investimento. E o motivo disso é que os preços não são fixos e os investidores ficam de olho no mercado para entender qual é a melhor oportunidade para adquiri-las.

Por exemplo: os preços das criptomoedas variam de acordo com a boa e velha lei de oferta e demanda, fazendo com que elas sejam mais procuradas no momento em que há desvalorização e vendidas quando há valorização.

Este movimento pode mudar a qualquer momento, sendo necessário que quem investe em moedas digitais esteja constantemente analisando o mercado para certificar que está fazendo bons negócios.

Embora as moedas digitais já estejam no mercado financeiro desde 2009, o mercado ainda é considerado pequeno. E isso faz com que poucas operações de criptomoedas sejam capazes de causar um impacto relevante nas cotações, sendo visto como uma excelente oportunidade por grande parte dos investidores.

Por fim, este investimento tem boa rentabilidade, mas ao mesmo tempo pode apresentar riscos aos investidores, já que as cotações são voláteis e imprevisíveis.

Portanto, é muito importante que antes de comprar moedas digitais você entenda o tipo de investidor que você é para certificar-se de que esse é um bom investimento para você.

Como comprar moedas digitais?

Como o próprio nome diz, as moedas digitais são comercializadas através da internet. Então, caso você queira comprá-las ou vendê-las é necessário que você busque um site especializado na comercialização de criptomoedas (como por exemplo o Mercado Bitcoin, Foxbit e a Braziliex) para realizar suas transações.

Feito isso, crie uma conta gratuita e informe qual é a quantia em reais ou a quantidade de moedas virtuais que você deseja comprar ou vender.

Em seguida, todas as transações acontecem virtualmente, sem haver nenhuma intercorrência ou intermediação bancária. Lembrando sempre que o preço é variável (quanto maior a demanda, maior também será o seu valor).

Para uma transação segura, serão gerados códigos formados por números e letras protegidos por criptografia, além da identidade do comprador e vendedor serem mantidos.

Porém, caso você prefira comprar Bitcoin ou outras moedas digitais com empresas internacionais, recomendamos que você acesse o site da Bitfinex ou da Poloniex.

Tais empresas permitem que qualquer pessoa faça investimento em moedas digitais através de dólares, e a informação que temos é que, ao adquirir moedas do exterior, você conseguirá preços muito mais competitivos que no Brasil. Vale a pena dar uma olhada!

Vale a pena investir em moedas digitais?

Bom, nesse post você conseguiu compreender o que são moedas digitais, além de conhecer as principais e o que deve ser feito para adquiri-las. Mas provavelmente ainda restou a dúvida se realmente vale a pena fazer esse tipo de investimento, certo?

O que podemos te dizer é que, embora a moeda digital esteja no mercado há mais de 10 anos, ela ainda está em constante evolução. Embora não haja como negar que a tecnologia por trás das criptomoedas seja realmente muito interessante e inovadora, muito diferente do que estamos acostumados com o dinheiro físico.

Isso faz com que inclusive bancos já queiram utilizar dessa aposta para realizar transferências interbancárias, demonstrando que grandes instituições já acreditam no seu potencial.

Entretanto, o seu futuro ainda é incerto e não podemos afirmar como estarão as moedas digitais daqui alguns anos, fator que pode acabar causando certa insegurança para algumas pessoas.

Então a resposta para essa pergunta é: depende. O investimento em moedas digitais valerá a pena dependendo do seu perfil de investidor. Se você for um investidor mais conversador e que busca segurança, acreditamos que essa não seja a melhor opção para você.

Mas caso você seja investidor mais arrojado ou agressivo, a resposta é que as moedas digitais podem sim ser uma boa opção. Afinal, sua rentabilidade é boa e caso você esteja preparado(a) para estudar sobre o assunto e assumir os riscos caso seja necessário, as chances de lucratividade são altas.

Conclusão

Enfim, esperamos que você possa ter conseguido entender os principais aspectos a respeito do assunto para chegar a uma conclusão se esse é ou não um bom investimento para você.

Lembre-se de levar em consideração o seu perfil de investidor, a quantia que você tem para investir e outros aspectos que citamos acima.

E caso queira conhecer outros tipos de investimentos para te ajudar nessa decisão, não deixe de ler outros artigos aqui do blog. Temos certeza que aqui tem muito conteúdo bacana para te auxiliar.

Como investir de modo recorrente

Você sabe como investir de modo recorrente e quais são as vantagens nisso? Nesse artigo você encontrará todas as informações à respeito do assunto. Confira!

Você também pode gostar

content

Conheça o empréstimo Agibank para negativados

Conheça o empréstimo Agibank para negativados. Se está com o nome sujo e com as contas no vermelho, pode ser uma boa alternativa para você.

Continue lendo
content

Como solicitar o empréstimo para MEI Biz Capital

Tem uma micro ou pequena empresa e precisa investir mais? O empréstimo para MEI da Biz Capital pode ser a sua solução. Quer descobrir?

Continue lendo
content

Saúde Financeira: como organizar suas finanças pessoais

saúde financeira é algo muito importante para a sua vida. Então, aprenda o que é e como organizar melhor suas finanças para isso.

Continue lendo